Trabalhando com Poesia

“… Logo, logo assim que puder, vou telefonar, por enquanto tá doendo e quando a saudade quiser me deixar cantar, vão saber que andei sofrendo… E agora longe de mim você possa enfim ter felicidade, nem que faça um tempo ruim, não se sinta assim, só pela metade… Ontem demorei prá dormir, tava assim, sei lá! Meio passional por dentro… Se eu tivesse o dom de fugir prá qualquer lugar, ia feito um pé-de-vento… Sem pensar no que aconteceu, nada, nada é meu, nem o pensamento… Por falar em nada que é meu, encontrei o anel que você esqueceu… Aí, foi que o barraco desabou, nessa que o meu barco se perdeu, nele tá gravado, “só você e eu”… Aí, foi que o barraco desabou, nessa que o meu barco se perdeu, nele tá gravado, “só você e eu”… Ontem demorei prá dormir, tava assim, sei lá! Meio passional por dentro… Se eu tivesse o dom de fugir prá qualquer lugar, ia feito um pé-de-vento… Sem pensar no que aconteceu, nada, nada é meu, nem meu, nem o pensamento… Por falar em nada que é meu, encontrei o anel que você esqueceu… Aí, foi que o barraco desabou, nessa que o meu barco se perdeu, nele tá gravado, “só você e eu”… Aí, foi que o barraco desabou, nessa que o meu barco se perdeu, nele tá gravado, “só você e eu”… Aí, foi que o barraco desabou, nessa que o meu barco se perdeu, nele tá gravado, “só você e eu”… Aí, foi que o barraco desabou, nessa que o meu barco se perdeu, nele tá gravado, “só você e eu”… Só você e eu… Só você e eu…” (Exaltasamba – Eu e Você Sempre – Comp.: Jorge Aragão/ Flávio Cardoso)

“…Quando a saudade doer e a solidão machucar, pra não pensar em você, nem procurar seu olhar, vou enganar a paixão, mentir pro meu coração, que já deixei de te amar… Eu vou fingir que esqueci, que não chorei nem sofri, vendo você me deixar… E se a lembrança insistir, em procurar por nós dois, vai encontrar seu adeus, dizendo volto depois… É impossível, eu sei, mentir que nunca te amei, que foi um sonho e acabou, mas tenho que aceitar, cuidar de mim e tentar, me encontrar noutro amor… Mas eu me engano, me desespero, por que te amo, porque te quero e a minha vida é só pensar em você… O tempo todo, o dia inteiro, sinto seu corpo, sinto seu cheiro e a minha vida é só pensar em você… Mas eu me engano, me desespero, por que te amo, porque te quero e a minha vida é só pensar em você… O tempo todo, o dia inteiro, sinto seu corpo, sinto seu cheiro e a minha vida é só pensar em você…” (Exaltasamba – Pra Não Pensar Em Você – Comp.: Zezé de Camargo)

“… Nunca pensei que você me deixaria desse jeito, sem dormir direito, imaginei que fosse um passatempo qualquer, uma aventura de amor, mas meu coração me enganou… E agora meu mundo é seu mundo, seu corpo em meu corpo, é um só, é um sentimento maior… Te amo como nunca amei ninguém, te quero como nunca quis um dia alguém, você mudou a minha história… Te amo como nunca amei ninguém, te quero como nunca quis um dia alguém, você mudou a minha história… Todo dia a todo o momento, estás presentes no meu pensamento, perco a noção do tempo, só por causa de você… Te amo como nunca amei ninguém, te quero como nunca quis um dia alguém, você mudou a minha história… Te amo como nunca amei ninguém, te quero como nunca quis um dia alguém, você mudou a minha história… Nunca pensei que você me deixaria desse jeito, sem dormir direito, imaginei que fosse um passatempo qualquer, uma aventura de amor, mas meu coração me enganou… E agora meu mundo é seu mundo, seu corpo em meu corpo, é um só, é um sentimento maior… Te amo como nunca amei ninguém, te quero como nunca quis um dia alguém, você mudou a minha história… Te amo como nunca amei ninguém, te quero como nunca quis um dia alguém, você mudou a minha história… A minha história de amor… Eu te amo!…” (Exaltasamba – Como Nunca Amei Ninguém – Comp.: Peter Correa / Beto Correa)

“Tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus! Então, manifeste constantemente a todas as criaturas, que são a manifestação da Divindade em redor de você!
Deus revela-se ao homem através do próprio homem. O melhor meio de amar a Deus é saber amar ao próximo, relevando-lhe as faltas, compreendendo seus problemas e ajudando-o em todas as circunstâncias.” (Minutos de Sabedoria Pg. 91)

Bom dia pessoal,

As inscrições para os representantes da sociedade civil no Conselho Municipal da Juventude foram prorrogadas até o dia 17 de junho de 2011. Você conhece alguém que atue nesta área? informe, mobilize. Vamos fazer deste conselho mais um instrumento de busca concreta de políticas públicas para a Juventude de Lauro de Freitas.

No próximo sábado as 20 horas, na Praça da Matriz estará ocorrendo a mostra de som junino do Grupo Bambolê Balanço. Compareça e prestigie.

Em 07 de Junho de 1329 – Morreu Roberto I, rei da Escócia (n. 1274).

Em 07 de Junho de 1491 – Nasceu Jacques Cartier, explorador francês (m. 1557)

EM 07 de Junho de 1494 – Os reinos de Portugal e de Castela assinam o Tratado de Tordesilhas (na imagem), dividindo entre si o Novo Mundo.

Em 07 de Junho de 1848 – Nasceu Paul Gauguin, pintor francês (m. 1903).

Em 07 de Junho de 1870 – Morreu o Marquês de Olinda, primeiro-ministro do Império do Brasil (n. 1793).

Em 07 de Junho de 1883 é inaugurado o Expresso do Oriente, que ligava Paris a Constantinopla, hoje Istambul. O Expresso do Oriente, o mais luxuoso da Europa, era equipado com vagões-leito, salões de estar e um restaurante de alta gastronomia e levava cerca de três dias para percorrer os 3.186 quilômetros de extensão. O famoso trem inspiraria numerosos escritores como Agatha Christie, Paul Morand e Paul Valery.

Em 07 de Junho de 1989 morreu a cantora Nara Leão, considerada por muitos como a musa da Bossa Nova.

Em 07 de Junho de 1929 – A Cidade do Vaticano torna-se um Estado soberano com a assinatura do Tratado de Latrão.

Em 07 de Junho de 1954 – Morreu Alan Turing, matemático britânico (n. 1912).

Em 07 de Junho de 1961 Nascia Raimundo Nonato das Neves – Kasutemi, Neto da saudosa Mãe Mirinha de Portão, Tata do Terreiro São Jorge Filhos da Goméia e Presidente da Associação São Jorge Filhos da Goméia e do Bloco Afro Bankoma, Comprometida com a luta do povo negro e pelo resgate da cultura afrodescendente, Raimundo nos deixou precocemente, na semana passada.

Em 07 de Junho de 1981 – Nasceu Anna Kournikova, tenista russa.

Em 07 de Junho de 1991 – O Monte Pinatubo entra em erupção, originando um coluna de 7 quilómetros de cinzas.

Os parabéns de hoje vão para a colega Mariá Cotrim, DJ Kiko, o amigo Salvador Brito, Coordenador da Defesa Civil Estadual, pela passagem do seu aniversário.

Hoje também é aniversário de nascimento do nosso amigo e irmão Raimundo das Neves. Que seus ensinamentos possam estar ainda mais firmes em nossa mente no dia de hoje e nos que virão ainda pela frente. Axé. A missa de sétimo dia de Raimundo Kasutemi será amanhã, as 8 da manhã na Igreja Matriz de Santo Amaro de Ipitanga.

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”, que agora traz links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso e já alcança a marca dos 9 mil acessos. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com

Abraços nos amigos, beijos nas amigas e nos (as) filhos (as), desejando axé, paz, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma Terça-feira abençoada por Deus e permeada pela força guerreira de Ogum.

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=1139376304
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

Meu pai – Ferreira Gulart

meu pai foi
ao Rio se tratar de
um câncer (que
o mataria) mas
perdeu os óculos
na viagem

quando lhe levei
os óculos novos
comprados na Ótica
Fluminense ele
examinou o estojo com
o nome da loja dobrou
a nota de compra guardou-a
no bolso e falou:
quero ver
agora qual é o
sacana que vai dizer
que eu nunca estive
no Rio de Janeiro

Os mortos – Ferreira Gulart

Os mortos vêem o mundo
pelos olhos dos vivos

eventualmente ouvem,
com nossos ouvidos,
certas sinfonias
algum bater de portas,
ventanias

Ausentes
de corpo e alma
misturam o seu ao nosso riso
se de fato
quando vivos
acharam a mesma graça

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s