Trabalhando com Poesia

“… Eu fui ao Gantois pagar promessa só, Levei de Orun maior um adê pra yêyê ô… Eu fui ao Gantois pagar promessa só, Levei de Orun maior um adê pra yêyê ô… Dona Elewa minha prece é verdadeira, desce, vem me abençoar!… Dona Elewa minha prece é verdadeira, desce, vem me abençoar!… Ó, meu deus! Como é lindo! O céu se abre, mãe Oxum vem surgindo!… Ó, meu deus! Como é lindo! O céu se abre, mãe Oxum vem surgindo!… Eu fui ao Gantois pagar promessa só, Levei de Orun maior um adê pra yêyê ô… Eu fui ao Gantois pagar promessa só, Levei de Orun maior um adê pra yêyê ô… Dona Elewa minha prece é verdadeira, desce, vem me abençoar!… Dona Elewa minha prece é verdadeira, desce, vem me abençoar!… Ó, meu deus! Como é lindo! O céu se abre, mãe Oxum vem surgindo!… Ó, meu deus! Como é lindo! O céu se abre, mãe Oxum vem surgindo!… Eu fui ao Gantois pagar promessa só, Levei de Orun maior um adê pra yêyê ô… Eu fui ao Gantois pagar promessa só, Levei de Orun maior um adê pra yêyê ô… Eu fui ao Gantois pagar promessa só, Levei de Orun maior um adê pra yêyê ô… Eu fui ao Gantois pagar promessa só, Levei de Orun maior um adê pra yêyê ô… Eu fui ao Gantois pagar promessa só, Levei de Orun maior um adê pra yêyê ô… Eu fui ao Gantois pagar promessa só, Levei de Orun maior um adê pra yêyê ô…” (Os Tincoãs – Promessas ao Gantois – Comp.: Os Tincoãs)

“… Yansã, mãe virgem, dos cabelos louros, ela desceu do céu num cordel de ouro… Yansã, mãe virgem, deusa que nos socorre, sentada na pedra, pra ver se o rio não corre… Chegou a seca no norte, o povo romeiro em prece pede cantando à deusa dos astros, que chuva lhes desse, à deusa dos astros, que chuva lhes desse… Yansã, mãe virgem, dos cabelos louros, ela desceu do céu num cordel de ouro… Yansã, mãe virgem, deusa que nos socorre, sentada na pedra, pra ver se o rio não corre… Chegou a seca no norte, o povo romeiro em prece pede cantando à deusa dos astros, que chuva lhes desse, à deusa dos astros, que chuva lhes desse… À deusa dos astros, que chuva lhes desse, à deusa dos astros, que chuva lhes desse… À deusa dos astros, que chuva lhes desse, à deusa dos astros, que chuva lhes desse…” (Os Tincoãs – Yansã, Mãe Virgem – Comp.: Os Tincoãs)

“…Nego quando cava, quando cansa, quando pula, quando tomba, quando grita, quando dança, quando briga, quando zomba, sente gana de chorar… Nego quando nasce, quando cresce, quando luta, quando corre, quando sobe, quando desce, quando “veve”, quando morre, nego pensa em parar… Nego, ponta-ponta em Umbanda, ginga tonto-tonta em Umbanda, nego ponta ô… Nega, nua nua em Umbanda, toma a bença nua em Umbanda, samba nua ô… Xangô meu céu escureceu, Exu me despachou, Calunga me prendeu, Xangô, Xangô, Xangô, meu rancho se acabou, meu reino o mar levou, meu bem morreu, morreu, morreu, morreu, Ohhhhhhhh… Nego, nego chora, nego samba na macumba do quilombo, do marafo, da muamba, dando bomba no ribamba, no urubamba do ganzá… Nego cai no congo, cai no congo do mironga, da mungamba, do urubango, decision, rala nego, rala tanga, chora a banda do conga… Nego ponta, ponta em Umbanda, ginga, tanto, tanto em Umbanda, nego conta ô… Se Xangô chegasse a Umbanda e Javi levasse a Umbanda, coisa boa ô…” (Os Tincoãs – Banzo – Comp.: Hekel Tavares e Murilo Araújo)

“… Ó, virgem mãe do rosário, Ó, virgem mãe da vitória, por ti clamei no santuário, do sonho num mundo de glória… Por ti clamei no santuário. do sonho num mundo de glória… Ó, virgem mãe do rosário, Ó, virgem mãe da vitória, por ti clamei no santuário, do sonho num mundo de glória… Por ti clamei no santuário. do sonho num mundo de glória… Linda visão ao dormir, foi que vi lindos anjos clarins a tocar, nesta visão o sofrimento não vi, doce ilusão, ao acordar eu ouvi os meus deuses a cantar, os deuses cantam lá, os deuses cantam lá… Ó, virgem mãe do rosário, Ó, virgem mãe da vitória, por ti clamei no santuário, do sonho num mundo de glória… Por ti clamei no santuário. do sonho num mundo de glória… Ó, virgem mãe do rosário, Ó, virgem mãe da vitória, por ti clamei no santuário, do sonho num mundo de glória… Por ti clamei no santuário. do sonho num mundo de glória… Linda visão ao dormir, foi que vi lindos anjos clarins a tocar, nesta visão o sofrimento não vi, doce ilusão, ao acordar eu ouvi os meus deuses a cantar, os deuses cantam lá, os deuses cantam lá…” (Os Tincoãs – Romaria – Comp.: Os Tincoãs)

“… Boiadeiro vai, já vai pra Luanda, Boiadeiro vai, já vai pra Luanda. adeus, Omolú, protetor de Umbanda, adeus, Omolú, protetor de Umbanda… Boiadeiro vai, já vai pra Luanda, boiadeiro vai, já vai pra Luanda, adeus, Omolú, protetor de Umbanda, adeus, Omolú, protetor de Umbanda… Adeus, meus irmãos de fé, adeus, gente amiga, cantei, dancei, comi e bebi, Saravá, chegou a hora da partida… Boiadeiro vai, já vai pra Luanda, Boiadeiro vai, já vai pra Luanda. adeus, Omolú, protetor de Umbanda, adeus, Omolú, protetor de Umbanda… Boiadeiro vai, já vai pra Luanda, boiadeiro vai, já vai pra Luanda, adeus, Omolú, protetor de Umbanda, adeus, Omolú, protetor de Umbanda… Adeus, meus irmãos, Irmãos de fé, adeus, gente amiga, cantei, dancei, comi e bebi, Saravá, chegou a hora da partida… Boiadeiro vai, já vai pra Luanda, Boiadeiro vai, já vai pra Luanda… Adeus, Omolú, protetor de Umbanda, adeus, Omolú, protetor de Umbanda… Adeus, Omolú, protetor de Umbanda, adeus, Omolú, protetor de Umbanda… Adeus, Omolú, protetor de Umbanda, adeus, Omolú, protetor de Umbanda…” (Os Tincoãs – Canto de boiadeiro – Comp.: Os Tincoãs)

“… Ouvi você me chamando aqui, eu vim de longe pra lhe obedecer, sou um caboclo que só visto pena, vim mostrar a força que tem a jurema… Meus camarada, meus camaradinho, se quer que eu dance toque um pouquinho! se quer que eu dance toque um pouquinho!… Eu estou aqui com toda minha gente, Saravá aos grandes! Saravá também aos pequenos! Agogô e run! run pirun é! Este é o som do candomblé! Agogô e run! run pirun é! Este é o som do candomblé!… Ouvi você me chamando aqui, eu vim de longe pra lhe obedecer, sou um caboclo que só visto pena, vim mostrar a força que tem a jurema… Meus camarada, meus camaradinho, se quer que eu dance toque um pouquinho! se quer que eu dance toque um pouquinho!… Eu estou aqui com toda minha gente, Saravá aos grandes! Saravá também aos pequenos!… Agogô e run! run pirun é! Este é o som do candomblé! Agogô e run! run pirun é! Este é o som do candomblé!… Agogô e run! run pirun é! Este é o som do candomblé! Agogô e run! run pirun é! Este é o som do candomblé!… Agogô e run! run pirun é! Este é o som do candomblé! Agogô e run! run pirun é! Este é o som do candomblé!… Agogô e run! run pirun é! Este é o som do candomblé! Agogô e run! run pirun é! Este é o som do candomblé!…” (Os Tincoãs – A força da Jurema – Comp.: Os Tincoãs)

“Se você não sabe perdoar sem esquecer, é sinal de que não compreendeu ainda a Verdade e o Caminho a seguir. Procure perdoar e esquecer as mágoas e ofensas, as intrigas e calúnias. Mantenha-se em tal atitude, que nenhuma calúnia o possa atingir. Perdoe e siga seu caminho. Quando o caluniador abrir os olhos, você estará tão distante dele, que não poderá mais ouvir sua voz cheia de veneno.” (Minutos de Sabedoria – Página 222)

Bom dia pessoal,

Mais um final de semana chegando e, com ele a expectativa constante por momentos de prazer e de tranquilidade junto aos nossos familiares e amigos. Desejo que o de vocês seja ótimo.

Parabéns pelo aniversário aos amigos Carla Carine, Deborah Dourado, Deco Original, Louriele Cunha, Lucinei Oliveira, André Cerqueira, Minha prima Priscila Nascimento, a companheira Renata Rossi, o companheiro Robson Mendes e a colega Rute Lobo. Parabéns. Paz, Saúde e muitas felicidades no ano que se inicia.

Ontem à noite, os 18 partidos que hoje compõem a nossa base tomaram importante decisão: somando-se aos 17 que já apoiavam a pré-candidatura do nosso Vice Prefeito João Oliveira, a Direção Municipal do PC do B apresentou formalmente a retirada da Candidatura do companheiro Chico Franco, Secretário de Trabalho, Esporte e Lazer, ao cargo de Prefeito e, apresentou o seu nome para compor a chapa majoritária como candidato a Vice-prefeito juntamente com João, que encabeçará a nossa chapa. Com as retiradas dos nomes do PSC (Jorge Bahiense), PSD (Mirela), PRB (Edilson), PSB (Carlucho) e PSDB (Vania), a proposta de chapa majoritária da nossa base de governo foi aprovada por consenso geral. A capacidade de articulação e negociação política da nossa prefeita e líder política Moema Gramacho, juntamente com a serenidade e traquejo político de João, além do desprendimento e compreensão política dos partidos da base, reconhecendo, cada um a sua importância para a manutenção do nosso projeto foram elementos fundamentais para chegarmos a esse momento. Parabéns aos partidos políticos da nossa base, parabéns prefeita, Sucesso na empreitada que se inicia de verdade, a partir de então aos nossos representantes João Oliveira e Chico Franco!

Os devotos de “Padim Ciço”, como ficou conhecido Cícero Romão Batista comemoram amanhã 168 anos de seu nascimento.

http://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%ADcero_Rom%C3%A3o_Batista

Em 23 de Março de 1869 Caxias é feito duque, o último do império

Em 23 de Março de 1919 Benito Mussolini funda o Partido Fascista

Em 23 de Março de 1955 Morre Artur Bernardes. Presidente do Brasil de 1922 a 1926.

Em 23 de Março de 1961 Kennedy adverte à URSS que os EUA não admitirão perder o Laos para forças pró-comunistas.

Em 23 de Março de 1967 EUA e URSS discutem corrida armamentista.

Em 23 de Março de 1970 África do Sul é expulsa da Copa Davis por sua política de Apartheid

http://www.jblog.com.br/hojenahistoria.php?itemid=26263

Em 23 de Março de 1972 O presidente Médici institui um programa especial para expansão dos sistemas ferroviário e portuário.

Em 23 de Março de 1979 Assassinos de Orlando Letelier são condenados a prisão perpétua

Em 23 de Março de 1979 Desemprego e demissões na indústria metalúrgica causa distúrbios em Paris.

Em 23 de Março de 1981 Aumentam as reservas brasileiras de petróleo, graças às novas descobertas na bacia de Campos RJ, no litoral nordestino e na bacia terrestre do Espírito Santo.

Em 23 de Março de 1983 Presidente da Guatemala, Efraín Ríos Montt, suspende estado de sítio por ele imposto em julho de 1982.

Em 23 de Março de 1984 Augusto Pinochet decreta estado de emergência em todo o Chile depois que atentados destruíram duas torres de alta tensão.

Em 23 de Março de 1986 Piquet vence e Senna é vice no GP do Brasil

http://www.jblog.com.br/hojenahistoria.php?itemid=20155

Em 23 de Março de 1989 Cientistas convocam a imprensa para anunciar que conseguiram produzir calor a partir do que parecia ser um processo de fusão nuclear a temperatura ambiente

Em 23 de Março de 1993 O candidato presidencial mexicano, líder nas pesquisas, luis Donaldo Colosio, é assassinado

Em 23 de Março de 1994 Morre em atentado Luis Donaldo Colosio, candidato à presidência do México pelo PRI.

Em 23 de Março de 1998 Hoje na História: 1998 – Filme Titanic, de James Cameron, ganha 11 Oscares

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/10656/hoje+na+historia+1998++filme+titanic+de+james+cameron+ganha+11+oscares.shtml

Em 23 de Março de 1998 O presidente da Rússia, Boris Yeltsin, demite de uma só vez todo o governo, liderado pelo primeiro-ministro Victor Tchernomirdin.

Em 23 de Março de 1999 O vice-presidente do Paraguai, Luis María Argaña, é assassinado a tiros em Assunção.

Em 23 de Março de 2000 Cientistas desvendam genoma da Drosophila melanogaster, a mosca-do-vinagre.

Em 23 de Março de 2001 Depois de receber três disparos da nave Progress e explodir, a estação espacial russa Mir cai no oceano Pacífico.

Em 23 de Março de 2002 Justiça inglesa autoriza eutanásia a uma paralítica em pleno gozo de suas faculdades mentais.

Em 23 de Março de 2003 Iraque exibe prisioneiros americanos.

Outros Fatos históricos relacionados ao 23 de março

1324 – Papa João XXII excomunga o imperador alemão Louis IV.

1568 – Tratado de paz coloca fim à segunda guerra religiosa na França.

1801 – O czar russo Paul I é assassinado por aristocratas e sucedido por Alexander I.

1933 – O parlamento alemão concede plenos poderes ao governo de Hitler.

1942 – EUA começam a deslocar japoneses e seus descendentes para centros de detenção por causa da II Guerra Mundial.

1956 – O Paquistão se proclama República Islâmica.

1972 – Garrincha faz seu último gol como profissional.

1983 – Dr. Barney Clark morre após viver 112 dias com um coração artificial permanente.

1996 – Lee Teng-hui é eleito presidente de Taiwan, nas primeiras eleições presidenciais diretas da ilha.

2000 – O escritor Carlos Heitor Cony é eleito para a Academia Brasileira de Letras.

2003 – A soldado americana Jessica Lynch é ferida e capturada no Iraque.

Nasceram em 23 de Março

» Cícero Romão Batista (1844-1934), religioso brasileiro

» Akira Kurosawa (1910-1998), cineasta japonês

» Sérgio Cardoso (1925-), ator brasileiro

» Moacir Scliar (1937-), escritor brasileiro

» Robert Gallo (1937-), médico americano descobridor do vírus da aids

Faleceram em 23 de Março

809 – Harum Al Rashid, califa de Bagdá

1955 – Artur da Silva Bernardes, presidente brasileiro (1922-1926)

1994 – Giulietta Masina, atriz italiana e mulher de Federico Fellini)

2001 – David Fraser McTaggart, canadense que fundou do grupo Greenpeace

Vejam a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique. Obrigado a cada um (a) de vocês por esta caminhada feliz!

https://oipa2.wordpress.com/2012/03/23/trabalhando-com-poesia-422/

Abraços nos amigos, beijos nos filhos e nas amigas, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma Sexta feira abençoada por Deus, repleta da energia positiva que circunda o universo a nossa volta e que o Alá de Oxalá nos traga muita paz e harmonia sempre.

Um ótimo Final de Semana a vocês e, até segunda feira!

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=1139376304
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

A Lagartixa – Álvares de Azevedo

A lagartixa ao sol ardente vive,
E fazendo verão o corpo espicha:
O clarão dos teus olhos me dá vida,
Tu és o sol e eu sol a lagartixa.
Amo-te como o vinho e como o sono,
Tu és meu copo e amoroso leito…
Mas teu néctar de amor jamais se esgota,
Travesseiro não há como teu peito.
Posso agora viver: para coroas
Não preciso no prado colher flores;
Engrinaldo melhor a minha fronte
Nas rosas mais gentis de teus amores.
Vale todo um harém a minha bela,
Em fazer-me ditoso ela capricha;
Vivo ao sol de seus olhos namorados,
Como ao sol de verão a lagartixa.

Lembrança de Morrer – Álvares de Azevedo

Quando em meu peito rebentar-se a fibra,
Que o espírito enlaça à dor vivente,
Não derramem por mim nenhuma lágrima
Em pálpebra demente.

E nem desfolhem na matéria impura
A flor do vale que adormece ao vento:
Não quero que uma nota de alegria
Se cale por meu triste passamento.

Eu deixo a vida como deixa o tédio
Do deserto, o poento caminheiro,
– Como as horas de um longo pesadelo
Que se desfaz ao dobre de um sineiro;

Como o desterro de minh’alma errante,
Onde fogo insensato a consumia:
Só levo uma saudade – é desses tempos
Que amorosa ilusão embelecia.

Só levo uma saudade – é dessas sombras
Que eu sentia velar nas noites minhas…
De ti, ó minha mãe, pobre coitada,
Que por minha tristeza te definhas!

De meu pai… de meus únicos amigos,
Pouco – bem poucos – e que não zombavam
Quando, em noites de febre endoudecido,
Minhas pálidas crenças duvidavam.

Se uma lágrima as pálpebras me inunda,
Se um suspiro nos seios treme ainda,
É pela virgem que sonhei… que nunca
Aos lábios me encostou a face linda!

Só tu à mocidade sonhadora
Do pálido poeta deste flores…
Se viveu, foi por ti! e de esperança
De na vida gozar de teus amores.

Beijarei a verdade santa e nua,
Verei cristalizar-se o sonho amigo…
Ó minha virgem dos errantes sonhos,
Filha do céu, eu vou amar contigo!

Descansem o meu leito solitário
Na floresta dos homens esquecida,
À sombra de uma cruz, e escrevam nela:
Foi poeta – sonhou – e amou na vida.

Sombras do vale, noites da montanha
Que minha alma cantou e amava tanto,
Protegei o meu corpo abandonado,
E no silêncio derramai-lhe canto!

Mas quando preludia ave d’aurora
E quando à meia-noite o céu repousa,
Arvoredos do bosque, abri os ramos…
Deixai a lua pratear-me a lousa!

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s