Trabalhando com Poesia

“… Quero um pedaço do seu coração, vou me render à paixão, mas sei que posso sofrer… Cansei de tanta aventura, quero você, me encanta sua ternura, quero você, não posso viver sozinho, sem rumo, em desalinho, seu perfume foi feito pra me enfeitiçar… Sou capaz de qualquer loucura, pra te beijar, venço minhas amarguras, pra te beijar, viajo na sua candura, pureza, amor, beleza pura, no seu cais eu quero me ancorar… Estava perdido num mar, à deriva, você me encontrou, sou marujo, não vou marear, nem sofrer um naufrágio no amor, várias estrelas a me guiar, eu navegava em qualquer direção, você veio pra me iluminar, te entreguei o meu coração… Estava perdido num mar, à deriva, você me encontrou, sou marujo, não vou marear, nem sofrer um naufrágio no amor, várias estrelas a me guiar, eu navegava em qualquer direção, você veio pra me iluminar, te entreguei o meu coração… Quero um pedaço do seu coração… Quero um pedaço do seu coração, vou me render à paixão, mas sei que posso sofrer… Cansei de tanta aventura, quero você, me encanta sua ternura, quero você, não posso viver sozinho, sem rumo, em desalinho, seu perfume foi feito pra me enfeitiçar… Sou capaz de qualquer loucura, pra te beijar, venço minhas amarguras, pra te beijar, viajo na sua candura, pureza, amor, beleza pura, no seu cais eu quero me ancorar… Estava perdido num mar, à deriva, você me encontrou, sou marujo, não vou marear, nem sofrer um naufrágio no amor, várias estrelas a me guiar, eu navegava em qualquer direção, você veio pra me iluminar, te entreguei o meu coração… Estava perdido num mar, à deriva, você me encontrou, sou marujo, não vou marear, nem sofrer um naufrágio no amor, várias estrelas a me guiar, eu navegava em qualquer direção, você veio pra me iluminar, te entreguei o meu coração… Quero um pedaço do seu coração…” (Dudu Nobre – Estava Perdido no mar – Comp.: Dudu Nobre)

“… Pega firme no pandeiro, o samba vai te pegar, tem cavaco e violão, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar, vem repique vem tantã, o samba vai te pegar, firma na palma da mão, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar… Sou mais difícil o samba levanta poeira no chão, meu samba é quente envolvente toca o seu coração, num samba eu mostro a realidade e canto a nossa verdade, sem alarde doa à quem doer… esconde as magoas das águas passadas desilusão, me contagia ver a alegria do meu povão, se a discussão é se pode ou não pode, eu sei que a melhor resposta, é sambar até o amanhecer… …Pega firme no pandeiro, o samba vai te pegar, tem cavaco e violão, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar, vem repique vem tantã, o samba vai te pegar, firma na palma da mão, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar… Sou mais difícil o samba levanta poeira no chão, meu samba é quente envolvente toca o seu coração, num samba eu mostro a realidade e canto a nossa verdade, sem alarde doa à quem doer… esconde as magoas das águas passadas desilusão, me contagia ver a alegria do meu povão, se a discussão é se pode ou não pode, eu sei que a melhor resposta, é sambar até o amanhecer… Pega firme no pandeiro, o samba vai te pegar, tem cavaco e violão, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar, vem repique vem tantã, o samba vai te pegar, firma na palma da mão, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar… , o samba vai te pegar, tem cavaco e violão, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar, vem repique vem tantã, o samba vai te pegar, firma na palma da mão, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar, meu samba vai te pegar, o samba vai te pegar… ” (Dudu Nobre – O samba vai te pegar – Comp.: Dudu Nobre)

“… Quem é ela? Quem é ela, que vai todo dia na capela, fazer oração, acender vela? dizem que ela zela por mim, me contaram que a menina moça é donzela, mas quando ela está na janela, sempre joga beijos pra mim… Quem é ela? Quem é ela, que vai todo dia na capela, fazer oração, acender vela? dizem que ela zela por mim, me contaram que a menina moça é donzela, mas quando ela está na janela, sempre joga beijos pra mim… Me contaram que ela tem por mim um chamego, em todo lugar onde eu chego, depois ela chega também e me olha, com jeito de quem quer carinho, eu fico pensando sozinho, será que ela quer ser meu bem?… Se eu vou na Mangueira ela vai, se eu vou na Portela ela está, ela vai no Cacique de Ramos, ela vai no Estácio de Sá, ela vai no pagode em Xerém, ela vai no pagode em Irajá… Se eu vou na Mangueira ela vai, se eu vou na Portela ela está, ela vai no Cacique de Ramos, ela vai no Estácio de Sá, ela vai no pagode em Xerém, ela vai no pagode em Irajá… Qualquer dia eu me invoco e tomo coragem e rezo em frente a imagem, do bom Jesus de Nazaré, meu Senhor, por favor vem ouvir minha prece, pois só tem a paz quem merece e só tem amor quem tem fé… Me contaram que ela tem por mim um chamego, em todo lugar onde eu chego, depois ela chega também e me olha, com jeito de quem quer carinho, eu fico pensando sozinho, será que ela quer ser meu bem?… Se eu vou na Mangueira ela vai, se eu vou na Portela ela está, ela vai no Cacique de Ramos, ela vai no Estácio de Sá, ela vai no pagode em Xerém, ela vai no pagode em Irajá… Se eu vou na Mangueira ela vai, se eu vou na Portela ela está, ela vai no Cacique de Ramos, ela vai no Estácio de Sá, ela vai no pagode em Xerém, ela vai no pagode em Irajá… Qualquer dia eu me invoco e tomo coragem e rezo em frente a imagem, do bom Jesus de Nazaré, meu Senhor, por favor vem ouvir minha prece, pois só tem a paz quem merece e só tem amor quem tem fé… Se eu vou na Mangueira ela vai, se eu vou na Portela ela está, ela vai no Cacique de Ramos, ela vai no Estácio de Sá, ela vai no pagode em Xerém, ela vai no pagode em Irajá… Se eu vou na Mangueira ela vai, se eu vou na Portela ela está, ela vai no Cacique de Ramos, ela vai no Estácio de Sá, ela vai no pagode em Xerém, ela vai no pagode em Irajá…” (Dudu Nobre & Roberta Sá – Quem é ela – Comp.: Dudu Nobre)

“Aproveite ao máximo os momentos de alegria, para agradecer tudo o que tem recebido da bondade divina. Seja grato ao Criador e Pai que lhe dá tantos ensejos de felicidade, e procure espalhar a maior alegria, o mais sadio otimismo com todos os que o cercam. A alegria é a saúde da alma, e o otimismo é a alegria de amanhã, bem aproveitada no dia de hoje. Espalhe alegria em torno de si.” (Minutos de Sabedoria Pg. 217)

Bom dia pessoal,

Estamos de volta depois de duas semanas sem a nossa mensagem diária, em razão da agenda de atividades estar meio corrida.

Carnaval chegando e, em homenagem ao meu bloco Alerta Geral, Dudu Nobre se faz presente no nosso prefácio Musical. Além dele, a poesia de Ricardo Reis, heterônimo de Fernando Pessoa. Espero que gostem.

A noite do domingo pegou os amantes da boa música com a morte de uma das divas da música americana contemporânea. Whitney Houston, que se notabilizou pelos prêmios e pela venda astronômica de discos nas últimas duas décadas foi encontrada morta. Aos 48 anos, Whitney convivia ultimamente com problemas relacionados à dependência química. As razões da sua morte ainda não foram revelados.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Whitney_Houston

Não deixem de conferir, no meu diário de notícias, as principais manchetes no link abaixo:

http://paper.li/a_vinagre/1326026431

Para os que pretendem fazer concursos públicos, recomendo a leitura do depoimento de Jairo Fernandes, em meu blog.

https://oipa2.wordpress.com/2012/01/11/depoimento-forum-concurseiros-relato-de-um-concurseiro-vitorioso-por-jairo-fernandes/

Recomendo a leitura do texto “Carnaval de Lauro de Freitas tem sua programação confirmada“:


https://oipa2.wordpress.com/2012/02/10/carnaval-de-lauro-de-freitas-tem-sua-programacao-confirmada/

Leia ainda Prefeitos e Prefeitas do PT divulgam “Carta de Brasília”


https://oipa2.wordpress.com/2012/02/10/prefeitos-do-pt-divulgam-carta-de-brasilia/

Os parabéns aos aniversariantes de hoje: Adriano Pereira, Andreia Puscino, Angela Santos, Jose Marcelino Marcelino, Luiz Francisco, Lulinha Andrade, Paulo Mota, Telma Assunção e Silvio Oliveira. Paz, Saúde e muitas felicidades a todos (as).

Em função da agenda de hoje fico devendo os fatos históricos do dia 14 de Fevereiro.

Vejam a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique. Obrigado a cada um (a) de vocês por esta caminhada feliz!

https://oipa2.wordpress.com/2012/02/14/trabalhando-com-poesia-417/

Abraços nos amigos, beijos nos filhos e nas amigas, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma Terça feira abençoada por Deus, repleta da energia positiva que circunda o universo a nossa volta e que o Alá de Oxalá nos conceda muita paz e harmonia sempre.

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=1139376304
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

Cada dia sem gozo não foi teu (Ricardo Reis)

Cada dia sem gozo não foi teu
Foi só durares nele. Quanto vivas
Sem que o gozes, não vives.

Não pesa que amas, bebas ou sorrias:
Basta o reflexo do sol ido na água
De um charco, se te é grato.

Feliz o a quem, por ter em coisas mínimas
Seu prazer posto, nenhum dia nega
A natural ventura!

Gozo Sonhado (Ricardo Reis)

Gozo sonhado é gozo, ainda que em sonho.
Nós o que nos supomos nos fazemos,
Se com atenta mente
Resistirmos em crê-lo.
Não, pois, meu modo de pensar nas coisas,
Nos seres e no fado me consumo.
Para mim crio tanto
Quanto para mim crio.
Fora de mim, alheio ao em que penso,
O Fado cumpre-se. Porém eu me cumpro
Segundo o âmbito breve
Do que de meu me é dado.

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s