Trabalhando com Poesia

“…Se meus joelhos não doessem mais, diante de um bom motivo que me traga fé, que me traga fé… Se por alguns segundos eu observar e só observar, a isca e o anzol, a isca e o anzol, a isca e o anzol, a isca e o anzol… Ainda assim, estarei pronto pra comemorar, se eu me tornar, menos faminto e curioso, curioso… O mar escuro trará o medo, lado a lado com os corais mais coloridos… Valeu a pena Êh! Êh! valeu a pena Êh! Êh! sou pescador de ilusões, sou pescador de ilusões. Valeu a pena Êh! Êh! valeu a pena Êh! Êh! sou pescador de ilusões, sou pescador de ilusões… Se eu ousar catar na superfície, de qualquer manhã, as palavras de um livro, sm final! sem final! sem final! sem final! Final…Valeu a pena Êh! Êh! valeu a pena Êh! Êh! sou pescador de ilusões, sou pescador de ilusões. Valeu a pena Êh! Êh! valeu a pena Êh! Êh! sou pescador de ilusões, sou pescador de ilusões… Se eu ousar catar na superfície, de qualquer manhã, as palavras de um livro, sm final! sem final! sem final! sem final! Final…Valeu a pena Êh! Êh! valeu a pena Êh! Êh! sou pescador de ilusões, sou pescador de ilusões. Valeu a pena Êh! Êh! valeu a pena Êh! Êh! sou pescador de ilusões, sou pescador de ilusões… Valeu a pena, valeu a pena, sou pescador de ilusões, valeu a pena, valeu a pena, sou pescador de ilusões, sou pescador de ilusões. Valeu a pena!…” (O Rappa – Pescador De Ilusões – Comp.: O Rappa)

“… Aiôa ê ê, Aiôa é! Aiôa ê ê, Aiôa é! Aiôa ê ê, Aiôa ôa! Aiôa ê ê, Aiôa é!… Brindo a casa, brindo a vida, meus amores, minha família… Brindo a casa, brindo a vida, meus amores, minha família… Atirei-me ao mar, mar de gente, onde eu mergulho sem receio, mar de gente onde eu me sinto por inteiro… Eu acordo com uma ressaca guerra, explode na cabeça e eu me rendo a um milagroso dia… Essa é a luz que eu preciso, luz que ilumina, cria e nos dá juízo… Êh! Êh! Êh! Êh!… Essa é a luz que eu preciso, luz que ilumina, cria e nos dá juízo, luz que ilumina, cria e nos dá juízo… Voltar com a maré, sem se distrair, tristeza e pesar, sem se entregar, mal, mal vai passar, mal vou me abalar, mal, mal vai passar, mal vou me abalar… Esperando verdades de criança, um momento bom como… Voltar com a maré, sem se distrair, navegar é preciso, se não a rotina te cansa… Tristeza e pesar, sem se entregar… Aiôa ê ê, Aiôa é! Aiôa ê ê, Aiôa é! Aiôa ê ê, Aiôa é! Aiôa ê ê, Aiôa é!… Interesses na Babilônia, viram nevoeiro, poços em chamas, tiram proveito, passa, passa, passa, passa, passa passageiro… A arte ainda se mostra primeiro… Uma onda segue a outra, assim o mar olha pro mundo, assim o mar olha pro mundo, eh!… Brindo a casa, brindo a vida, meus amores, minha família… Brindo a casa, brindo a vida, meus amores, minha família… Atirei-me ao mar, mar de gente, onde eu mergulho sem receio, mar de gente onde eu me sinto por inteiro… Eu acordo com uma ressaca guerra, explode na cabeça e eu me rendo a um milagroso dia… Essa é a luz que eu preciso, luz que ilumina, cria e nos dá juízo… Êh! Êh! Êh! Êh!… Essa é a luz que eu preciso, luz que ilumina, cria e nos dá juízo, luz que ilumina, cria e nos dá juízo… Voltar com a maré, sem se distrair, tristeza e pesar, sem se entregar, mal, mal vai passar, mal vou me abalar, mal, mal vai passar, mal vou me abalar… Esperando verdades de criança, um momento bom como… Voltar com a maré, sem se distrair, navegar é preciso, se não a rotina te cansa… Tristeza e pesar, sem se entregar… Aiôa ê ê, Aiôa é! Aiôa ê ê, Aiôa é! Aiôa ê ê, Aiôa é! Aiôa ê ê, Aiôa é!… ” (o Rappa – Mar de gente – Comp.: O Rappa)

“… Uauau! Uauauauau! Uauau! Uauauauau!… Sim, eu estou tão cansado, mas não pra dizer, que eu não acredito mais em você… Com minhas calças vermelhas, meu casaco de general, cheio de anéis… Eu vou descendo por todas as ruas e, vou tomar aquele velho navio e, vou tomar aquele velho navio, aquele velho navio… Eu não preciso de muito dinheiro, graças a Deus! E não me importa! e não me importa não… A Minha Honey Baby!, Baby! Baby! Honey Baby… Oh! Minha Honey Baby! Baby! Baby! Honey Baby… Sim, eu estou tão cansado, mas não pra dizer, que eu estou indo embora… Talvez eu volte, um dia eu volto, quem sabe? Mas eu preciso, eu preciso esquecê-la… A minha grande, a minha pequena, a minha imensa obsessão, a minha grande obsessão… A Minha Honey Baby!, Baby! Baby! Honey Baby… Oh! Minha Honey Baby! Baby! Baby! Honey Baby… Uauau! Uauauauau! Uauau! Uauauauau!… Uauau! Uauauauau! Uauau! Uauauauau!… Sim, eu estou tão cansado, mas não pra dizer, que eu não acredito mais em você… Com minhas calças vermelhas, meu casaco de general, cheio de anéis… Eu vou descendo por todas as ruas e, vou tomar aquele velho navio e, vou tomar aquele velho navio, aquele velho navio… Eu não preciso de muito dinheiro, graças a Deus! E não me importa! e não me importa não… A Minha Honey Baby!, Baby! Baby! Honey Baby… Oh! Minha Honey Baby! Baby! Baby! Honey Baby… Uauau! Uauauauau! Uauau! Uauauauau!… Uauau! Uauauauau! Uauau! Uauauauau!… Uauau! Uauauauau! Uauau! Uauauauau!…” (O Rappa – Vapor Barato – Comp.: Jards Macalé / Waly Salomão)

“… Moço, peço licença, eu sou novo aqui, não tenho trabalho, nem passe, eu sou novo aqui, não tenho trabalho, nem classe, eu sou novo aqui, sou novo aqui, sou novo aqui… Eu tenho fé, que um dia vai ouvir falar de um cara que era só um Zé, não é noticiário de jornal, não é! Não é noticiário de jornal, não é!… Sou quase um cara, não tenho cor, nem padrinho, nasci no mundo, sou sozinho, não tenho pressa, não tenho plano, não tenho dono… Tentei ser crente, mas, meu cristo é diferente!… A sombra dele é sem cruz, dele é sem cruz, no meio daquela luz, daquela luz… Moço, peço licença, eu sou novo aqui, não tenho trabalho, nem passe, eu sou novo aqui, não tenho trabalho, nem classe, eu sou novo aqui, sou novo aqui, sou novo aqui… Eu tenho fé, que um dia vai ouvir falar de um cara que era só um Zé, não é noticiário de jornal, não é! Não é noticiário de jornal, não é!… Sou quase um cara, não tenho cor, nem padrinho, nasci no mundo, sou sozinho, não tenho pressa, não tenho plano, não tenho dono… Tentei ser crente, mas, meu cristo é diferente!… A sombra dele é sem cruz, dele é sem cruz, no meio daquela luz, daquela luz… E eu voltei pro mundo aqui embaixo, minha vida corre plana, comecei errado, mas hoje eu tô ciente… Tô tentando, se possível, zerar do começo e repetir o play… Não me escoro em outro e nem cachaça, o que fiz tinha muita procedência, eu me seguro em minha palavra, em minha mão, em minha lavra… Sou quase um cara, não tenho cor, nem padrinho, nasci no mundo, sou sozinho, não tenho pressa, não tenho plano, não tenho dono… Tentei ser crente, mas, meu cristo é diferente!… A sombra dele é sem cruz, dele é sem cruz, no meio daquela luz, daquela luz…” (O Rappa – Meu mundo é o barro – Comp.: Lauro Farias, Marcelo Falcão, Marcos Lobato e Xandão)

“Seja sempre nobre em sua expressão de trabalho, se quiser atrair para si a nobreza dos companheiros de luta. Demonstre sempre, inicial mente, a sua própria nobreza, para que os outros se mirem no seu exemplo e o imitem. Seja bem educado, antes de exigir que os outros o sejam. A força do exemplo é a mais convincente e eficaz que existe no mundo. Vale mais um exemplo que milhares de palavras. Dê você, em primeiro lugar, o bom exemplo em sua conduta.” (Minutos de Sabedoria – Página 246)

Bom dia pessoal,

O final de semana se iniciou de forma trágica para nós aqui em Lauro de Freitas. O assassinato do comunicador, blogueiro e colaborador da nossa Administração, Fabiano Batista da Luz, na noite da última sexta feira deixou a todos não apenas abalados, mas, efetivamente tristes, em razão da forma violenta como ocorreu.

Desde o recebimento da notícia, me pergunto que tipo de sentimento povoa a alma de alguém que consegue a sangue frio ceifar a vida de um ser humano. Tinha pouco contato com Fabiano, a maior parte deles, fruto da sua busca incessante por informações, para alimentar o seu Blog. Há poucos dias me falava da felicidade de estar trabalhando na Prefeitura.

Além de lamentar a trágica perda de uma vida humana, desejar que as investigações levem o mais rápido possível à punição adequada do autor do crime, confortar a família. Meu abraço solidário a toda família de Fabiano, nas figuras de seus pais, da sua esposa e nossa colega de SEGOV, Manoela Rufino e de seus filhos Mayara Rosa, Maiane Rosa Santos Souza e Netinho. Muita força e luz nesse momento.

Entre os diversos depoimentos, referentes à morte de Fabiano Bluz, como era conhecido, replico o texto emocionante, escrito pelo também blogueiro e amigo pessoal de Fabiano, Ladislau Leal. Confiram:

“Fabiano Bluz, ADEUS, AMIGO ! – O meu amigo Fabiano Bluz. Sim, éramos amigos, parceiros, companheiros. Dividimos muitas alegrias e dificuldades juntos. Um cara bacana. Não, não porque morreu ! Fabiano era meu amigo e sempre que sabia de alguma coisita de nossas transações, às vezes, loucas, em busca do pão de cada dia logo lhe chamava a atenção e da mesma forma dele para mim. Não gosto da canalhice do choro pos-mortem, mas em vida negamos UM ALMOÇO no Moema Grill ao que estar ao nosso lado. Fabiano era meu amigo e estava me dando maior força nesta pré – campanha.

Fabiano Bluz amava sua companheira de uma forma enlouquecedora. E amava sua filhas e seu filhinho com a mesma intensidade e assim amava seu pai, sua mãe, sua irmã. E lutava pelo pão, pelo lazer, por uma vida digna para sua família todos os dias , o tempo todo. Incompreendido por alguns amigos, mas estava na luta. Jornal, revista, site, blog, enfim fazia quase tudo na midia impressa e da net e fazia rádio e fazia de tudo um pouco. Fabiano gostava da comunicação. Chegou a fazer jornalismo, mas não concluiu para priorizar sua mulher. E a mulher graduou – se primeiro que ele. Pretendia voltar para Faculdade e terminar seu curso de jornalismo.

Agora estava um poço de felicidades, pois havia sido contratado pela PMLF e estava lotado no Cerimonial tendo como chefe, Émerson e até brincava com isto. Com a chefia do pré – candidato do PT e também blogueiro. Mas a vida é assim e Fabiano acreditava numa outra vida. Conversávamos também sobre a espiritualidade, o depois da morte, etc., Tinha Bluz uma profunda FÉ em Cristo. Chegou a estudar num seminário católico. Fabiano Bluz, meu amigo, se acreditamos em Deus, Cristo, é por que acreditamos em algo mais do que podemos ver, tocar. À luz a do mundo partistes de uma maneira trágica. No entanto somente Deus sabe de todas as coisas e era assim que você me dizia quando o tempo estava fechado para mim e eu lhe procurava para dividir as minhas angústias.

Meu amigo, Fabiano Bluz, estou triste, mas sou o mesmo que lhe abria o olho para as coisas e você fazia o mesmo comigo, que fizemos a campanha do Grandão juntos, e que dividíamos o REAL de quando em vez. O mesmo que um dia você pôs toda velocidade no seu automóvel para me levar ao hospital por conta do diabo da minha pressão e saímos sorrindo, pois era só maluquice minha.

Fomos amigos e somos eternos amigos. Estarei por aqui na luta para eternizar sua memória e para brigar por JUSTIÇA. A justiça dos homens por que a JUSTIÇA de Deus este pobre diabo terá mais dia menos dia. Adeus amigo, e aqui sozinho em frente a tela do computador, com os olhos lacrimejados e o coração partido me lembro de um último diálogo pelo celular contigo quando me dizia que tinha sonhado com a minha VITÓRIA em 07 de outubro. Tenha certeza que se isto acontecer a sala da comunicação do mandato de Ladislau Leal será nominada FABIANO BLUZ, mas enquanto isto seu nome estará marcado no coração e na alma de seus verdadeiros amigos.

Foi bom estar com você. Adeus, amigo!”

Abaixo reproduzo a entrevista feita por Fabiano coma nossa equipe de Defesa Civil, durante a emergência de 2010. Assim deixamos a nossa homenagem a uma pessoa irrequieta e que cotidianamente buscava a informação, para manter seus leitores bem informados.

Os parabéns de hoje para os (as) amigos (as) Adenise Nogueira, Kleber rosa, Marcus Senna, Antonio Geraldo Machado, Kildere Abreu, Regislene Lopes e Sergio ferreira. Paz, Saúde e muitas felicidades a todos (as), hoje e sempre.

Entrou em vigor desde o dia 16 de maio a Lei Federal que estabelece o livre acesso de qualquer cidadão às informações relacionadas às instituições públicas. No âmbito da Prefeitura de Lauro de Freitas, a Prefeita Moema Gramacho, através de 3 decretos, regulamentou a referida Lei, Instituiu e nomeou os membros de Grupo de Trabalho, visando dar tratamento à questão. Os citados decretos foram publicados no Diário Oficial de ontem. Confira:

http://ba.portaldatransparencia.com.br/prefeitura/laurodefreitas/doe/?pagina=abre_documentos&arquivo=_repositorio/_publicacoes/_documentos/230/337/_dop/C0E6C009-E25B-467F-9B00FD278BEAA80E18052012101554.pdf&mime_type=application/pdf

A UNEB disponibilizou na última terça feira (23), em seu site as notas referentes às provas objetivas, para cargos de Nivel Superior, do Concurso Público realizado pela Prefeitura de Lauro de Freitas.

Vale lembrar que pelo cronograma previsto no Edital do referido concurso, hoje deverá ser publicado a síntese da análise dos recursos interpostos, bem como o Edital de convocação para a apresentação dos títulos, que deve ocorrer entre os dias 30/05 e 01/06/2012.

Confira o Comunicado emitido pela Coordenação do Concurso:

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

COMUNICADO

POR DIFICULDADE TÉCNICA DO PROVEDOR QUE ATENDE A UNEB, A PUBLICAÇÃO DAS NOTAS OBJETIVAS REFERENTES AOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR, COM A CONSEQUENTE ABERTURA DE PRAZO RECURSAL DESSA FASE FOI REALIZADA HOJE (23/05/2012). SENDO ASSIM, O CANDIDATO DO CONCURSO PÚBLICO DO MUNICÍPIO DE LAURO DE FREITAS (BA), SOB A RESPONSABILIDADE DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), TERÁ ATÉ ATÉ O MEIO DIA DE 26/05/2012, PRAZO, A FIM DE IMPETRAR RECURSO DAS NOTAS DAS REFERIDAS PROVAS OBJETIVAS. FICAM INALTERADAS AS DEMAIS DATAS CONSTANTES DO EDITAL 001/2012.

CONFIRA TAMBÉM O EDITAL REFERENTE AOS EVENTUAIS RECURSOS QUANTO ÀS NOTAS ORA DIVULGADAS:

SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO

EDITAL DO CONCURSO Nº 001/2012

A Prefeita do Município de Lauro de Freitas, Estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais torna público alterações do Cronograma dos Cargos de Nível Superior, constante do Edital nº 001/2012, a saber:

Onde se lê: publicação dos resultados das notas das provas objetivas de Nível Superior 22/05/2012.

Leia-se: Publicação dos resultados das notas das provas objetivas de Nível Superior 23/05/2012.

Onde se lê: Abertura do prazo para interposição de recursos dos resultados das notas das provas objetivas de Nível Superior 22/05/2012.

Leia-se: Abertura do prazo para interposição de recursos dos resultados das notas das provas objetivas de Nível Superior 24/05/2012.

Onde se lê: Prazo para interposição de recursos dos resultados das notas das provas objetivas de Nível Superior 22 a 24/05/2012.

Leia-se: Prazo para interposição de recursos dos resultados das notas das provas objetivas de Nível Superior 24 a 26/05/2012, sendo que no dia 26/05/2012 até as 12horas.

Confira abaixo o resultado das Provas para cargos de Nivel Superior

Profissionais da Área de Educação

Profissionais da Área de Saúde

Outros Profissionais de Nível Superior

Confira ainda:

Edital da UNEB referente ao Concurso

Fonte: http://www.selecao.uneb.br/laurodefreitas/

A Secretaria de Saúde e a Exatus Consultoria divulgaram o resultado final com as notas e classificação da Seleção Pública, para Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate a Endemias.

Confira:

https://oipa2.wordpress.com/2012/05/23/selecao-publica-da-secretaria-de-saude-de-lauro-de-freitas-divulgadas-notas-e-classificacao/

Confira as notícias do dia de hoje no meu Diário de Notícias:

http://paper.li/a_vinagre/1326026431

Aniversariou ontem, 27 de maio, uma das mais badaladas artistas da música baiana de todos os tempos, a cantora e agora atriz, Ivete Sangalo. Aos 40 anos, com a carreira musical consolidada e vivenciando um sucesso constante desde a sua saída da Banda Eva e inicio da carreira solo, Ivete será uma das atrizes baianas na nova versão da novela “Gabriela Cravo e canela”, baseada na obra homônima do escritor Jorge Amado. Ivete viverá a personagem Maria Machadão e, pelos trailers já mostrados, deverá agradar em cheio a sua legião de fãs pelo Brasil. Parabéns Ivete. Que Deus siga te iluminando e dando paz, saúde e sucesso.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ivete_Sangalo

Hoje na História – 28 de Maio

Em 28 de Maio de 722 a.C. Iniciada a Batalha de Covadonga – A Batalha de Covadonga foi um combate bélico que teve como data o dia 27 de maio de 722 a.C., no contraforte dos Picos de Europa, concretamente em um lugar denominado Covadonga (situado hoje em dia no principado de Astúrias, Espanha), o qual originou a primeira derrota de tropas muçulmanas após sua invasão da península Ibérica no ano 711. Na verdade, o episódio deveu ser reduzido a um enfrentamento entre os habitantes da região cântabra, dirigidos pelo nobre visigodo Pelágio, e uma patrulha muçulmana, nas montanhas asturianas. Para os cronistas asturianos este feito armado representou o ponto de partida da Reconquista, isto é, da longa luta empreendida pelos cristãos para arrebatar dos muçulmanos o solar peninsular. A historiografia atual afirma que as pessoas do norte não brigaram em Covadonga em defesa da religião católica, e sim para manter sua independência.

Em 28 de Maio de 1537 Bula do papa Paulo III reconhece que os índios também têm alma

Em 28 de maio de 1779, nasce o poeta irlandês Thomas Moore (foto). Ele foi um dos artistas mais revolucionários do romantismo inglês. Suas obras iam do lirismo à sátira, da prosa romântica aos textos históricos e biográficos. Amigo de Lord Byron, o autor de Melodias Irlandesas também era um habilidoso músico.

Em 28 de Maio de 1787 Morre Johann Georg Leopold Mozart foi um músico alemão, pai do famoso compositor Wolfgang Amadeus Mozart (considerado como um dos maiores compositores de música clássica do mundo ocidental). Leopold Mozart nasceu em 14 de novembro de 1719. Foi educado pelos jesuítas (membros da ordem religiosa da Igreja Católica Companhia de Jesus) no colégio San Salvador (1727-1736). Depois ingressou na universidade de Salzburgo em 1737 onde estudou Filosofia e Direito. Em vida destacou-se por suas próprias composições e como professor de música, especialmente de violino. Sua mais famosa obra foi o livro Versuch Einer Gründlichen Violinschule, (Tratado para una Escola Violinística Básica), publicado em Augsburgo em 1765) o qual foi traduzido a várias línguas (holandês, 1766; francês, 1770 e russo, 1804).

Em 28 de Maio de 1954 nascia, em Pindamonhangaba (SP), João Carlos de Oliveira, conhecido como João do Pulo, atleta e ex-recordista mundial do salto triplo. Em 1973, ele quebrou o recorde mundial júnior de salto triplo no Campeonato Sul-Americano com a marca de 14,75 m. Em 1975, no Pan-americano da Cidade do México, conquistou a medalha de ouro no salto em distância com 8,19m e, em 15 de outubro, foi ouro no salto triplo com 17,89 m, quebrando novamente o recorde mundial.

Era o favorito para a medalha de ouro na Olimpíada de Montreal, em 1976, mas acabou superado por Viktor Saneyev, da União Soviética, e pelo norte-americano James Butts. Em 1979, nos Jogos Pan-americanos de Porto Rico, tornou-se bicampeão tanto do salto triplo como do salto em distância.

Em 1980, nas Olimpíadas de Moscou, era novamente favorito no salto triplo, mas teve que se contentar outra vez com o bronze: foi superado por Jaak Uudmae e Viktor Saneyev, ambos da União Soviética. Sua carreira foi interrompida de maneira trágica em 22 de dezembro de 1981, quando sofreu um acidente de carro e sua perna direita teve que ser amputada. Mais tarde, João do Pulo se formou em Educação Física e também se elegeu duas vezes deputado estadual por São Paulo. No dia 29 de maio de 1999, morreu, em São Paulo, por conta de uma cirrose hepática, infecção generalizada, sozinho e com dívidas.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_Carlos_de_Oliveira

Em 28 de Maio de 1955 Os chefes de governo da França e da Tunísia se reuniram na residência oficial do premiê francês para acertar os detalhes do tratado que concedeu autonomia à Tunísia. O país era um protetorado francês desde 1881. As negociações duraram 9 meses e foram iniciadas com a viagem do premiê Mendes France à Tunísia.

http://www.jblog.com.br/hojenahistoria.php?itemid=13070

Em 28 de Maio de 1957, EUA realiza a primeira explosão nuclear de uma nova série de experiências em Nevada.

Em 28 de Maio de 1959 Dois macacos são resgatados ilesos no Caribe após um voo espacial a 480km de altitude na ogiva de um míssil lançado pelo Exército americano.

Em 28 de Maio de 1959, O Comitê Olímpico Internacional desfilia a China Nacionalista (Formosa), primeira medida para a admissão da China nos Jogos Olímpicos.

Em 28 de Maio de 1962, Bolsa de Nova York sofre maior queda desde 1929.

Em 28 de Maio de 1971, URSS lança um segundo engenho espacial em direção a Marte.

Em 28 de Maio de 1973 Marlon Brando rejeita o Oscar de melhor ator em protesto contra as condições de vida dos indígenas americanos.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u471121.shtml

Em 28 de Maio de 1973 Um Boeing 747 da companhia aérea China Airlines cai em Formosa com 225 pessoas a bordo, entre passageiros e tripulantes.

Em 28 de Maio de 1973 O Brasil vende 240.000 toneladas de açúcar à China, em operação direta de governo a governo.

Em 28 de Maio de 1973 O governo da África do Sul anuncia uma redução da política do apartheid no tocante eventos esportivos.

Em 28 de Maio de 1978 Descoberta no município de Casca RS uma cidade indígena com mais de dois mil anos.

Em 28 de Maio de 1978 professores da Universidade de Passo Fundo e arqueólogos do Museu da Secretaria de Educação e Cultura do Munícipio de Casca, no RS, revelaram terem encontrado uma cidade indígena subterrânea. Escavada no solo a um metro e meio da superfície, a cidade com estrutura semelhante a de um formigueiro, ocupava dez hectares do município, situado a 237 quilômetros de Porto Alegre.

http://www.jblog.com.br/hojenahistoria.php?itemid=21490

Em 28 de Maio de 1987 O alemão-ocidental Mathias Rust, de 19 anos, aterrissa com seu Cessna 172-B em plena praça Vermelha, em Moscou.

Em 28 de Maio de 1988 – Alfredo Volpi, 92 anos, morreu de insuficiência cardíaca numa noite de sábado, a caminho do hospital, depois de ter sido acudido por sua filha. Embora Volpi apresentasse problemas com a saúde nos dois últimos anos de vida, sua morte surpreendeu amigos e admiradores, que mais do que o fim do talento de um artista, lamentaram a perda de um ser humano insubstituível, que fez de sua obra a invenção do simples, em busca do essencial.

http://www.jblog.com.br/hojenahistoria.php?itemid=26914

Em 28 de Maio de 1997 Tornados atingem quatro condados no estado americano do Texas, matando dezenas de pessoas.

Em 28 de Maio de 1998 O Paquistão responde às explosões realizadas pela Índia com cinco testes nucleares subterrâneos num deserto do sudoeste do país.

Em 28 de Maio de 1999 Angola pede ao Brasil alimentos, remédios e roupas para 1,6 milhão de pessoas que tiveram de abandonar suas casas devido à guerra civil.

Em 28 de Maio de 2002 A NASA anuncia a descoberta de água congelada abundante e acessível no subsolo de Marte.

Em 28 de Maio de 2004 A Corte de Apelações de Santiago retira do ex-ditador Augusto Pinochet a imunidade judicial que o protegia.

Em 28 de Maio de 2008 Rei Gyanendra, do Nepal, é destronado, após monarquia de 239 anos, país se torna uma república.

Outros fatos do dia 28 de Maio

1518 – O conquistador Juan de Grijalva descobre Tabasco, o povoado onde nasceu a célebre índia Malintzín, que ajudou Cortés durante a conquista do México.

1805 – Morre Luigi Boccherini, compositor italiano.

1812 – Tratado secreto de Bucareste que põe fim à guerra entre Rússia e Turquia.

1878 – Morre John Rusell, estadista britânico.

1880 – Guerra do Pacífico: Batalha da Aliança, envolvando as tropas do Peru e Bolívia contra o Chile.

1912 – Morre Paul E. Lecoq, químico francês.

1914 – Acordo entre México e Estados Unidos que causa a demissão do presidente mexicano, Victoriano Huerta. Em seguida, ocorrem novas eleições livres e os norte-americanos se retiram de Vera Cruz.

1917 – O Parlamento britânico aprova o projeto de lei que concede o voto às mulheres do Reino Unido. Porém, o voto só é permitido às maiores de 30 anos que sustentam a família.

1918 – O partido nacionalista Mussavet toma o poder e proclama a independência do Azerbaijão.

1926 – Golpe militar do general Gomes da Costa em Portugal.

1933 – Os bens do Partido Comunista alemão são confiscados.

1936 – Estoura na Nicarágua uma rebelião militar dirigida pelo general Anastasio Somoza, que triunfa cinco dias depois e coloca o general no poder.

1937 – Morre Alfred Adler, psicólogo austríaco.

1940 – Segunda Guerra Mundial: os ingleses conquistam Narvik (Noruega), que estava sob poder dos alemães.

1948 – A Legião Árabe da Jordânia consegue a rendição do setor antigo de Jerusalém na guerra árabe-israelense.

1963 – Um ciclone e um maremoto causam a morte de 30 mil pessoas no Paquistão.

1964 – Abertura do I Congresso Nacional Palestino em Jerusalém.

1967 – Francis Chichester chega com seu navio a Plymouth (Grã-Bretanha), após dar a volta ao mundo como único tripulante em seu navio.

1972 – Morre Eduardo de Windsor, monarca britânico que renunciou à coroa para se casar com Wallis Simpson, uma norte-americana divorciada.

1973 – O presidente boliviano, Hugo Banzer, assume o comando do Exército para garantir a segurança nacional.

1978 – Legalizado o aborto na Itália.

1981 – A Anistia Internacional informa que 9 mil pessoas desapareceram na Argentina desde 1976.

1981 – Morre Stefan Wyszynski, primeiro cardeal da Polônia, preso várias vezes durante o regime comunista.

1998 – O Paquistão realiza cinco testes nucleares no deserto do Beluquistão, em resposta a Nova Délhi. Os Estados Unidos anunciam sanções econômicas ao Paquistão.

2000 – O presidente de Israel, Ezer Weizman, anuncia sua renúncia ao cargo devido a um antigo escândalo de corrupção.

Vejam a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”, que ultrapassou a marca das 58 mil visitas. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique. Obrigado a cada um (a) de vocês por esta caminhada feliz!

https://oipa2.wordpress.com/2012/05/28/trabalhando-com-poesia-447/

Abraços nos amigos, beijos nos filhos e nas amigas, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma Segunda feira abençoada por Deus, repleta da energia positiva que circunda o universo a nossa volta e que nos traga muita paz, lucidez, sabedoria e muita saúde.

Ótima semana a todos (as),

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=1139376304
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9982-7223 / 9154-0168 / 8214-0894

DOCE MILAGRE – FLORBELA ESPANCA

O dia chora. Agonizo
Com ele meu doce amor.
Nem a sombra dum sorriso,
Na Natureza diviso,
A dar-lhe vida e frescor!

A triste bruma, pesada,
Parece, detrás da serra
Fina renda, esfarrapada,
De Malines, desdobrada
Em mil voltas pela terra!

(O dia parece um réu.
Bate a chuva nas vidraças.)

As avezitas, coitadas,
‘Squeceram hoje o cantar.
As flores pendem, fanadas
Nas finas hastes, cansadas
De tanto e tanto chorar…

O dia parece um réu.
Bate a chuva nas vidraças.
É tudo um imenso véu.
Nem a terra nem o céu
Se distingue. Mas tu passas…

E o sol doirado aparece.
O dia é uma gargalhada.
A Natureza endoidece
A cantar. Tudo enternece
A minh’alma angustiada!

Rasgam-se todos os véus
As flores abrem, sorrindo.
Pois se eu vejo os olhos teus
A fitarem-se nos meus,
Não há de tudo ser lindo?!

Se eles são prodigiosos
Esses teus olhos suaves!
Basta fitá-los, mimosos,
Em dias assim chuvosos,
Para ouvir cantar as aves!

A Natureza, zangada,
Não quer os dias risonhos?…
Tu passas… e uma alvorada
Pra mim abre perfumada,
Enche-me o peito de sonhos!

TRISTE PASSEIO – FLORBELA ESPANCA

Vou pela estrada, sozinha.
Não me acompanha ninguém.
– Num atalho, em voz mansinha:
“Como está ele? Está bem?”

É a toutinegra curiosa;
Há em mim um doce enleio…
Nisto pergunta uma rosa:
“Então ele? Inda não veio?”

Sinto-me triste, doente…
E nem me deixam esquecê-lo!…
Nisto o sol impertinente:
“Sou um fio do seu cabelo…”

Ainda bem. É noitinha.
Enfim já posso pensar!
Ai, já me deixam sozinha!
De repente, oiço o luar:

“Que imensa mágoa me invade,
Que dor o meu peito sente!
Tenho uma enorme saudade!
De ver o teu doce ausente!”

Volto a casa. Que tristeza!
Inda é maior minha dor…
Vem depressa. A natureza
Só fala de ti, amor!

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s