Trabalhando com Poesia

“… Todo mundo espera alguma coisa de um sábado à noite, bem no fundo todo mundo quer zoar. Todo mundo sonha em ter uma vida boa, sábado à noite tudo pode mudar… Todo mundo espera alguma coisa de um sábado à noite, bem no fundo todo mundo quer zoar. Todo mundo sonha em ter uma vida boa, sábado à noite tudo pode mudar… A semana passou num piscar de olhos, eu não vi! E o tempo que voa como um vento, não senti! Minha vida está congelada, desde a última vez que lhe vi, só me interessa voltar ao ponto de onde parti… Passa segunda, terça e quarta-feira, nem aí! E na quinta e na sexta o tempo parece repetir!… Quando o sol do último dia ameaça se despedir é que o povo põe uma roupa e sai prá se distrair… Passa segunda, terça e quarta-feira, nem aí! E na quinta e na sexta o tempo parece repetir!… Quando o sol do último dia ameaça se despedir é que o povo põe uma roupa e sai prá se distrair…Todo mundo espera alguma coisa de um sábado à noite, bem no fundo todo mundo quer zoar. Todo mundo sonha em ter uma vida boa, sábado à noite tudo pode mudar… A semana passou num piscar de olhos, eu não vi! E o tempo que voa como um vento, não senti! Minha vida está congelada, desde a última vez que lhe vi, só me interessa voltar ao ponto de onde parti… Passa segunda, terça e quarta-feira, nem aí! E na quinta e na sexta o tempo parecerepetir!… Quando o sol do último dia ameaça se despedir é que o povo põe uma roupa e sai prá se distrair… Todo mundo espera alguma coisa de um sábado à noite, bem no fundo todo mundo quer zoar. Todo mundo sonha em ter uma vida boa, sábado à noite tudo pode mudar… Todo mundo espera alguma coisa de um sábado à noite, bem no fundo todo mundo quer zoar. Todo mundo sonha em ter uma vida boa, sábado à noite tudo pode mudar… sábado à noite tudo pode mudar… sábado à noite tudo pode mudar… Sábado à noite tudo pode! Tudo pode! Tudo, tudo pode! Pode tudo!… Sábado à noite tudo pode mudar, eh! Sábado à noite, sábado à noite, eh! Tudo pode mudar, sábado à noite, sábado à noite!!!…” (Cidade Negra – Sábado à Noite – Comp.: Lulu Santos)

“…Eu não quero mais mentir, usar espinhos que só causam dor. Eu não enxergo mais o inferno que me atraiu, dos cegos do castelo me despeço e vou… A pé até encontrar um caminho, o lugar, pro que eu sou… Eu não quero mais dormir, de olhos abertos me esquenta o sol, eu não espero que um revólver venha explodir, na minha testa se anunciou… A pé a fé devagar, foge o destino do azar que restou… E se você puder me olhar, e se você quiser me achar, e se você trouxer o seu lar… Eu vou cuidar, eu cuidarei dele, eu vou cuidar do seu jardim… Eu vou cuidar, eu cuidarei muito bem dele, eu vou cuidar, eu cuidarei do seu jantar, do céu e do mar, e de você e de mim… Eu não quero mais mentir, usar espinhos que só causam dor. Eu não enxergo mais o inferno que me atraiu, dos cegos do castelo me despeço e vou… A pé até encontrar um caminho, o lugar, pro que eu sou… Eu não quero mais dormir, de olhos abertos me esquenta o sol, eu não espero que um revólver venha explodir, na minha testa se anunciou… A pé a fé devagar, foge o destino do azar que restou… E se você puder me olhar, e se você quiser me achar, e se você trouxer o seu lar… Eu vou cuidar, eu cuidarei dele, eu vou cuidar do seu jardim… Eu vou cuidar, eu cuidarei muito bem dele, eu vou cuidar, eu cuidarei do seu jantar, do céu e do mar, e de você e de mim…” (Titãs – Os Cegos Do Castelo – Composição: Nando Reis)

Não perca sua serenidade! Quando a irritação nos move, a saúde se descontrola, os órgãos se perturbam e sofremos terrivelmente. Se o amigo o traiu, se sua parenta inventou uma calúnia, se aquele a quem você ajudou cometeu uma injustiça, uma ingratidão, perdoe! São pessoas enfermas: tenha pena deles. Mas você, não perca sua serenidade, não dê a entender que foi atingido (a)!” (Minutos de Sabedoria Pg.52)

Bom dia pessoal,

As atividades de ontem me tiraram a possibilidade de enviar a mensagem do dia. o que faço hoje.

Estou muito feliz com o resultado de Bianca na Faculdade Baiana de Medicina: 17º. entre os 95 aprovados (as). nenhuma surpresa para quem tem testemunhado a sua entrega nos últimos anos neste objetivo. Parabéns filhota. Me orgulho da sua determinação e da sua garra!

Direito Empresarial 10, Direito Penal 10 e Teoria Geral do Processo 7,5 já ficaram no passado, faltam as notas finais de Civil III, Constitucional e Estudo Dirigido para fechar a luta do semestre.

Abraços nos amigos, beijos nas amigas e nos (as) filhos (as), desejando axé, paz, energias positivas e uma quarta feira abençoada por Deus.

Apio Vinagre Nascimento
e-mail: oipa@uol.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

Tenho tanto sentimento – Fernando Pessoa

Tenho tanto sentimento
Que é freqüente persuadir-me
De que sou sentimental,
Mas reconheço, ao medir-me,
Que tudo isso é pensamento,
Que não senti afinal.

Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.

Qual porém é a verdadeira
E qual errada, ninguém
Nos saberá explicar;
E vivemos de maneira
Que a vida que a gente tem
É a que tem que pensar.

Não Sei Quantas Almas Tenho (Fernando Pessoa)

Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem acabei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não atem calma.
Quem vê é só o que vê,
Quem sente não é quem é,
Atento ao que sou e vejo,
Torno-me eles e não eu.
Cada meu sonho ou desejo
É do que nasce e não meu.
Sou minha própria paisagem;
Assisto à minha passagem,
Diverso, móbil e só,
Não sei sentir-me onde estou.
Por isso, alheio, vou lendo
Como páginas, meu ser.
O que sogue não prevendo,
O que passou a esquecer.
Noto à margem do que li
O que julguei que senti.
Releio e digo: “Fui eu?”
Deus sabe, porque o escreveu.

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s