Informe do PT na Câmara dos Deputados Nº. 4646

Marco Maia recebe o apoio da bancada mineira para se eleger presidente da Câmara

Marco Maia recebe apoio de membros da bancada Mineira

Em campanha pela presidência da Câmara dos Deputados o candidato da base aliada do Governo Dilma Rousseff (PT), o petista Marco Maia (RS), esteve ontem, em Belo Horizonte para um almoço com a bancada federal mineira. Dos 53 deputados de Minas convidados, representando 14 partidos, mais de 30 estiveram presentes e outros enviaram mensagens de apoio.

Sobre a sua vinda a capital mineira, Maia disse que por estar cumprindo agenda por todo país, não poderia deixar de vir a Minas Gerais. “Este é um estado importante da nossa federação, que tem uma bancada de deputados ativa e combativa, que defende Minas sobre tudo”, disse. “A bancada mineira é exemplo de referência para o Brasil, pela forma articulada e organizada como conduz a defesa das demandas de MG”, completou.

Com relação ao apoio da oposição, Maia foi enfático ao afirmar que o Parlamento deve trabalhar em unidade a favor do povo brasileiro. “Não serei um presidente da Câmara da oposição ou da situação. Queremos ser capazes de construir um processo de fortalecimento e a valorização da Câmara dos Deputados, onde todos os partidos estejam representados e todos os deputados tenham espaço para exercer seus mandatos”, afirmou.

O presidente do PT de Minas, deputado Reginaldo Lopes (MG) falou da importância do presidente da Câmara conhecer os estados e entender as demandas de cada um de maneira suprapartidária. “Apesar de ser uma reunião interna lá em Brasília, afeta diretamente toda a conjuntura política do país, isso torna muito importante a visita dele aos estados e em especial a Minas”, disse o presidente.

O deputado Odair Cunha (PT-MG), que tem acompanhado Maia em suas viagens, disse que o amplo apoio ao nome do petista se deve à promessa de respeitar o princípio da proporcionalidade no momento de compor a Mesa Diretora. “Marco Maia tem um amplo diálogo com parlamentares de diversos partidos e ainda conta com o apoio do Governo federal. Isso com certeza ajuda na construção desse consenso em torno do seu nome”, disse.

Acompanham Maia na visita a Minas, os deputados Arlindo Chinaglia (PT-SP), Eduardo da Fonte (PP-PE), Paulo Teixeira (PT-SP), Eduardo Gomes (PSDB-TO) e João Paulo Cunha (PT-SP). Maia já fez campanha no Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Ceará e Espírito Santo.

FHC quebrou o país três vezes e não tem moral para criticar o PT, diz Ferro

Deputado Federal Fernando Ferro - PT

O líder da bancada do PT na Câmara, deputado Fernando Ferro (PE), rebateu ontem as constantes críticas do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) aos rumos políticos e econômicos do Brasil, sob o comando do Partido dos Trabalhadores e aliados desde 2003. De acordo com o líder petista, mesmo se a economia brasileira não estivesse tão bem quanto agora, o ex-presidente FHC não é a pessoa mais indicada para proferir qualquer crítica.

Não podemos esquecer que foi exatamente na era FHC que o País viveu a pior estagnação econômica da história (1996-2003), como consequência da política de juros exagerados, que tentava a qualquer custo não arriscar o único trunfo do governo, a estabilização da moeda”, lembrou Ferro. “Quem quer os conselhos de um ex-chefe de Estado que vendeu as principais riquezas do País a preço de banana, quebrou o país três vezes e aprofundou as desigualdades sociais e também entre as regiões brasileiras, perguntou o líder petista.

Em entrevista recente à imprensa internacional, FHC declarou que o “Brasil está sem estratégia” e não investe no desenvolvimento da indústria. Com declarações tão incoerentes, o ex-presidente FHC se expõe ao ridículo. Ele (FHC) deveria se conformar com o expressivo desempenho da economia brasileira no governo Lula e parar de achar defeito onde não tem”, disse Ferro.

Parafraseando o rei da Espanha, Juan Carlos, numa reunião da Cúpula Ibero-Americana no Chile, em 2007, Ferro sugeriu que FHC fele menos. Por que não te calas, ironizou Ferro, ao criticar a constante necessidade de FHC de buscar notoriedade.

Herança maldita Em suas declarações, FHC faz questão de dizer que mudou o Brasil, e Ferro observou que ninguém discorda disso,pois, durante o governo FHC, o “patrimônio público foi vendido a preços irrisórios, a dívida pública triplicou como proporção do PIB e o Brasil rastejou perante o FMI, entre outras medidas que afetaram a soberania nacional”.

Petrobras torna-se a 3ª maior empresa de energia do mundo

Deputado Federal Eduardo Valverde - PT

O deputado Eduardo Valverde (PT-RO) destacou ontem que os investimentos em pesquisas nos setores de ciência e tecnologia no campo energético, efetuados desde 2003, com o governo do PT e aliados, possibilitaram que a Petrobras se tornasse a terceira maior empresa de energia do mundo. A nova posição da estatal no ranking das empresas de energia surgiu em levantamento realizado pela PFC Energy 50 – consultoria de energia com atuação em empresas e governos de todo o mundo.

O parlamentar petista lembrou que as informações da consultoria mostram que a estatal passou de 27º lugar, na primeira edição do ranking em 1999, para a terceira colocação em pouco mais de uma década”. Integrante da Comissão de Minas e Energia, Valverde sublinhou também que a descoberta da camada do pré-sal elevou o indicie de confiança da Petrobras na bolsa de valores.

Segundo a consultoria, o valor de mercado da companhia, que era de US$ 13,5 bilhões naquele ano, cresceu a uma taxa composta de 27% ao ano. Ainda de acordo com a PFC Energy, o recuo no preço das ações da Petrobras em 2010 foi compensado pela capitalização de US$ 67 bilhões, segundo informou própria estatal, em nota oficial.

Segundo o levantamento, a Petrobras completou dezembro de 2010 com valor de mercado de US$ 228,9 bilhões, à frente de gigantes como a Shell e a Chevron, que ficaram, respectivamente, na quarta e quinta posição. A ExxonMobil, com valor de mercado de US$ 368,7 bilhões, ficou com a primeira posição do ranking. O segundo lugar ficou com a PetroChina, com valor de mercado 18% menor que a líder (US$ 303,3).

O levantamento divulgado ontem (24) lista as maiores empresas de energia do mundo em valor de mercado. A PFC Energy publica anualmente o ranking das 50 maiores companhias de energia com ações em bolsa e tem como principal critério o desempenho no mercado de capitais. Fundada em 1984, a PFC Energy tem escritórios em Washington, Paris, Houston, Bahrain, Lausanne, Kuala Lumpur e Buenos Aires.

Investimentos estrangeiros no país em 2010 é o maior da história, diz BC

Deputado Federal Pedro Eugênio - PT

Os investimentos estrangeiros diretos no país somaram em 2010 US$ 48,462 bilhões, o maior resultado nominal da série histórica iniciada em 1947. Apenas em dezembro do ano passado, segundo o Banco Central, a conta financeira apresentou ingresso líquido de US$ 6,4 bilhões, com destaque para os investimentos estrangeiros diretos de US$ 15,364 bilhões, também o maior da série histórica para meses de dezembro.

Para o deputado Pedro Eugênio (PT-PE), da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, o Brasil foi escolhido como porto seguro para os investidores externos porque apresenta um variado conjunto de atrativos. “O Brasil tem uma economia forte, equilibrada e que apresenta alto índice de crescimento. Aliado a isso, somos uma democracia consolidada e não temos nenhum conflito com outra nação que ameace a soberania ou a economia do nosso país”, explica.

Segundo informações do Banco Central (BC), parte desse resultado se deve a algumas operações esperadas para o início de 2011, mas que terminaram se materializando em 2010. O banco informa ainda que dos US$ 15,364 bilhões recebidos em dezembro, aproximadamente US$ 7,1 bilhões fazem parte da venda do capital da empresa de petróleo Rapsol para a chinesa Sinopec.

Outros setores que contribuíram para a elevação dos investimentos estrangeiros diretos foram o extrativo mineral, no valor de US$ 1 bilhão e a metalurgia, com US$ 1 bilhão. De acordo com o BC, a expectativa para 2010 era de um volume de US$ 38 bilhões em investimentos, entretanto, os números ficaram US$ 10 bilhões acima dessa estimativa.

Para 2011, a expectativa é que o investimento estrangeiro direto some US$ 45 bilhões, com um déficit em transações correntes de US$ 64 bilhões. A estimativa para janeiro é que o IED feche em US$ 2 bilhões e o déficit em transações correntes em US$ 5,5 bilhões.

Faculdade Kalunga é sinônimo de inclusão social, diz parlamentar

Deputado Federal Pedro Wilson - PT

Comunidade Kalunga, um dos maiores remanescentes de quilombo do Brasil, contará a partir deste ano com o primeiro Curso de Licenciatura Plena em Educação Quilombola. Segundo o deputado Pedro Wilson (PT-GO) a ação possibilitará a transformação da realidade de centenas de famílias Kalunga que vivem nas cidades de Teresina de Goiás, Cavalcante, Monte Alegre e Chapada dos Veadeiros.

É um presente àquelas pessoas tão sofridas e que precisam de inclusão social. A formação em nível superior vai possibilitar aos filhos kalunga a inserção no mercado de trabalho. Eles terão a oportunidade de dar aula a partir da sua cultura e tradição”, explica.

Segundo o parlamentar, a maioria dos jovens termina o segundo grau e fica sem perspectiva. “Na ausência de professor qualificado, muitos davam aula, mas foram demitidos por não estar de acordo com portaria do MEC que exige formação em nível de magistério”, disse.

Pedro Wilson acredita que o curso vai atender entre 100 e 150 pessoas e, segundo ele, será nos moldes de outros cursos, como o Curso de Direito para os assentados de Goiás, ministrado pela Universidade Federal de Goiás (UFG).

O parlamentar disse também que ainda não foi definido que instituição ministrará o curso, mas, segundo ele, pode ser a Universidade de Brasília (UnB), a Universidade do Estado de Goiás (UEG) ou a UFG.

Ele garantiu que mesmo sem mandato parlamentar, vai continuar acompanhando a equipe multidisciplinar para que “o avanço pedagógico chegue àquela comunidade”.

Jovem no Brasil tem mais oportunidades de emprego que o europeu ou o americano, diz OIT

Pela primeira vez, o Brasil apresenta uma taxa de desemprego abaixo dos países ricos e, pelo menos nas áreas metropolitanas, abaixo da média mundial. Além disso, um jovem em busca de emprego encontrará uma oportunidade mais facilmente no Brasil do que nas grandes cidades europeias ou americanas. Hoje, pela primeira vez, há mais jovens desempregados nos Estados Unidos e na Europa que no Brasil, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

O fenômeno da troca de posições entre emergentes e ricos é um espelho de uma situação no mercado de trabalho que tem surpreendido até mesmo os especialistas. O desemprego não caiu nos países ricos, apesar do fim da recessão, enquanto em algumas das grandes economias emergentes chega a faltar mão de obra. “Hoje, o Brasil está em uma situação melhor que antes da crise em termos de geração de emprego”, afirma Theo Sparreboom, economista da OIT.

Antes da crise, em 2007, a taxa de desemprego no Brasil era de 8,2%. Hoje, é de 5,7%. Em 2007, o mundo apresentava desemprego de 5,6%. Hoje, chega a 6,2%. Nos países ricos, a taxa é de 8,8% em 2010, ante meros 5,8% em 2007. “O Brasil é um dos raros casos onde há uma tendência contrária ao que ocorre pelo mundo”, diz a OIT. Segundo o governo, 2,5 milhões de empregos foram criados em 2010.

Emergentes – A situação dos jovens é um exemplo dessa troca de posições entre emergentes e ricos. Em 2007, ano que antecedeu a pior crise econômica mundial em sete décadas, a situação dos jovens era exatamente a oposta do que se vê hoje. Naquele ano, apenas 12,4% dos jovens nos países ricos não tinham trabalho.

O número aumentou em 2010 para 18,2%, e não há sinais de queda. Um dos países onde a situação é mais crítica é a Espanha, destino de 5 milhões de imigrantes em apenas dez anos em busca de trabalho. Muitos eram jovens. Em 2010, o desemprego entre jovens chegava a 39%. Seria de 45% se contasse aqueles que já desistiram de buscar trabalho.

No total, 79,6 milhões de jovens não trabalhavam em 2009, ante 77,7 milhões em 2010. Antes da crise, o número de jovens sem emprego era de 73,5 milhões, 11,8%.

Já no Brasil, o crescimento da economia permitiu o contrário. De uma média de 14% de desemprego entre os jovens em 2007, a taxa no País caiu em 2010 para 12,5%, abaixo mesmo da média mundial de 12,6%. A taxa também é inferior à média do Sudeste Asiático. Em 2003, 20% dos jovens nas áreas metropolitanas no Brasil não tinham trabalho.

Segundo a OIT, apesar da explosão do número de empregos, a qualidade dos trabalhos, salários e proteção social ainda são problemas que o País terá de enfrentar. “A taxa de emprego não é o único indicador. Salários, qualidade do emprego e vulnerabilidade ainda são altas na região”, diz Manuel Salazar Xirinachs, diretor do Departamento de Empregos da OIT.

Lula e Dilma prestigiam homenagem a José Alencar em SP

Presidenta Dilma e Lula com o guerreiro José Alencar. Símbolo de luta pela vida.

Fora do hospital pela primeira vez desde 22 de dezembro, o ex-vice-presidente José Alencar disse ontem que se coloca nas mãos de Deus, mas que segue lutando para não morrer. Homenageado ontem com a Medalha 25 de Janeiro, durante o aniversário da cidade de São Paulo, Alencar falou sobre sua luta contra o câncer que o acomete desde a década de 90 e se agravou nos últimos meses.

Alencar foi acompanhado da presidenta Dilma e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “Ainda não estou bem. Estou bem melhor, mas ainda não estou bem”, disse o ex-vice. “Eu faço a minha parte e estou lutando para não morrer”, completou o empresário.

Apesar de enumerar desafios que enfrentou ao longo do tratamento – como um infarto e um endema pulmonar que, segundo ele, quase o “matou” – Alencar não perdeu o bom humor. Disse que aprendeu com Lula que os discursos têm de ser como “os vestidos das mulheres”. “Nem tão curtos que nos escandalizem, nem tão longos que nos entristeçam”.

Sua participação no evento, entretanto, ocorreu sob rígido controle dos médicos. Ele foi autorizado apenas a fazer um breve pronunciamento e receber a medalha. Foi providenciada uma ambulância para acompanhar o ex-vice, sob orientação do cardiologista Roberto Kalil Filho. Os médicos apresentaram à prefeitura uma série de recomendações para viabilizar a participação de Alencar no ato. Pediram, por exemplo, que o ambiente fosse o mais ventilado possível.

Após o evento, Alencar pediu aval dos médicos para almoçar no apartamento onde mora, no bairro dos Jardins, na capital paulista. A equipe do Hospital Sírio-Libanês concedeu a autorização e estuda a possibilidade de permitir que o ex-vice passe a noite em sua casa. Ele passará por uma avaliação médica no fim do dia, para avaliar se tem condições de permanecer fora do hospital.

Hobsbawm elogia governo Lula e o Partido dos Trabalhadores

Eric Hosbawm - Historiador Inglês

O historiador inglês Eric Hobsbawm elogiou o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o Partido dos Trabalhadores por terem mostrado ao mundo, desde 2003, que ainda é possível “que a classe trabalhadora forme o esqueleto de movimentos mais amplos de transformação social”. O Brasil, que tem um caso clássico de partido trabalhista nos moldes do fim do século 19 -baseado numa aliança de sindicatos, trabalhadores, pobres em geral, intelectuais e tipos diversos de esquerda- que gerou uma coalizão governista notável. E não se pode dizer que não seja bem-sucedida, após oito anos de governo e um presidente em final de mandato [a entrevista foi feita no final de 2010] com 80% de aprovação”, disse Hobsbawn, em entrevista ao jornal inglês The Guardian, republicada hoje (25) pelo jornal Folha de S. Paulo.

Aos 93 anos, Hobsbawm publica um novo livro e diz que , hoje, do ponto de vista ideológico, se sente mais em casa na América Latina. “ É o único lugar no mundo em que as pessoas fazem política e falam dela na velha linguagem – a dos séculos 19 e 20, de socialismo, comunismo e marxismo”, disse.

Leia a entrevista na página da bancada do PT na Câmara: www.informes.org.br

Serys encerra mandato debatendo paz no Oriente Médio

A senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) encerra seu mandato em Doha, capital do Qatar, no Oriente Médio, onde participa de um debate sobre o processo de paz na Conferência Internacional de Jerusalém, entre nos dias 2 e 3 de fevereiro. A senadora foi convidada pela Missão da Liga dos Estados Árabes no Brasil, que custeará todas as despesas.

O evento reunirá personalidades políticas e legislativas internacionais, bem como acadêmicos, intelectuais e formadores de opinião. Os temas debatidos serão “Jerusalém e o Direito Internacional”, “História de Jerusalém”, “Jerusalém e as violações israelenses” e “O Papel das organizações da sociedade civil na defesa de Jerusalém e sua proteção”.

Fui a relatora no Brasil do projeto de lei que criou a Liga e também relatei o projeto de compra do terreno para a construção da representação Palestina em Brasília. Sou apoiadora da causa árabe devido aos inúmeros conflitos existentes na convivência com o Estado de Israel”, afirmou Serys. Habitada desde o século IV antes de Cristo, Jerusalém é a cidade santa dos judeus, cristãos e muçulmanos. No curso da história, Jerusalém foi destruída duas vezes, sitiada 23 vezes, atacada 52 vezes e capturada e recapturada outras 44 vezes. É local de conflito entre judeus e muçulmanos há mais de 60 anos desde a criação do Estado de Israel, historicamente criticada pelos seguidores do Islã.

Ministro Gilberto Carvalho recebe representantes das centrais sindicais

Ministro da Secretaria Geral da Presidência da República Gilberto Carvalho

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, se reúne hoje, às 16h30, com lideranças das seis centrais sindicais – Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical, Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), União Geral dos Trabalhadores (UGT) e Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST). A reunião será realizada na sala 98, no 4º andar do Palácio do Planalto, em Brasília.

Devem estar presentes os seguintes representantes:

CUT: Arthur Henrique (Presidente), Quintino Severo (Secretário-Geral), Wagner Freitas (Secretário de Administração e Finanças) e Rosane Silva (Secretária de Mulheres);

Força Sindical: Paulo Pereira da Silva (Presidente), João Carlos Gonçalves “Juruna” (Secretário-Geral),Miguel Eduardo Torres (Vice-Presidente) e João Batista Inocentini;

CGTB: Antônio Fernandes dos Santos Neto (Presidente), Ubiraci Dantas de Oliveira (Vice-Presidente), Carlos Alberto Pereira (Secretário-Geral) e Alessandro Rodrigues da Silva;

CTB: Wagner Gomes (Presidente) e Joilson Cardoso (Secretário Nacional de Política Sindical e Relações Institucionais);

UGT: Ricardo Patah (Presidente), Francisco Canindé Pegado do Nascimento (Secretário-Geral), José Roberto Santiago Gomes (Vice-Presidente) e Miguel Salabery Filho (Secretário de Relações Institucionais);

NCST: José Calixto Ramos (Presidente) e Hamilton Dias de Moura.

::Informativo digital da Liderança do PT::
Câmara dos Deputados – 2010
Líder da Bancada: Deputado Fernando Ferro (PT-PE)
Chefe de Gabinete: Maria do Socorro Fernandes
Assessor de Imprensa: Paulo Paiva Nogueira Chefe de redação: Denise Camarano
Edição: Vania Rodrigues
Reportagem: Vania Rodrigues, Denise Camarano, Edmilson Freitas, Paulo Paiva, Gizele Benitz, Heber Cavalho e Benildes Rodrigues, Estagiário em jornalismo: Salis Chagas
Radio: Ana Claudia Feltrim, Chico Pereira e Gabriela Mascarenhas
Contato: pauta@informes.org.br
Designer gráfico/Web: Claudia Barreiros, Ronaldo Martins e Sandro Mendes
Secretaria de Redação: Bonfim Cabral
Fotógrafo: Salu Parente
Colaboração da equipe de funcionários da Liderança do PT
e assessores de imprensa dos deputados
ATENÇÃO! Ao solicitar algum documento ao Núcleo de Documentação da Liderança (NUD)
pelo e-mail nud.pt@camara.gov.br,não deixe de fornecer o endereço, inclusive o CEP, para o envio pelo correio
Endereço: Câmara dos Deputados – Praça dos 3 Poderes – CEP: 70160-900 – Telefones: 3215-9130/3215-9132 Fax: 3215-9141

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e política e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s