João Oliveira é aclamado pré-candidato do PT em Lauro de Freitas. Vice sairá dos partidos da base

Em ritmo de aclamação, o Partido dos Trabalhadores em Lauro de Freitas homologou neste domingo a pré-candidatura do vice-prefeito João Oliveira à sucessão municipal. Para a animada militância petista que lotou o auditório da Casa do Trabalhador, no Centro de Lauro de Freitas, Moema destacou as qualidades do vice: lealdade, honestidade e compromisso com o projeto. “João é morador de Itinga há 40 anos, conhece o município de ponta a ponta e vai contar com o meu apoio, de Dilma e de Wagner. Vai ser um prefeito melhor do que eu”.

Para Moema, o apoio das instâncias federal e estadual estava expresso nas presenças de autoridades como o ministro do Desenvolvimento Agrário Afonso Florence, do senador Walter Pinheiro, dos deputados federais Luiz Alberto, Nelson Pelegrino e Jonas Paulo, do estadual Bira Coroa, e do ouvidor do Estado Jones Carvalho, entre outros. Moema enfatizou também o apoio dos 20 partidos da base e disse que o vice-prefeito sairá desse leque de partidos.

Num discurso emocionado, João Oliveira reafirmou o compromisso com o PT e com o projeto comandado por Moema em dois mandatos e que elevaram o município a patamar de referência em políticas públicas de inclusão nas áreas sociais, de saúde, educação e segurança. “Vou superar a sua gestão, Moema, porque você plantou uma base sólida. As condições estão postas para que isso aconteça. Eleito, não tenho dúvida, posso fazer melhor também porque você estará, certamente, sendo representante de Lauro de Freitas onde você estiver”.

O ministro Afonso Florence citou o exemplo do governo federal em que a presidenta Dilma superou não apenas Lula, mas todos os demais presidentes na aprovação popular no primeiro ano de governo. “Aqui, como lá, o desafio é consolidar políticas que estão dando certo. Escolher o sucessor de Moema é uma grande responsabilidade e nos colocamos, como dirigente partidário, à disposição nessa tarefa de suceder um governo com tanta aceitação popular”.

Compondo a mesa ao lado de Pelegrino e Ademar Delgado, pré-candidato do partido em Camaçari, o presidente do PT Jonas Paulo destacou o desafio de fazer a “linha vermelha” com a eleição do PT nas três cidades – Lauro de Freitas, Salvador e Camaçari. “Os olhos da Bahia estão voltados para Lauro de Freitas neste momento, pela importância da decisão que estamos tomando aqui agora”.

Depois de traçar um panorama das cidades baianas onde o PT amplia espaço, Jonas reafirmou a confiança na vitória do partido. “João, você vai sair com o metrô de Lauro de Freitas e entregar a Pelegrino em Salvador”. O pré-candidato do PT na capital aproveitou a “deixa” e propôs atuação conjunta com a adoção de políticas metropolitanas, principalmente nas áreas de educação, saúde e segurança pública. “Muitos dos nossos problemas só poderão ser resolvidos pensando a região como metrópole”.

Representantes dos partidos da base presentes ao ato também reafirmaram apoio ao projeto, assumindo o compromisso de ir à luta para a eleição de João Oliveira.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e política e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s