Trabalhando com Poesia

“…Zumbi, comandante guerreiro, ogunhê… Gerreiro Mor, capitão, da capitania da minha cabeça, mandai alforria, pro meu coração… A cor do sonho da minha liberdade é a cor que o sol imprime em minha pele, afrodescendente, negra, latina, sudameríndia cansada de dor, no espelho eu vejo um cara brasileiro, o rei da simpatia e do sorriso, nos lábios a canção doce que emana o som que embala o sonho do ser… O coração aberto pra mudança, inconfidente, querendo vencer, os pampas, o sertão, cerrado afora, todos em mim num mesmo porquê, diversa rica e imprecisa, nos faz diferentemente lindos, não espere não, vem mesmo, vem agora, venha ver se no meu rosto há você… Uôuôuôu… Uôuôuôu… Uôuôuôu… Uôuôuôu… A cor do sonho da minha liberdade é a cor que o sol imprime em minha pele, afrodescendente, negra, latina, sudameríndia cansada de dor, no espelho eu vejo um cara brasileiro, o rei da simpatia e do sorriso, nos lábios a canção doce que emana o som que embala o sonho do ser… O coração aberto pra mudança, inconfidente, querendo vencer, os pampas, o sertão, cerrado afora, todos em mim num mesmo porquê, diversa rica e imprecisa, nos faz diferentemente lindos, não espere não, vem mesmo, vem agora, venha ver se no meu rosto há você… Uôuôuôu… Uôuôuôu… Uôuôuôu… Uôuôuôu…” (Adão Negro – Afrodescendente – Comp.: Sergio Cassiano)

“…Toda criança tem o direito à proteção, à vida e à saúde… Eu louvei, eu quis tudo de bom pra nós, foi que eu quis um mundo bem melhor… Agora só falta pra gente fazer acontecer, um lugar onde agente viva em paz… Onde a desigualdade tenha fim, eu louvei e vi, as crianças da minha terra, não morram de fome… Onde a desigualdade tenha fim, eu louvei e vi, as crianças da minha terra, não morram de fome… E se você abrir seu corção e ouvir, vai saber que tem que acontecer e se cumprir a redenção tarda mais a de vingar, a justiça tenho ainda na esperança… Onde a desigualdade tenha fim, eu louvei e vi, as crianças da minha terra, não morram de fome… Onde a desigualdade tenha fim, eu louvei e vi, as crianças da minha terra, não morram de fome… A desigualdade tenha fim, eu louvei e vi, as crianças da minha terra, não morram de fome… A desigualdade tenha fim, eu louvei e vi, as crianças da minha terra, não morram de fome… Não morram de fome…” (Eu Louvei – Adão Negro – Comp.: Sérgio Cassiano)

“Desperte para as verdades superiores. Não se iluda com as conquistas fáceis, com os prazeres transitórios, com as sensações efêmeras. Busque intensamente as coisas sólidas e duradouras e, para isso, espalhe em redor de você alegria e otimismo, bondade e amor, que são as bases firmes e eternas da felicidade que jamais termina. Só o amor constrói para a eternidade.” (Minutos de sabedoria Pg. 199)

Bom dia pessoal,

Como foram de Final de semana prolongado? Espero que muito bem e que as energias tenham se renovado de forma efetiva.

Na próxima sexta feira, nosso expediente será de 7:00 às 13:00, em todos os setores, tendo em vista que, a partir das 14 horas, estaremos promovendo uma confraternização, no clube de Villas, em homenagem aos nossos (as) servidores (as) pela passagem do dia em sua homenagem. Além das atividades de lazer e diversão, a piscina do clube estará liberada para o uso de todos (as). Solicito que cada um (a) de vocês, divulguem no seu setor. Sua presença é importante!

Em 26 de Outubro de 1911 nascia em New Orleans/EUA a cantora Nathalia Jackson, considerada a Rainha da música Gospel norte Mericana.

Em 26 de Outubro de 1942, nascia no Rio de Janeiro o Cantor, Compositor e instrumentista Milton Nascimento. Veja mais sobre Milton em http://pt.wikipedia.org/wiki/Milton_Nascimento

A semana começa com uma notícia triste para o mundo do Reggae mundial, sua expressão mais romântica perdeu ontem, vítima de cancer de pulmão aos 59 anos, sua mais expressiva voz, Gregory Isaacs, “The cool” como era chamado por seus fãs, deixa para os Reggaemen e Reggaewomen de todo o mundo, um vácuo imenso, se somando às perdas de Bob Marley e de Lucky Dubie, também expressões fundamentais deste estilo musical.

Em homenagem a Gregory, o prefácio musical de hoje traz um dos melhores grupos de reggae nacional, coincidentemente, baiano, o Adão Negro, em duas belas músicas. Abaixo, uma das mais conhecidas músicas de Gregory, My Number one (Minha Número um), com sua tradução:

My Number One
Gregory Isaacs

I heard you say to me you wanna be my no. 1
So let’s talk about it, sister, now the game has just begun
So if you wanna be my no. 1, if you wanna be my no. 1
Let me know your future plans

I heard you telling friends that you are my no. 1
But not yet, my little sister, now the game has just begun
So if you wanna be my no. 1, if you wanna be my no. 1
Let me know your future plans

Instrumental

Just try to do the things good to me
‘Cause what is to be got to be
So if you wanna be my no. 1, tell me, if you wanna be my no. 1
Let me know your future plans, won’t you sister

I heard you say to me you wanna be my no. 1
So let’s talk about it, sister, now the game has just begun
So if you wanna be my no. 1, if you wanna be my no. 1
Let me know your future plans

Never ever hurt this man, and you’ll be my no. 1

Minha Número um
Gregory Isaacs,

Eu ouvi você dizer pra mim, que quer ser minha número um. Então vamos falar sobre isso, irmã, agora o jogo está apenas começando… Então, se você quer ser minha número um, se você quer ser minha número um, deixe-me saber dos seus planos pro futuro…

Eu ouvi você dizer a amigos, que você é minha número um, mas, ainda não minha pequena irmã, o jogo está apenas começando… Então, se você quer ser minha número um, se você quer ser minha número um, deixe-me saber dos seus planos pro futuro…

Instrumental

Apenas tente fazer as coisas boas para mim, por que o que tiver de ser será… Então, se você quer ser minha número um, se você quer ser minha número um, deixe-me saber dos seus planos pro futuro, você fará ou não?…

Eu ouvi você dizer pra mim, que quer ser minha número um. Então vamos falar sobre isso, irmã, agora o jogo está apenas começando… Então, se você quer ser minha número um, se você quer ser minha número um, deixe-me saber dos seus planos pro futuro…

Se nunca, jamais ferir este homem, você será a minha número um…

Abraços nos amigos, beijos nas amigas e nos (as) filhos (as), desejando axé, paz, energias positivase uma terça feira abençoada por Deus e coberta com a força guerreira de Ogum.

Uma ótima semana a todos (as),

Apio Vinagre Nascimento
e-mail: oipa@uol.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

Soneto Presunçoso (Lêdo Ivo)

Que forma luminosa me acompanha
quando, entre o lusco e o fusco, bebo a voz
do meu tempo perdido, e um rio banha
tudo o que caminhei da fonte à foz?

Dos homens desde o berço enfrento a sanha
que os difere da abelha e do albatroz.
Meu irmão, meu algoz! No perde-e-ganha
quem ganhou, quem perdeu, não fomos nós.

O mundo nada pesa. Atlas, sinto
a leveza dos astros nos meus ombros.
Minha alma desatenta é mais pesada.

Quer ganhe ou perca, sou verdade e minto.
Se pergunto, a resposta é dos assombros.
No sol a pino finjo a madrugada.

A Recompensa (Lêdo Ivo)

Eis a dádiva da noite:
fenda, cova, gruta, porta
casto pássaro sem canto
cisterna oculta no bosque
concha perdida na praia
viva natureza-morta.
Um corredor de coral
matriz e canal de mangue
trilha, sebe, valva, furna
voluta cheia de adornos
desfiladeiro da tarde
tumba de sol e corola
sereno da madrugada.
Manga madura da infância
que cai num chão de mentira
sol de lábios e camélias
esconderijo dos sonhos
caminho do descaminho
brancura negra da carne
pousada em seu próprio ninho
abertura pura e escura
entre-fechado botão
ou entreaberta rosa
na noite misteriosa.

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s