Trabalhando com Poesia

“… Se o belo é belo não habitará jamais os corações, leões, cheios de medo… Se na verdade o oculto mostra mais e mais, amor, vivo em silêncio meu degredo… Se minha mão tateia no vazio de um quarto escuro, desenha um barco a navegar nos mares do futuro… Enquanto a estrela tece a hora certa de acordar, desejo mais que tudo te encontrar… Subo o mastro, procurando teu rastro, busco teus sinais, em que ilhas, em que plano brilhas, como e onde estás e onde vais?… Correntezas cheias de incertezas, curvas, quedas, loucos ais, onde vais? Bem aqui vive esperando por ti a flor, o fruto, o cais, onde vais? Bem aqui vive esperando por ti a flor, o fruto, o cais, onde vais? , onde vais?… Se minha mão tateia no vazio de um quarto escuro, desenha um barco a navegar sem medos, pro futuro… Enquanto a estrela tece a hora certa de acordar, desejo mais que tudo te encontrar… Subo o mastro, procurando teu rastro, busco teus sinais, em que ilhas, em que plano brilhas, como e onde estás e onde vais?… Correntezas cheias de incertezas, curvas, quedas, loucos ais, onde vais? Bem aqui vive esperando por ti a flor, o fruto, o cais, onde vais? Bem aqui vive esperando por ti a flor, o fruto, o cais, onde vais? , onde vais?…” (Vander Lee – Teu rastro – Comp.: Vander Lee)

“… Vi o meu sentido confundido, iluminado, vi o sol enluarar, quando viu você… Vi a tarde inteira, a Sexta-feira, o feriado, esperando o amor chegar e trazer você… Você chegou querendo tudo que o tempo não te deu e que levou de você, sem saber que você já sou eu… Agora não entendo, o meu relógio o amor tirou, mas sei que o meu coração tá batendo mais forte, porque você chegou… Vi o meu sentido confundido, iluminado, vi o sol enluarar, quando viu você… Vi a tarde inteira, a Sexta-feira, o feriado, esperando o amor chegar e trazer você… Você chegou querendo tudo que o tempo não te deu e que levou de você, sem saber que você já sou eu… Agora não entendo, o meu relógio o amor tirou, mas sei que o meu coração tá batendo mais forte, porque você chegou… Porque você chegou… Você chegou querendo tudo que o tempo não te deu e que levou de você, sem saber que você já sou eu… Agora não entendo, o meu relógio o amor tirou, mas sei que o meu coração tá batendo mais forte, porque você chegou… Porque você chegou… Porque você chegou…” (Vander Lee – Iluminado – Comp.: Vander Lee)

“… Meus olhos te viram triste, olhando pro infinito, tentando ouvir o som do próprio grito… E o louco que ainda me resta, só quis te levar pra festa, você me amou de um jeito tão aflito… Que eu queria poder te dizer sem palavras, eu queria poder te cantar sem canções, eu queria viver morrendo em sua teia, seu sangue correndo em minha veia, seu cheiro morando em meus pulmões… Cada dia que passo sem sua presença, sou um presidiário cumprindo sentença, sou um velho diário perdido na areia, esperando que você me leia, sou pista vazia esperando aviões… Meus olhos te viram triste, olhando pro infinito, tentando ouvir o som do próprio grito… E o louco que ainda me resta, só quis te levar pra festa, você me amou de um jeito tão aflito… Que eu queria poder te dizer sem palavras, eu queria poder te cantar sem canções, eu queria viver morrendo em sua teia, seu sangue correndo em minha veia, seu cheiro morando em meus pulmões… Cada dia que passo sem sua presença, sou um presidiário cumprindo sentença, sou um velho diário perdido na areia, esperando que você me leia, sou pista vazia esperando aviões… Sou o lamento no canto da sereia, esperando o naufrágio das embarcações…” (Vander Lee – Esperando Aviões – Comp.: Vander Lee)

“… As flores vão nascer de amores, vãos, viver e ninguém vai poder mais amputar sua raiz, o galho que crescer, os ventos vão reger e quem sabe dançar a sinfonia os homens gris… Há margaridas bêbadas, sobre os balcões, damas-da-noite no calor de explosões… As flores vão nascer do querer, sem querer, lá no sertão, no Paquistão, no coração mais infeliz… E por que não dizer, no vaso, no prazer, lá no quintal, no Pantanal, no Rio e em Paris… Delírios sob a lava dos vulcões, amorosas no entulho das construções… Porque nada impede uma flor de nascer de um desejo sincero… Porque nada impede uma flor de querer o que eu quero… Porque nada impede uma flor de nascer de um desejo sincero… Porque nada impede uma flor de querer o que eu quero… Delírios sob a lava dos vulcões, amorosas no entulho das construções… Porque nada impede uma flor de nascer de um desejo sincero… Porque nada impede uma flor de querer o que eu quero… Porque nada impede uma flor de nascer de um desejo sincero… Porque nada impede uma flor de querer o que eu quero…” (Vander Lee – Desejo de flor – Comp.: Vander Lee)

“…Vem me ver, vem juntar seu calor ao meu, não te quero ter só nos finais de semana… Os meus dias de feira também são seus! Vem viver, corre pra nossa cabana, faço de conta que sou levada, pra ser levada em conta, é pra janela do seu olhar que o meu destino aponta… Vem, põe o moletom, prova meu batom, minha companhia… Dobra a calça jeans, rega meu jardim, colore meu dia… Põe o moletom, prova meu batom, minha companhia… Dobra a calça jeans, rega meu jardim, colore meu dia…” (Vander Lee – Pra ser levada em conta – Comp.: Vander Lee)

“Se você não sabe perdoar sem esquecer, é sinal de que não compreendeu ainda a verdade e o caminho a seguir. Procure perdoar e esquecer as mágoas e ofensas, as intrigas e calúnias. Mantenha-se em tal atitude, que nenhuma calúnia o possa atingir. Perdoe e siga seu caminho. Quando o caluniador abrir os olhos, você estará tão distante dele, que não poderá mais ouvir sua voz cheia de veneno.” (Minutos de Sabedoria Pg. 222)

Bom dia pessoal,

Ao longo da nossa vida, muitas são as relações interpessoais que acabamos por vivenciar em nosso mundo interior, permitam-me titular assim ao universo contido nas nossas emoções e sentimentos a respeito da vida e das pessoas que por ela transitam.

Pois bem, enxergo essas experiências como uma grande oportunidade de troca de energias e de conhecimento. Não cabe a nós impor mudanças a quem por nós passa. Inevitavelmente mudanças acontecerão, na pessoa e em você.

Por mais fantástica que seja a experiência de se relacionar com outra pessoa e a inegável máxima de que os opostos se atraem, o choque de mundos diferentes, compreendendo a expressão sob o ponto de vista psicológico e não social, é efetivamente complicado e as vezes críticos.

O Bom humor ou o seu inverso ao acordar é e sempre será uma característica interior de cada um e nada além do respeito à individualidade deve ser cobrado.

As vezes me pego pensando se sou tão chato por acordar quase sempre de muito bom humor, mesmo que os problemas batam à porta de forma cada vez de maneira mais forte.

Enfim, reflexões de um bem humorado amante da poesia e da boa música para essa linda manhã de quinta feira, inspiradas pelo verde de meu pai Oxossi que invade a vista da minha janela. Permitam-me socializá-las com vocês.

Aproveitando uma das boas falas, feitas pelo nosso Governador Jaques Wagner no Programa Roda Viva, na última segunda feira, quero dialogar com vocês sobre a necessidade extrema de uma reforma política em nosso país.
Além das discussões acerca de sistema de listas, financiamento público de campanha, Coligações, entre outros, creio que dois aspectos são fundamentais nesse conteúdo de discussões:

Coincidência dos mandatos – O país convive hoje, com o sistema de eleições bianuais com uma realidade terrível, que é a de ter, na prática dois anos úteis a cada quatro anos. Economicamente e politicamente esse é um símbolo do nosso atraso político. A sociedade brasileira, tão ávida por políticas públicas eficientes e urgentes não pode mais se permitir parar de pensar concretamente em sua realidade, para discutir o melhor projeto teórico, para dirigir o município, o estado e a união, ou quem os melhor representa no parlamento municipal, estadual e no esdrúxulo sistema bi-cameral brasileiro. É preciso coragem para unificar as eleições, é preciso que em apenas um período a população seja chamada a discutir a efetividade dos projetos políticos administrativos para todo o território brasileiro. Sei que é uma grande utopia, mas, creio que o Congresso Nacional deveria ter a coragem de ao menos iniciar um processo de diálogo, interno e com a sociedade sobre a real contribuição que o sistema com duas casas apresenta ao país. Sob a desculpa normativa de representar os estados, a Câmara alta do Congresso Nacional, além do papel de casa revisora, apenas impõe ao país mandatários diferenciados apenas nos privilégios mais vantajosos, a começar por serem os únicos com mandatos de oito anos.

Reeleição – Instituída através de manobras políticas, no primeiro mandato de FHC, me absterei de esmiuçá-las nesta análise, o instituto da reeleição, em nossa opinião é uma aberração ao conceito de sistema democrático. A sua principal base de sustentação, que um mandato de quatro anos seria insuficiente para que um grupo político pudesse apresentar a efetividade de suas políticas públicas em beneficio da população, pode ser facilmente dirimida com a simples modificação da duração dos mandatos. Sendo assim, entendo que juntando as duas discussões, de forma similar ao nosso Governador, mandatos de cinco ou seis anos, sem o instituto da reeleição daria ao sistema eleitoral brasileiro estabilidade, confiabilidade e economicidade, no nível de merecimento das necessidades do nosso país.

São pequenas contribuições ao debate, que entendo que não podem ficar restritas ao Congresso Nacional, sob pena de o interesse interna corporis ser o principal eixo de análise e condenar a sociedade brasileira a conviver não com as necessidades coletivas, mas sim os interesses das minorias detentoras de poder.

O Dia na história: 04 de abril

Em 04 de abril de 1832 Charles Darwin chega ao Rio de Janeiro no navio Beagle

Em 04 de abril de 1935 Revolta da Madeira – Tem início aquela que ficou conhecida como a Revolta da Farinha, levada a cabo por militares e populares da Ilha da Madeira (Portugal) contra a ditadura militar. Sem apoio internacional e para evitar um banho de sangue, os revoltosos acabaram por render-se a 2 de Maio do mesmo ano, face à resposta de força do poder. Cabo Verde foi o destino de quase todos eles.

Em 04 de abril de 1949 Doze estados ocidentais – Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, Bélgica, Países Baixos, Alemanha, Itália, Luxemburgo, Noruega, Islândia, Canadá e Portugal – assinam a Organização do Tratado do Atlântico Norte.

A aliança militar que previa uma defesa colectiva contra a agressão soviética implicou um sensível aumento da influência e do poder dos Estados Unidos sobre a Europa. O tratado experimentou distintas modificações desde então, como a adesão, anos mais tarde, da Grécia, Turquia e Alemanha Oriental; ou a retirada da França, em 1966, devido às violações cometidas pelos Estados Unidos.

Para fazer frente ao poder da OTAN, em 1955, vários países do Leste liderados pela União Soviética assinaram o Pacto de Varsóvia. Em 1994, três anos depois do final da Guerra Fria, a OTAN envolveu-se na sua primeira acção militar conjunta como parte do esforço internacional para acabar com dois anos de guerra na Bósnia-Herzegovina.
Polónia, Hungria e a República Checa, países assinantes do Pacto de Varsóvia, uniram-se ao Tratado do Atlântico Norte em 1999.

Em 04 de abril de 1950, ONU aprova estatuto para a administração internacional de Jerusalém.

Em 04 de abril de 1952, Argentina cria base permanente em Esperanza, na Antártica.

Em 04 de abril de 1953 Libertados nove médicos soviéticos presos em janeiro e acusados de tramar o assassinato de líderes soviéticos.

Em 04 de abril de 1954 Arturo Toscanini, de 87 anos, abandona a direção da Orquestra Sinfônica da NBC.

Em 04 de abril de 1955 Presidente Juscelino promete, se eleito, mudar capital do Brasil para o planalto Central.

Em 04 de abril de 1958 nascia, no Rio de Janeiro, Agenor de Miranda Araújo Neto, mais conhecido como Cazuza, cantor, compositor e ex-líder da banda Barão Vermelho. Em nove anos de carreira, Cazuza deixou 126 canções gravadas, 78 inéditas e 34 para outros intérpretes.

Dentre as suas músicas mais famosas com Barão Vermelho estão “Todo Amor que Houver Nessa Vida”, “Pro Dia Nascer Feliz”, “Maior Abandonado”, “Bete Balanço” e “Bilhetinho Azul”. Já em sua carreira solo, destaque para “Exagerado”, “Codinome Beija-Flor”, “Ideologia”, “Brasil”, “Faz Parte do meu Show”, “O Tempo não Pára” e “O Nosso Amor a Gente Inventa”.

Polêmico, Cazuza também chamava atenção por sua vida boêmia e pela sua declarada bissexualidade. Em 1989, admitiu ter contraído o vírus da Aids e morreu por conta da doença no dia 7 de julho de 1990, no Rio de Janeiro.

Filho único, Cazuza sempre teve contato com o mundo da música por conta do trabalho do seu pai na indústria fonográfica. Com isso, ele cresceu em meio a figuras como Caetano Veloso, Elis Regina, Gal Costa, Gilberto Gil, João Gilberto, Novos Baianos. A mãe, Lucinha Araújo também cantava e gravou três discos.

Cazuza começou a cantar em público no começo da década de 80 e, junto à banda Barão Vermelho, conquistou grande sucesso. Em janeiro de 1985, ele e a banda se apresentaram na primeira edição do Rock in Rio. Neste mesmo ano, ele deixou a banda para seguir a carreira solo. Nesta época, suspeita-se que Cazuza já tivesse contraído o vírus da Aids. A partir de 1987, Cazuza contraiu pneumonia, doença em decorrência da Aids. Mais tarde, ele viajou aos EUA para fazer um tratamento com AZT. Em 1988, lançou o álbum Ideologia e, no mesmo ano, gravou O Tempo Não Para. Seu último álbum em vida foi Burguesia (1989).

Em fevereiro de 1989, Cazuza declarou publicamente ser soropositivo e apareceu de cadeiras de rodadas para receber um prêmio pelo álbum Ideologia. Bastante debilitado, ele morreu aos 32 anos por conta de um choque séptico causado pela AIDS.

Especial Cazuza – Por toda a minha vida

Entrevista de Cazuza no Programa do Jô.

Em 04 de abril de 1968 Martin Luther King é assassinado a tiros em Memphis. o líder afro-americano Martin Luther King foi assassinado no terraço do Motel Lorraine, na cidade norte-americana de Memphis, no estado do Tennessee.
As suas últimas palavras foram dirigidas ao músico Ben Branch que se encontrava ao lado dele naquele momento trágico: “Ben, prepara-te para tocar ‘Precious Lord, Take My Hand’ na reunião desta noite. Toca-a da maneira mais bonita possível.”

Em sequência deste assassinado, começou uma onda de revoltas raciais em mais de 60 cidades. A Guarda Nacional teve de intervir para evitar que houvesse mais mortes e saques.

Cinco dias mais tarde, o Presidente Johnson declarou um dia de luto nacional, o primeiro em honra de um afro-americano. No funeral, estiveram presentes mais de 300 mil pessoas.

Em 04 de abril de 1972 Os EUA reconhecem Bangladesh, após 61 países terem estabelecido relações diplomáticas com o governo de Dacca.

Em 04 de abril de 1973 foi inaugurado o complexo World Trade Center, um centro de comércio mundial localizado em Manhattan, na cidade de Nova Iorque. A ideia de criar um centro empresarial nasceu em 1946 para estimular a renovação urbana e o crescimento económico da cidade.

Minoru Yamasaki foi o desenhador da estrutura das duas Torres Gémeas de 110 pisos, cada qual com cerca de 1,24 milhões de metros quadrados destinados a escritórios.

Em 11 de setembro de 2001, o World Trade Center sofreu um atentado perpetrado pela organização terrorista Al-qaeda, no qual morreram 2.800 pessoas e as Torres Gémeas foram destruídas. Hoje em dia, a zona onde estava o World Trade Center está em fase de construção, apesar de já albergar um monumento em honra das vítimas do 11 de setembro.

Em 04 de abril de 1975 Fundação da empresa de softwares Microsoft por Bill Gates e Paul Allen.

Em 04 de abril de 1996 Preso o terrorista mais procurado dos EUA, o professor de matemática Theodore Kaczynski.

Em 04 de abril de 2003 Pescadores encontram na Antártica uma lula de aproximadamente 150kg.

Em 04 de abril de 2004 O exército Mahdi de Moqtada al-Sadr inicia uma revolta em várias cidades e regiões do sul do Iraque depois do encerramento do jornal al-Hawza pelas forças da coligação.

Em 04 de abril de 2007 O desenho de uma cena de O Principezinho foi encontrado no Japão e pensa-se que seja um original pintado pelo autor do livro, Antoine de Saint-Exupéry.

Outros fatos relacionados ao 04 de Abril

1939 – Faisal II torna-se rei do Iraque.

1946 – Fundação da escola de samba Unidos de Vila Isabel.

1963 – Emancipação política da cidade de Governador Dix-Sept Rosado, Rio Grande do Norte, Brasil.

1974 – ABBA ganha o concurso Eurovisão da Canção.

1998 – Inauguração da ponte Vasco da Gama em Lisboa.

Confira as notícias do dia de hoje no meu Diário de Notícias:

http://paper.li/a_vinagre/1326026431

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com/2013/04/02/trabalhando-com-poesia-477/

Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma Quinta feira abençoada por Deus e protegida pelas armas e sagacidade de Oxossi.

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8214-0894

A PLENOS PULMÕES- Maiakóvsky
(Trecho final)

Camarada vida,
vamos, para diante,
galopemos pelo quinqüênio afora.
Os versos para mim
não deram rublos,
nem mobílias de madeiras caras.
Uma camisa lavada e clara,
e basta, —
para mim é tudo.
Ao Comitê Central do futuro
ofuscante, sobre a malta dos vates
velhacos e falsários
apresento em lugar do registro partidário
todos os cem tomos
dos meus livros militantes.

Dezembro, 1929 / janeiro, 1930

(Tradução: Haroldo de Campos)

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s