Trabalhando com Poesia

“…Todos os dias quando acordo, não tenho mais o tempo que passou, mas tenho muito tempo, temos todo o tempo do mundo… Todos os dias, antes de dormir, lembro e esqueço como foi o dia… Sempre em frente, não temos tempo a perder… Nosso suor sagrado é bem mais belo que esse sangue amargo, e tão sério, e Selvagem! Selvagem! Selvagem!… Veja o sol dessa manhã tão cinza, a tempestade que chega é da cor dos teus olhos castanhos… Então me abraça forte e diz mais uma vez, que já estamos distantes de tudo, temos nosso próprio tempo… Temos nosso próprio tempo… Temos nosso próprio tempo… Não tenho medo do escuro, mas deixe, as luzes acesas… Agora, o que foi escondido é o que se escondeu e o que foi prometido, ninguém prometeu, nem foi tempo perdido… Somos tão jovens… Tão Jovens! Tão Jovens!…” (Legião Urbana – Tempo Perdido – Comp.: Renato Russo)

“…Perdi vinte em vinte e nove amizades, por conta de uma pedra em minhas mãos, me embriaguei morrendo vinte e nove vezes, estou aprendendo a viver sem você, já que você não me quer mais… Passei vinte e nove meses num navio e vinte e nove dias na prisão, e aos vinte e nove, com o retorno de Saturno, decidi começar a viver… Quando você deixou de me amar, aprendi a perdoar e a pedir perdão… E vinte e nove anjos me saudaram e tive vinte e nove amigos outra vez…” (Legião Urbana – Vinte E Nove – Comp.: Renato Russo)

“…E mesmo sem te ver, acho até que estou indo bem, só apareço, por assim dizer, quando convém aparecer, ou quando quero… Quando quero… Desenho toda a calçada, acaba o giz, tem tijolo de construção, eu rabisco o sol que a chuva apagou… Quero que saibas, que me lembro, queria até que pudesses me ver… És parte ainda do que me faz forte e, pra ser honesto, só um pouquinho infeliz… Mas tudo bem, tudo bem, tudo bem… Mas tudo bem, tudo bem, tudo bem… Lá vem, lá vem, lá vem, de novo… Acho que estou gostando de alguém e é de ti que não me esquecerei… Quando quero…. Quando quero… Quando quero… Eu rabisco o sol que a chuva apagou… Acho que estou gostando de alguém…” (Legião Urbana – Giz – Comp.: Renato Russo / Dado Villa-Lobos / Marcelo Bonfá)

“…Parece cocaína, mas é só tristeza, talvez tua cidade, muitos temores nascem do cansaço e da solidão, descompasso, desperdício, herdeiros são agora da virtude que perdemos… Há tempos tive um sonho, não me lembro, não me lembro… Tua tristeza é tão exata e hoje o dia é tão bonito, já estamos acostumados, a não termos mais nem isso… Os sonhos vêm e os sonhos vão e o resto é imperfeito… Dissestes que se tua voz tivesse força igual, à imensa dor que sentes, teu grito acordaria, não só a tua casa, mas a vizinhança inteira… E há tempos, nem os santos têm ao certo a medida da maldade e há tempos são os jovens que adoecem, e há tempos o encanto está ausente, e há ferrugem nos sorrisos, só o acaso estende os braços a quem procura abrigo e proteção… Meu amor! Disciplina é liberdade, compaixão é fortaleza, ter bondade é ter coragem (Ela disse) Lá em casa tem um poço, mas a água é muito limpa…” (Legião Urbana – Há Tempos – Comp.: Dado Villa-Lobos/Renato Russo/Marcelo Bonfá)

“Evite o luxo supérfluo. Tudo o que sobrecarrega o ambiente atrapalha a vida. Seja sóbrio (a) e natural. O artificialismo distorce e causa fadigas inúteis.A sobriedade repousa o espírito e o corpo. Seja sóbrio (a) e natural em tudo, desde a sua pessoa, até o mobiliário de sua casa. Quem pouco tem é que procura mostrar mais do que possui.” (Minutos de Sabedoria Pg. 21)

Bom dia pessoal,

Mais um final de semana chegando e com ele a possibilidade de vivermos momentos de lazer e de tranquilidade.

Espero que vocês possam ter momentos de paz e de tranquilidade neste final de semana.

Na vida, temos que fazer opções sempore! é assim desde que nascemos. Pior que fazer uma opção errada ou desastrada é temer abrir a porta, já dizia Içami Tiba.

Não me importa se quebrarei a cara na próxima esquina, mas, jamais permirtirei que o medo de abrir a porta e ver a realidade por trás dela se apresente e que eu possa enfrentá-la sempre!

As felicitações de hoje pela passagem do aniversário vão para Emerson Lima, colaborador no GAPRE e Ricardo Barabadá. Abraços,

Em 21 de Janeiro de 1793 Luis XVI é guilhotinado na Place de la Révolution (depois Place de la concorde), em Paris.

Em 21 de Janeiro de1924 Morre em Gorki (atual Nijni Novgorod) Vladimir Ilitch Ulianov, político, filósofo russo e pensador marxista.

Em 21 de Janeiro de1939 é descoberto na Bahia o primeiro poço brasileiro de petróleo.

Em 21 de Janeiro de 1955 Os EUA lançam o Nautilus, primeiro Submarino atômico.

Em 21 de Janeiro de1957 Brasil e EUA firmam acordo para instalação de estação de rastreamento de mísseis em Fernando de Noronha.

21 de janeiro também é dia municipal de combate à Intolerância Religiosa em Salvador e em outros municípios.

Abraços paz, energia positiva Abraços nos amigos, beijos nas amigas e nos (as) filhos (as), desejando axé, paz, energias positivas e uma sexta feira abençoada por Deus e coberta pela paz de Oxalá.

Bom final de semana e até segunda feira,

Apio Vinagre Nascimento
e-mail: oipa@uol.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

Canção do Exílio – Gonçalves Dias

Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
As aves, que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.

Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores.

Em cismar, sozinho, à noite,
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Minha terra tem primores,
Que tais não encontro eu cá;
Em cismar — sozinho, à noite —
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Não permita Deus que eu morra,
Sem que eu volte para lá;
Sem que desfrute os primores
Que não encontro por cá;
Sem qu’inda aviste as palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Coimbra, julho de 1843.

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s