Trabalhando com Poesia

“…Quando caminho pela rua, lado a lado com você, me deixas louca e, quando escuto o som alegre do teu riso, que me dá tanta alegria, me deixas louca… Me deixas louca quando vejo mais um dia, pouco a pouco entardecer e, chega a hora de ir pro quarto escutar, as coisas lindas que começas a dizer… Me deixas louca, quando me pedes por favor, que nossa lâmpada se apague, me deixas louca, quando transmites o calor de tuas mãos, pro meu corpo que te espera… Me deixas louca e quando sinto que teus braços se cruzaram em minhas costas, desaparecem as palavras, outros sons enchem o espaço, você me abraça, a noite passa e me deixas louca… Me deixas louca… sinto que teus braços se cruzaram em minhas costas, desaparecem as palavras, outros sons enchem o espaço, você me abraça, a noite passa e me deixas louca… Me deixas louca… Me deixas louca…” (Elis Regina – Me deixas louca– Comp.: Armando Manzanero / Versão: Paulo Coelho)

“…Quero ficar no teu corpo, feito tatuagem, que é pra te dar coragem, pra seguir viagem, quando a noite vem e, também pra me perpetuar em tua escrava, que você pega, esfrega, nega, mas não lava… Quero brincar no teu corpo feito bailarina, que logo se alucina, salta e te ilumina, quando a noite vem e, nos músculos exaustos do teu braço, repousar frouxa, murcha, farta, morta de cansaço… Quero pesar feito cruz nas tuas costas, que te retalha em postas, mas, no fundo gostas quando a noite vem, quero ser a cicatriz risonha e corrosiva, marca a frio, a ferro e fogo, em carne viva, corações de mãe, arpões, sereias e serpentes, que te rabisca o corpo todo, mas não sentes…” (Elis Regina – Tatuagem – Comp.: Chico Buarque)

“…Gracias a la vida, que me ha dado tanto, me dió dos luceros que cuando los abro, perfecto distingo lo negro del Blanco Y en alto cielo su fondo estrellado Y en las multitudes el hombre que yo amo… Gracias a la vida, que me ha dado tanto, me ha dado el oído, que en todo su ancho, traba noche y dia grillos y canários, martirios, turbinas, ladridos, chubascos Y la voz tan tierna de mi bien amado… Gracias a la vida, que me ha dado tanto, me ha dado el sonido y el abecedário, con él las palabras que pienso y declaro, madre, amigo, hermano y luz alumbrando la ruta del alma del que estoy amando… Gracias a la vida,que me ha dado tanto, me ha dado la marcha de mis pies cansados, con ellos anduve ciudades y charcos, playas y desiertos, montañas y llanos, y la casa tuya, tu calle y tu pátio… Gracias a la vida, que me ha dado tanto, me dió el corazón que agita su marco, cuando miro el fruto del cerebro humano, cuando miro el bueno tan lejos del malo, cuando miro el fondo de tus ojos claros… Gracias a la vida, que me ha dado tanto, me ha dado la risa y me ha dado el llanto, así yo distingo dicha de quebranto, los dos materiales que forman mi canto Y el canto de ustedes que es el mismo canto Y el canto de todos que es mi propio canto… Gracias a la vida… Gracias a la vida… Gracias a la vida… Gracias a la vida…” (Elis Regina – Gracias a la vida– Comp.: Violeta Parra)

“…Não quero lhe falar meu grande amor, das coisas que aprendi nos discos, quero lhe contar como eu vivi e tudo o que aconteceu comigo… Viver é melhor que sonhar, eu sei que o amor é uma coisa boa, mas também sei, que qualquer canto é menor do que a vida de qualquer pessoa… Por isso cuidado meu bem, há perigo na esquina, eles venceram e o sinal está fechado prá nós, que somos jovens… Para abraçar seu irmão e beijar sua menina na rua, é que se fez o seu braço, o seu lábio e a sua voz… Você me pergunta pela minha paixão, digo que estou encantada como uma nova invenção, eu vou ficar nesta cidade, não vou voltar pro sertão, pois vejo vir vindo no vento, cheiro de nova estação, eu sei de tudo na ferida viva do meu coração… Já faz tempo eu vi você na rua, cabelo ao vento, gente jovem reunida, na parede da memória, essa lembrança é o quadro que dói mais… Minha dor é perceber, que apesar de termos feito tudo o que fizemos, ainda somos os mesmos e vivemos, ainda somos os mesmos e vivemos como os nossos pais… Nossos ídolos ainda são os mesmos e as aparências não enganam não, você diz que depois deles não apareceu mais ninguém, você pode até dizer que eu tô por fora, ou então que eu tô inventando… Mas é você que ama o passado e que não vê! É você que ama o passado e que não vê que o novo sempre vem… Hoje eu sei que quem me deu a idéia de uma nova consciência e juventude, tá em casa, guardado por Deus, contando vil metal… Minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo, tudo, tudo o que fizemos, nós ainda somos os mesmos e vivemos, ainda somos os mesmos e vivemos, ainda somos os mesmos e vivemos como os nossos pais…” (Elis Regina – Como nossos pais – Comp.: Belchior)

Finalizando a semana em homenagem a Elis Regina, socializo com vocês um documentário feito pela TV Cultura, chamado Mosaicos, com a história de Elis. Espero que gostem.

“Mantenha-se calmo (a) e sereno (a) em qualquer circunstância. Quando qualquer aborrecimento o atingir, como primeiro remédio procure conter seu corpo físico: não fique passeando de um lado para outro, torcendo as mãos esmurrando a mesa. Não! Sente-se e esforce-se por ficar imóvel alguns minutos. Verá como conseguirá grande parte de sua serenidade… Mantenha-se calmo, o mais possível, e o problema se resolverá por si.” (Minutos de Sabedoria Pg. 213)

Boa Tarde pessoal,

Parabenizo a todos os farmacêuticos (as) pela passagem do seu dia. Sucesso sempre!

Parabéns aos cariocas, por mais um ano da Cidade Maravilhosa. O Rio de Janeiro é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Situa-se na porção leste da região Sudeste, tendo como limites os estados de Minas Gerais (norte e noroeste), Espírito Santo (nordeste) e São Paulo (sudoeste), como também o Oceano Atlântico (leste e sul).

Ocupa uma área de 43 696,054 km², sendo pouco maior que a Dinamarca. Sua capital é a cidade homônima. Os naturais do estado do Rio de Janeiro são chamados de fluminenses (do latim flumen, literalmente “rio”). Carioca é o gentílico da cidade do Rio de Janeiro.

Segundo dados do Censo 2010 o Rio de Janeiro é o terceiro estado mais populoso do Brasil com 15.180.636 habitantes. Os municípios mais populosos são: Rio de Janeiro, São Gonçalo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Belford Roxo, Niterói, São João de Meriti, Campos dos Goytacazes, Petrópolis, Volta Redonda, Magé, Itaboraí, Macaé, Mesquita, Cabo Frio, Nova Friburgo, Barra Mansa e Angra dos Reis.

à época do estabelecimento do sistema de Capitanias Hereditárias na colónia do Brasil, o território do atual estado do Rio de Janeiro encontrava-se compreendido em trechos da Capitania de São Tomé e da São Vicente.

Não tendo sido colonizado pelos portugueses, em virtude da hostilidade dos indígenas estabelecidos neste litoral, entre 1555 e 1567, a baía de Guanabara foi ocupada por um grupo de colonos franceses, sob o comando de Nicolas Durand de Villegagnon, que aqui pretendiam instalar uma colônia de povoamento, a chamada “França Antártica”.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Rio_de_Janeiro

A Igreja Católica comemora hoje o dia em homenagem a São Sebastião.

São Sebastião (França, 256 d.C. – 286 d.C.) originário de Narbonne e cidadão de Milão, foi um mártir e santo cristão, morto durante a perseguição levada a cabo pelo imperador romano Diocleciano. O seu nome deriva do grego sebastós, que significa divino, venerável (que seguia a beatitude da cidade suprema e da glória altíssima).

http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Sebasti%C3%A3o

Oração a São Sebastião

Glorioso mártir São Sebastião,
soldado de Cristo
e exemplo de cristão,
hoje vimos pedir
a vossa intercessão
junto ao trono do Senhor Jesus,
nosso Salvador,
por Quem destes a vida.
Vós que vivestes a fé
e perseverastes até o fim,
pedi a Jesus por nós
para que sejamos
testemunhas do amor de Deus.
Vós que esperastes com firmeza
nas palavras de Jesus,
pedi-Lhe por nós,
para que aumente
a nossa esperança na ressurreição.
Vós que vivestes a caridade
para com os irmãos,
pedi a Jesus para que aumente
o nosso amor para com todos.
Enfim, glorioso mártir São Sebastião,
protegei-nos contra a peste,
a fome e a guerra;
defendei as nossas plantações
e os nossos rebanhos,
que são dons de Deus para o nosso bem
e para o bem de todos.
E defendei-nos do pecado,
que é o maior
de todos os males.
Assim seja.

Não deixem de conferir, no meu diário de notícias, as principais manchetes no link abaixo:

http://paper.li/a_vinagre/1326026431

Para os que pretendem fazer concursos públicos, recomendo a leitura do depoimento de Jairo Fernandes, em meu blog.

https://oipa2.wordpress.com/2012/01/11/depoimento-forum-concurseiros-relato-de-um-concurseiro-vitorioso-por-jairo-fernandes/

Recomendo a leitura do texto Olhos magros: uma nova tendência – Por Maria Stella de Azevedo Santos (Mãe Stella de Oxossi), que reproduzo em meu blog.

https://oipa2.wordpress.com/2012/01/19/olhos-magros-uma-nova-tendencia-por-maria-stella-de-azevedo-santos-mae-stella-de-oxossi/

Os parabéns aos aniversariantes de hoje: associação bola murcha, Cida Diogo, Ricardo Hage, Sebastiana Rosália, Sebastião Crispim e Sirlene Lisboa. Paz, Saúde e muitas felicidades a todos (as).

Em 20 de Janeiro de 1567 Tropas de Mem de Sá e Estácio de Sá atacam e vencem os tamoios e franceses que Villegaignon deixara no Rio de Janeiro.

Em 20 de Janeiro de 1855 A força aérea japonesa recebeu 59 aviões dos EUA. Foi o primeiro após o acordo de defesa mútua entre Tóquio e Washington.

Em 20 de Janeiro de 1946 o general Charles de Gaulle, chefe e fundador da França Livre, apresenta-se uniformizado diante dos ministros de seu gabinete e anuncia abruptamente sua demissão da presidência do governo provisório.

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/19292/hoje+na+historia+1946+-+general+charles+de+gaulle+fundador+da+franca+livre+pede+demissao.shtml

Em 20 de Janeiro de 1951 URSS acusa Reino Unido e França de violação de tratado de amizade feitos durante a segunda guerra mundial.

Em 20 de Janeiro de 1952 Tropas britânicas ocupam grande parte da cidade egípcia de Ismailia, na zona do canal de Suez.

Em 20 de Janeiro de 1953 Dwight David Eisenhower toma posse como presidente dos EUA.

Em 20 de Janeiro de 1955 É decretado estado de sítio em todo o território guatemalteco após um fracassado levante contra o governo.

Em 20 de Janeiro de 1957 Wladyslaw Gomulka vence eleições na Polônia.

Em 20 de Janeiro de 1958 O primeiro reator nuclear da América Latina entra em operação em Buenos Aires.

Em 20 de Janeiro de 1958 URSS aceita repatriar 21 cientistas alemães que foram forçados a trabalhar na União Soviética após a 2ª Guerra Mundial.

Em 20 de Janeiro de 1961 John Fitzgerald Kennedy toma posse como presidente dos EUA.

Em 20 de Janeiro de 1962 O líder separatista da província de Oriente, Antoine Gizenga, é levado pela ONU para Leopoldville

Em 20 de Janeiro de 1962 Um caça búlgaro, transportando equipamento fotográfico, cai no sul da Itália.

Em 20 de Janeiro de 1964 A Comunidade Britânica de Nações informou que dominou uma revolta das tropas africanas em Dar-es-Salaam, Tanganica.

Em 20 de Janeiro de 1965 O Rio de Janeiro comemora o quadricentésimo aniversário de sua fundação.

Em 20 de Janeiro de 1977 O presidente Ernesto Geisel inaugura o aeroporto internacional do Rio de Janeiro.

Vejam a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”, que alcança a marca das 22 mil visitas, fato que me deixa extremamente feliz. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique. Obrigado a cada um (a) de vocês por esta caminhada feliz!

https://oipa2.wordpress.com/2012/01/20/trabalhando-com-poesia-412/

Abraços nos amigos, beijos nos filhos e nas amigas, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma Sexta feira abençoada por Deus, repleta da energia positiva que circunda o universo a nossa volta e que o Alá de Oxalá nos conceda muita paz e harmonia sempre.

Um bom fim de semana e até segunda,

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=1139376304
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

Não Sei Quantas Almas Tenho (Fernando Pessoa)
Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem acabei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não atem calma.
Quem vê é só o que vê,
Quem sente não é quem é,
Atento ao que sou e vejo,
Torno-me eles e não eu.
Cada meu sonho ou desejo
É do que nasce e não meu.
Sou minha própria paisagem;
Assisto à minha passagem,
Diverso, móbil e só,
Não sei sentir-me onde estou.
Por isso, alheio, vou lendo
Como páginas, meu ser.
O que sogue não prevendo,
O que passou a esquecer.
Noto à margem do que li
O que julguei que senti.
Releio e digo: “Fui eu?”
Deus sabe, porque o escreveu.

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s