Trabalhando com Poesia

“…Vai minha tristeza
e diz à ela
Que sem ela não pode ser
Diz-lhe numa prece que ela regresse
Porque eu não posso mais sofrer
Chega de saudade, a realidade é que sem ela
Não há paz, não há beleza, é só tristeza
E a melancolia que não sai de mim, não sai de mim, não sai
Mas se ela voltar, se ela voltar
Que coisa linda, que coisa louca
Pois há menos peixinhos a nadar no mar
Do que os beijinhos que eu darei na sua boca

Dentro dos meus braços os abraços hão de ser milhões de abraços
Apertado assim, colado assim, calado assim
Abraços e beijinhos e carinhos sem ter fim
Que é pra acabar com esse negócio de viver longe de mim
Não quero mais esse negócio de você viver assim
Vamos deixar desse negócio de você viver sem mim…” (João Gilberto – Chega de saudade – Composição : Tom Jobim)

“… Olha que coisa mais linda,
mais cheia de graça
é ela menina
que vem que passa
num doce balanço
caminho do mar

moça do corpo dourado
do sol de ipanema
o seu balançado
é mais que um poema
é a coisa mais linda
que eu já vi passar
Ah, porque estou tão sozinho
ah, porque tudo e tão triste
ah, a beleza que existe
a beleza que não é só minha
que também passa sozinha
Ah, se ela soubesse
que quando ela passa
o mundo sorrindo
se enche de graça
e fica mais lindo
por causa do amor
Tall and tan
and young and lovely
the girl from ipanema
goes walking
and when she passes
each one she passes
goes ahhh
When she walks
she’s like a samba
that swings so cool
and sways so gently
that when she passes
each one she passes
goes ahhh
Oh, but he watches so sadly
how can he tell her he loves her
yes, he would give his heart gladly
but each day when she walks to the sea
she looks straight ahead not at he
Tall and tan
and young and lovely
the girl from ipanema
goes walking
and when she passes
he smiles but she doesn’t see
she just doesn’t see…” (João Gilberto – Garota De Ipanema – Comp.: Vinicius de Moraes e Tom Jobim)

“… Menino do rio, calor que provoca arrepio
Dragão tatuado no braço, calção corpo aberto no espaço
Coração de eterno flerte, adoro ver-te
Menino vadio, tensão flutuante do Rio
Eu canto pra Deus proteger-te
O Hawaí seja aqui, tudo o que sonhares
Todos os lugares, as ondas dos mares
Pois quando eu te vejo eu desejo o teu desejo
Menino do rio, calor que provoca arrepio
Toma esta canção como um beijo…” (João Gilberto – Menino do Rio – Comp.: Caetano Veloso)

“Seja alegre, procurando fazer todo o bem que puder, em que permanecer na face da terra. Espalhe em torno de si esmolas de conforto, palavras de carinho, sorrisos de felicidade. Responda com alegria e otimismo a todos aqueles que lhe dirigirem a palavra, sem irritar-se jamais. Imprima, em cada dia de sua vida, toda a bondade que existe no fundo de seu coração.” (Minutos de Sabedoria Pg. 98)

Bom dia pessoal,

Meu dia tá um pouco corrido hoje, de maneira que escreverei pouco. Apenas, não queria deixar de mandar a nossa mensagem diária.

Ontem tive a convicção de que uma folha de papel em branco, uma caneta nas mãos e liberdade para expressar o que aprendemos são elementos fundamentais para adubar a terra de onde brotam as notas dez. Direitos e Garantias já foi, agora só falta Processo Civil hoje e ED semana que vem. Vamos que Vamos!

Estou muito feliz com a aprovação ontem na Câmara dos Projetos de Lei que apresentamos, denominando o Auditório do centro de Referência à Cultura Afrobrasileira Mãe Mirinha de Portão, como “Auditório Abdias do Nascimento” e a Praça do Coco do Pará como “Praça Raimundo Nonato das Neves – Kasutemi”. Justíssima homenagem a essas duas importantes figuras guerreiras do nosso povo negro.

As boas vindas aos colegas Daíse, Thais Koch e Franklin Zogbi, que passam a receber a partir de hoje as doses diárias do “Trabalhando com Poesia”

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”, que agora traz links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com

Abraços nos amigos, beijos nos filhos e nas amigas, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma Sexta-feira abençoada por Deus.

Bom final de semana e até segunda feira,

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=1139376304
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

Estrela distraída – Damário da Cruz

Longe de Miramar
e Havana cria estrelas.

Se não me reconheço
como voltar a Miramar?
Com luz nenhuma
na cegueira de estrangeiro?

Se não me reconheço
como voltar a mim?
Com espelhos de crianças
erguidos para a lua?

Estou só…
longe de Miramar
e a escuridão pinta o céu.

In Segredo das Pipas

***

Luz alheia – Damário da Cruz

Não sou
tua estrela guia

Algum cometa
desvia olhares,
alguma noite
é mais escura,
algum céu
é leviano.

Não sou
teu porto seguro.

Algum farol
seduz a proa,
alguma gaivota
voa à-toa,
algum vento
é fugaz.

In Segredo das Pipas

***


Um pouco repetido – Damário da Cruz

A lua
nasceu hoje
da mesma forma.

E você
fica exigindo
que eu seja diferente
todas as noites.

In Segredo das Pipas

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s