Trabalhando com Poesia

“… Escute o que eu tenho para lhe dizer meu bem, um amor tão lindo igual a você não tem, vou te proteger com o meu sentimento, vai ficar suspenso o cheiro do nosso amor, no ar… Venha, me conte uma história que fale do nosso amor, do nosso amor… Adoro ouvir o som da sua voz, dizendo assim: “te quero sorrindo pertinho, todinho dentro de mim, no meu olhar, no coração, oh, minha doce paixão… Eu quero estar na sua pele, me embriagar no seu perfume, tenho ciúme dos seus olhos, em outra direção… Porque seu corpo sedutor, passou a ser o meu costume, onde viajo toda noite, pra outra dimensão, uh, oh, oh… Venha, me conte uma história que fale do nosso amor, do nosso amor… Adoro ouvir o som da sua voz, dizendo assim: “te quero sorrindo pertinho, todinho dentro de mim, no meu olhar, no coração, oh, minha doce paixão… Eu quero estar na sua pele, me embriagar no seu perfume, tenho ciúme dos seus olhos, em outra direção… Porque seu corpo sedutor, passou a ser o meu costume, onde viajo toda noite, pra outra dimensão, uh, oh, oh…uh, oh, oh…uh, oh, oh…” (Raça Negra – Doce Paixão – Comp.: Gabú)

“… o quer que eu vou fazer pra nao te perder? Brigou comigo sem motivo o que fazer? O que é que eu faço se não tem espaço, falta carinho no seu abraço? O que é que eu faço? O que é que eu faço? O que é que eu faço?… O que é que eu vou fazer pra te prender,aqui comigo, com seu sorriso e não sofrer? o que é que eu faço? O que é que eu digo? por onde eu fico, meu anjo amigo?… Nada tem graça sem você! Me falta motivo pra viver, eu ando chorando a toa… Te maguei te fiz sofrer, agora eu peço pra você por favor amor perdoa… O que é que eu vou fazer pra te prender,aqui comigo, com seu sorriso e não sofrer? o que é que eu faço? O que é que eu digo? por onde eu fico, meu anjo amigo?… Nada tem graça sem você! Me falta motivo pra viver, eu ando chorando a toa… Te maguei te fiz sofrer, agora eu peço pra você por favor amor perdoa… O que é que eu faço? falta carinho no seu abraço, O que ér que eu faço? por onde eu fico meu anjo amigo? O que é que eu faço?…” (Raça Negra – O Que É Que Eu Faço – Raça Negra)

“… Não deixe o tempo acabar com nosso amor, eu faço tudo e o impossível e você não dá valor, te amo como um louco, estou morrendo aos poucos, você parece estar feliz, pisando sobre mim… Desesperadamente, eu choro por você, meu coração carece do seu amor, do seu amor… Então vem, então vem, maltrata de vez, maltrata de vez, estou com saudade e a sua maldade me faz delirar, te perder, te perder, eu não vou resistir, eu não vou resistir, Eu vivo sofrendo estou te querendo nasci pra você, cigana… Não deixe o tempo acabar com nosso amor, eu faço tudo e o impossível e você não dá valor, te amo como um louco, estou morrendo aos poucos, você parece estar feliz, pisando sobre mim… Desesperadamente, eu choro por você, meu coração carece do seu amor, do seu amor… Então vem, então vem, maltrata de vez, maltrata de vez, estou com saudade e a sua maldade me faz delirar, te perder, te perder, eu não vou resistir, eu não vou resistir, Eu vivo sofrendo estou te querendo nasci pra você, cigana… Então vem, então vem, maltrata de vez, maltrata de vez, estou com saudade e a sua maldade me faz delirar, te perder, te perder, eu não vou resistir, eu não vou resistir, Eu vivo sofrendo estou te querendo nasci pra você, cigana…” (Raça Negra – Cigana – Comp.: Gabu)

“Você, que é mãe, que recebeu uma linda flor do céu para cultivar no jardim da Terra, mantenha sua mente ligada ao Pai celeste, que ele a sustentará sempre em suas lutas. Olhe para seu filho com carinho. Pense nas criaturas que não conseguiram gerar um filho em suas entranhas e pense nos milhares de pequeninos que não encontraram ninguém que com eles tivesse o carinho de mãe! Seja paciente com seu filho!” (Minutos de Sabedoria Pg. 121)

Boa tarde pessoal,

Os parabéns de hoje vão para o colega Igor, da Defesa Civil e a colega Rosenilda Pitanga (Tati), do GAPRE, pela passagem dos seus aniversários. Paz, Saúde e felicidade.

Hoje é dia de homenagear aqueles e aquelas que compreendem o cio da terra e com amor e carinho conseguem fecundar o chão do torrão de terra chamado Brasil e fazer deste gigante, apesar de suas discrepâncias sociais um dos maiores, senão o maior produtor de alimentos do planeta. Parabéns aos agricultores pelo seu dia.

Em 28 de Julho de 1794 Era enforcado um dos grandes lider da revolução francesa Maximillien Robespierre

Em 28 de Julho de 1750 morre o compositor alemão Joham Sebastian Bach

Em 28 de Julho de 1821 o Peru torna-se um estado independente.

Em 28 de Julho de 1938 morreu o Rei do Cangaço Virgulino Ferreira (Lampião), juntamente com sua mulher Maria Bonita e mais nove integrantes de seu bando, em emboscada no sertão alagoano.

http://jblog.com.br/hojenahistoria.php?itemid+22689

Em 28 de Julho de 1993 O Presidente Itamar Franco corta três zeros da moeda nacional, cria o Cruzeiro Real e reestabelece o gatilho salarial no país.

Me lembrava no sábado, ao ver as fotos históricas do OP, da minha grande e querida amiga Mayra Landim, que tão cedo nos deixou e esta música, cantada na despedida dela sempre nos lembrará a sua imagem feliz e companheira.

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com/2011/07/28/trabalhando-com-poesia-326/

Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma Quinta feira abençoada por Deus.

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=1139376304
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

TRABALHADOR
Jorge Garrido

1º de maio, dia do trabalhador
Dia de luta
De trabalhar a dor
Que provoca-nos a certeza de que somos explorados
Dia da dor ser trabalhada
Transformando-a em mais esperança, que é o sonho possível
De um dia acabarmos com a exploração
Vivermos em um mundo
Sem patrão
Mas,com compromisso
Um mundo igualitário
Onde ninguém seja oprimido
Pela fraqueza do próprio salário
Um mundo onde o dia do trabalhador seja realmente comemorado
Um mundo onde a dor de quem trabalha seja coisa do passado
Um mundo por nós construído
Um mundo sem opressor
Um mundo sem oprimido
Um mundo mais igual
Um mundo mais justo
Um mundo que seja tudo isso e que também seja real

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s