Trabalhando com Poesia

“… Quando acabou nosso romance o meu mundo desabou, a solidão me abrigou, sofri sem você, sei que não quis dizer adeus, eu vi no seu olhar, que está infeliz e tenta disfarçar, só faz se magoar… Ouça, meu bem, não deixe a chama da paixão se apagar, pro nosso bem, esqueça tudo que passou… Eu sei que não é o fim, o seu corpo me chama, escute a voz do seu coração, a voz da razão… Não sei viver sem teu amor, sem teu abraço, só você me dá prazer, te quero do meu lado, custe o que custar, eu amo você! Sinceramente, eu esqueci de te esquecer, chega de sofrer, orgulho não nos leva a nada, pode crer… Não sei viver sem teu amor, sem teu abraço, só você me dá prazer, te quero do meu lado, custe o que custar, eu amo você! Sinceramente, eu esqueci de te esquecer, chega de sofrer, orgulho não nos leva a nada, pode crer… Quando acabou nosso romance o meu mundo desabou, a solidão me abrigou, sofri sem você, sei que não quis dizer adeus, eu vi no seu olhar, que está infeliz e tenta disfarçar, só faz se magoar… Ouça, meu bem, não deixe a chama da paixão se apagar, pro nosso bem, esqueça tudo que passou… Eu sei que não é o fim, o seu corpo me chama, escute a voz do seu coração, a voz da razão… Não sei viver sem teu amor, sem teu abraço, só você me dá prazer, te quero do meu lado, custe o que custar, eu amo você! Sinceramente, eu esqueci de te esquecer, chega de sofrer, orgulho não nos leva a nada, pode crer… Não sei viver sem teu amor, sem teu abraço, só você me dá prazer, te quero do meu lado, custe o que custar, eu amo você! Sinceramente, eu esqueci de te esquecer, chega de sofrer, orgulho não nos leva a nada, pode crer…” (Revelação – Esqueci de te esquecer – Comp.: Xande de Pilares)

“… Eu estou apaixonado, deixa eu ser seu namorado, quero ficar do teu lado, pra ter seu braço e seu beijo, pra mim… O teu olhar não me engana, eu sei que você me ama. Teu coração diz que você me quer, mas o medo não deixa você se entregar… Vem pra mim, não faz assim, dê logo um fim, nessa tortura… Nosso romance tem que se eternizar. Você tem que me aceitar… Eu quero a paz do seu sorriso, pra enfeitar meu paraíso. Dê uma chance, não custa nada tentar… Meu bem-querer, preciso te amar, o seu amor me faz sonhar… Se eu te perder, não sei onde encontrar um novo amor pro seu lugar… Eu estou apaixonado, deixa eu ser seu namorado, quero ficar do teu lado, pra ter seu braço e seu beijo, pra mim… O teu olhar não me engana, eu sei que você me ama. Teu coração diz que você me quer, mas o medo não deixa você se entregar… Vem pra mim, não faz assim, dê logo um fim, nessa tortura… Nosso romance tem que se eternizar. Você tem que me aceitar… Eu quero a paz do seu sorriso, pra enfeitar meu paraíso. Dê uma chance, não custa nada tentar… Meu bem-querer, preciso te amar, o seu amor me faz sonhar… Se eu te perder, não sei onde encontrar um novo amor pro seu lugar…” (Revelação – Preciso te amar – Comp.: Mauro Junior e Xande de Pilares)

“… Ela mexe comigo e o pior que não sabe. Comentei com os amigos, minha outra metade… Ela, ah eu morro de amores por ela, estou a ponto de largar aquela, que há tempos me acompanhou… Mas o meu sentimento mudou e eu não pude conter… Ela mexe comigo e o pior que não sabe. Comentei com os amigos, minha outra metade… Ela, ah eu morro de amores por ela, estou a ponto de largar aquela, que há tempos me acompanhou… Mas o meu sentimento mudou e eu não pude conter… E agora o que é que eu faço? Meu caminho tá sem traço, quantas vezes eu me perguntei, como é que eu vou fazer? Se esse poço é venenoso, se é certo ou duvidoso, nem quero saber, nem quero saber… Olha, eu tô meio sem jeito, mas eu tô aqui, preciso te falar, eu não sei se é direito, mas, eu não pedi pra me apaixonar… Olha, eu te peço perdão, mas, quem manda na gente é o coração, é o amor, é o amor… Olha, eu tô meio sem jeito, mas eu tô aqui, preciso te falar, eu não sei se é direito, mas, eu não pedi pra me apaixonar… Olha, eu te peço perdão, mas, quem manda na gente é o coração, é o amor, é o amor… Ela mexe comigo e o pior que não sabe. Comentei com os amigos, minha outra metade… Ela, ah eu morro de amores por ela, estou a ponto de largar aquela, que há tempos me acompanhou… Mas o meu sentimento mudou e eu não pude conter… Ela mexe comigo e o pior que não sabe. Comentei com os amigos, minha outra metade… Ela, ah eu morro de amores por ela, estou a ponto de largar aquela, que há tempos me acompanhou… Mas o meu sentimento mudou e eu não pude conter… E agora o que é que eu faço? Meu caminho tá sem traço, quantas vezes eu me perguntei, como é que eu vou fazer? Se esse poço é venenoso, se é certo ou duvidoso, nem quero saber, nem quero saber… Olha, eu tô meio sem jeito, mas eu tô aqui, preciso te falar, eu não sei se é direito, mas, eu não pedi pra me apaixonar… Olha, eu te peço perdão, mas, quem manda na gente é o coração, é o amor, é o amor… Olha, eu tô meio sem jeito, mas eu tô aqui, preciso te falar, eu não sei se é direito, mas, eu não pedi pra me apaixonar… Olha, eu te peço perdão, mas, quem manda na gente é o coração, é o amor, é o amor…” (Revelação – Ela mexe comigo – Comp.: Grupo Revelação)

“Se a sombra dos dias tristes perturbar a subida, volte seu pensamento para Deus, que está dentro de cada um de nós. A vitória nos chega por meio das lutas que travamos dentro de nós mesmos. Se as quedas magoam o corpo, servem para libertar o coração. E, depois de vencer, espalha remos o amor em redor de todos nós, porque pelo amor consegui remos vencer a nós mesmos.” (Minutos de Sabedoria Pg. 247)

Boa noite pessoal,

Dia corrido e problemas na internet me impediram de postar o “Trabalhando com Poesia” mais cedo.

Em nossa sugestão de leitura para o “Trabalhando com Poesia” de hoje dois textos da equipe de Comunicação da SEDES:

“Sedes enfatiza importância da redução do consumo de sódio” – Os beneficiários do restaurante popular do Comércio participam até a próxima sexta-feira, 6, da ação de educação nutricional para redução do consumo de sódio, com base na interpretação das informações nutricionais presentes nos rótulos de alimentos. As atividades acontecem das 10h30 às 14h30, onde é aplicado questionário para mil pessoas, verificada a pressão arterial e feita avaliação do peso corporal, circunferência da cintura e altura.

http://www.sedes.ba.gov.br/noticia/sedes-enfatizam-importancia-da-reducao-do-consumo-de-sodio

“Programa Bolsa Família retoma Busca Ativa para grupos específicos” – Incluir as famílias pertencentes aos Grupos Populacionais Tradicionais e Específicos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Essa é a principal meta da ação, iniciada em novembro de 2012 pela coordenação estadual do Programa Bolsa Família, específica para Povos de Terreiro, Comunidades Remanescentes Quilombolas, Povos Indígenas, Povos Ciganos, Extrativista, Pescadores e Marisqueiras e comunidades de Fundo e Fecho de Pasto. De acordo com Luciana Santos, “a meta é atingir 80% das famílias, com perfil Cadúnico, nos territórios de identidades Região Metropolitana, Recôncavo, Litoral Sul, Oeste e Sertão do São Francisco”.

http://www.sedes.ba.gov.br/noticia/programa-bolsa-familia-retoma-busca-ativa-para-grupos-especificos

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com/2013/09/04/trabalhando-com-poesia-500/

Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma quarta-feira abençoada por Deus e repleta da força da rainha dos ventos e trovões. Eparrey Oyá.

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 1: apio.nascimento@sedesba.ba.gov.br
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

O Rei Reina e Não Governa – Tobias Barreto

Não sei porque a língua humana
Os brutos não falam mais,
Quando hoje têm melhor vida.
E há muita besta instruída
Nas ciências sociais…

Ultimamente entenderam
Que tinham também razão
De proclamar seus direitos,
Pondo em uso os bons efeitos
Que trouxe a Revolução…

“Seja o leão, diz o asno,
Um rei constitucional;
Com assembléias mudáveis,
Com ministros responsáveis,
Não nos pode fazer mal.

Fiquem-lhe as garras ocultas,
Não ruja, não erga a voz,
Conforme a tese moderna
Qu’ele reina e não governa,
Quem governa somos nós…

Todas as bestas da terra,
Todas as bestas do mar,
Tenham os seus delegados,
Sendo os ministros tirados
Do seio parlamentar…

(…)

Só vejo, que bem nos quadre
No trono, algum animal,
Que coma e viva deitado:
O porco!… Exemplo acabado
De rei constitucional…”

1870

Publicado no livro Dias e Noites (1881). Poema integrante da série Parte V – Satíricas.

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s