Trabalhando com Poesia

“… É uma índia com colar, a tarde linda que não quer se pôr, dançam as ilhas sobre o mar, sua cartilha tem o A de que cor?… O que está acontecendo? O mundo está ao contrário e ninguém reparou, o que está acontecendo? Eu estava em paz quando você chegou… E são dois cílios em pleno ar, atrás do filho vem o pai e o avô, como um gatilho sem disparar, você invade mais um lugar, onde eu não vou… O que você está fazendo? Milhões de vasos sem nenhuma flor, o que você está fazendo? Um relicário imenso deste amor… Corre a lua porque longe vai? Sobe o dia tão vertical, o horizonte anuncia com o seu vitral, que eu trocaria a eternidade por esta noite… Por que está amanhecendo? Peço o contrario, ver o sol se por, por que está amanhecendo? Se não vou beijar seus lábios quando você se for… Quem nesse mundo faz o que há durar, pura semente dura: o futuro amor, eu sou a chuva pra você secar, pelo zunido das suas asas você me falou… O que você está dizendo? Milhões de frases sem nenhuma cor, ôôôô… O que você está dizendo? Um relicário imenso deste amor… O que você está dizendo? O que você está fazendo? Por que que está fazendo assim?… Está fazendo assim…” (Nando Reis & Cássia Eller – Relicário – Comp.: Nando Reis)

“… Sim, desde que eu te vi, eu te quis, eu quis te raptar, eu fiz um altar, pra te receber como um anjo, que caiu lá do céu, não estava voando, andando, distraiu-se… Sim e agora? Eu quero voltar lá do céu, eu quero estar de volta, eu quero ter você quando estiver de volta, eu quero você para mim, não dou pra ficar só, sim… Sim, desde que eu te vi, eu te quis, eu quis te raptar, eu fiz um altar, pra te receber como um anjo, que caiu lá do céu, não estava voando, andando, distraiu-se… Sim e agora? Eu quero voltar lá do céu, eu quero estar de volta, eu quero ter você quando estiver de volta, eu quero você para mim, agora… Eu quero voltar lá do céu, eu quero estar de volta, eu quero ter você quando estiver de volta, eu quero você para mim… Não dou, pra ficar só, sim, não dou, não…” (Nando Reis – sim – Comp.: Nando Reis)

“… Não consigo olhar no fundo dos seus olhos e enxergar as coisas que me deixam no ar, me deixam no ar, as várias fases, estações que me levam com o vento e o pensamento bem devagar… Outra vez, eu tive que fugir, eu tive que correr, pra não me entregar, as loucuras que me levam até você, me fazem esquecer, que eu não posso chorar… Olhe bem no fundo dos meus olhos e sinta a emoção que nascerá, quando você me olhar, o universo conspira a nosso favor, a conseqüência do destino é o amor, pra sempre vou te amar… Mas talvez, você não entenda essa coisa de fazer o mundo acreditar, que meu amor, não será passageiro, te amarei de janeiro a janeiro, até o mundo acabar, até o mundo acabar, até o mundo acabar, até o mundo acabar… Mas talvez, você não entenda essa coisa de fazer o mundo acreditar, que meu amor, não será passageiro, te amarei de janeiro a janeiro, até o mundo acabar, até o mundo acabar, até o mundo acabar, até o mundo acabar…” (Nando Reis & Roberta Campos – De Janeiro a Janeiro – Comp.: Roberta Campos)

“… E agora, o que eu vou fazer? Se os seus lábios ainda estão molhando os lábios meus? E as lágrimas não secaram com o sol que fez? E agora como posso te esquecer? Se o teu cheiro ainda está no travesseiro? E o teu cabelo está enrolado no meu peito?… Espero que o tempo passe, espero que a semana acabe, pra que eu possa te ver de novo… Espero que o tempo voe, para que você retorne, pra que eu possa te abraçar e te beijar de novo… E agora, como eu passo sem você? Se o seu nome está gravado no meu braço como um selo? Nossos nomes que tem o “N” Como um elo? E agora como posso te perder? Se o teu corpo ainda guarda o meu prazer? E o meu corpo foi marcado pelo seu?… Espero que o tempo passe, espero que a semana acabe, pra que eu possa te ver de novo… Espero que o tempo voe, para que você retorne, pra que eu possa te abraçar… Espero que o tempo passe, espero que a semana acabe, pra que eu possa te ver de novo… Espero que o tempo voe, para que você retorne, pra que eu possa te abraçar e te beijar de novo… De novo… De novo… De novo…” (Nando Reis – N – Comp.: Nando Reis)

“Coloque Deus, conscientemente, em tudo o que faz, em todos os seus problemas e verificará que seus sofrimentos se transformarão em experiência e aprendizado. Coloque Deus em todos os pensamentos, e sua vida se transformará num hino de alegria e louvor, porque as dores se esvairão como as trevas, que desaparecem aos primeiros clarões das luzes da aurora.” (Minutos de Sabedoria Pg. 77)

Bom dia pessoal,

Como foram de final de semana? Espero que bem. O meu final de semana foi muito bom, com trabalho no sábado e a caminhada em tributo a Bob Marley ontem, na Itinga, com muito reggae e nenhuma violência. Mais uma vez, o povo da Itinga de parabéns.

Um capítulo especial do futebol baiano foi escrito ontem: O Bahia de Feira, em pleno Manoel Barradas, manteve o Bahia da Capital como único clube de futebol da Bahia a deter o título de Penta Campeão Baiano de Futebol Profissional, na verdade, Penta, Hexa e Hepta, são títulos desconhecidos dos rubronegros.

De parabéns o tremendão que fez um belíssimo campeonato e nos trouxe esta felicidade pós páscoa. O Bahia até que nos decepciona de vez em quando, mas, o Vicetória, esse nunca falha. Quando esperamos que ele se arrebente ele faz isso com força. rsrsrsrsrs

Brincadeiras à parte, de parabéns os torcedores do Atlético de Goiás, Santa Cruz, Santos, Chapecoense, Cruzeiro, Internacional e Bahia de Feira pelos títulos conquistados ontem.

Em 16 de maio de 1703 ocorre a fundaçãod e São Petesburgo.

Em 16 de maio de 1717 François Marie Arouet, mais conhecido como Voltaire foi preso na Bastilha, em função de suas escritas satíricas à vida íntima de Felipe D’Orleans, então Principe regente.

Em 16 de maio de 1770 casam-se Maria Antonieta (14) e Delfim Luis (16), futuro Rei Luis XVI.

Em 16 de maio de 1929 A academia entrega os primeiros “Oscar” a Janet Gaynor, Emil Jennings e Charles Chaplin.

Em 16 de maio de 1960 fracassa a cúpula entre Eisenhower e Kruchev.

Em 16 de maio de 2001 ao protestarem contra a impunidade dos então Senadores da República ACM e Arruda, estudantes baianos foram persweguidos pela Polícia Militar baiana, chegando inclusive a invadir o Campus da Universidade Federal da Bahia. Assista ao Documentário Choque, que relata em imagens aquele nebuloso dia, para a democracia brasileira.

Que as lições de cidadania que a Juventude baiana deu neste dia jamais sejam esquecida e que sejam fonte de inspiração nas lutas vindouras. A Luta continua sempre!

Em 16 de maio de 2002 A Bélgica legaliza a prática da eutanásia.

Os parabéns hoje aos amigos Alice Portugal, Mércia Cotias e Jorginho, pelo aniversário, felicidades que desejo também a todos os servidores que aniversariam hoje.

Hoje é o dia do Agente de limpeza, conhecido também como Gari. Nossos abraços e congratulações por estes profissionais que fazem de tudo para manter a nossa cidade num padrão de limpeza de qualidade. Parabéns!

Por sugestão de Letícia, Nando Reis fará o prefácio musical de Cassemiro de Abreu, nosso homenageado da semana, no “Trabalhando com Poesia”. Espero que gostem.

Por falar em “Trabalhando com Poesia”, nosso blog atingiu esta manhã os 8 mil acesso, o que dá uma média de 1300 acesso mês. Nada mal para um espaço que se presta apenas a difundir Poesia, música e opinião. Quero agradecer a cada um (a) de vocês, que tem feito deste espaço algo interessante a cada dia. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com

Abraços nos amigos, beijos nas amigas e nos (as) filhos (as), desejando axé, paz, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. uma segunda feira abençoada por Deus e por Omolu.

Ótima semana a todos (as).

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=1139376304
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

Deus – Cassemiro de Abreu

Eu me lembro! eu me lembro! — Era pequeno
E brincava na praia; o mar bramia
E, erguendo o dorso altivo, sacudia
A branca escuma para o céu sereno.

E eu disse a minha mãe nesse momento:
“Que dura orquestra! Que furor insano!
Que pode haver maior do que o oceano,
Ou que seja mais forte do que o vento?!”

— Minha mãe a sorrir olhou pr’os céus
E respondeu: — “ Um Ser que nós não vemos
É maior do que o mar que nós tememos,
Mais forte que o tufão! meu filho, é — Deus!”—

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s