Trabalhando com Poesia

“… Fico vendo essas coisas, vendo tudo acontecer, injustiças e maus tratos e o abuso do poder… Quando olham minha gente, nunca é pra proteger, muitas cosias acontecem e o meu povo resistindo… Oh!Jah! Negro no poder… Pra já! Negro no poder… Oh!Jah! Negro no poder… Pra já! Negro no poder… Fico vendo essas coisas, vendo tudo acontecer, injustiças e maus tratos e o abuso do poder… Quando olham minha gente, nunca é pra proteger, muitas cosias acontecem e o meu povo resistindo… Oh!Jah! Negro no poder… Pra já! Negro no poder… Oh!Jah! Negro no poder… Pra já! Negro no poder…” (Cidade Negra – Negro no poder – Comp.: Bernardo/Bino/Da Gama/Lazão)

“… Eu fui… Eu fui… Eu fui… Eu fui… Eu fui… Eu fui… Pro outro lado de lá. Eu fui… Eu fui… Eu fui… Eu fui… Eu fui… Eu fui… Brasil, Jamaica… Eu fui… Eu fui… Eu fui… Eu fui… Eu fui… Eu fui… Pro outro lado de lá. Eu fui… Eu fui… Eu fui… Eu fui… Eu fui… Eu fui… Brasil, Jamaica… Sou brasileiro, sou muito feliz, ouvi seu nome muito além de Paris… Saímos pra tocar, fomos pro lado de lã, América, Europa, de que tanto ouvi falar… Ouvi muitas histórias, “Mundo novo é aqui”. Terra das maravilhas, Disneylandia e Mickey Mouse… Tocar com Ziggy Marley em Miami foi legal, todas as potências do reggae mundial, então… E Jimmy Cliff na baixada uma hora nos falou, que na Jamaica em Montego Bay, numa favela ele viu nascer um rei… Sua mensagem que muito nos marcou, “Pois o reggae quando bate você nunca sente dor”… Assim dizia o rei que o mundo encantou… Assim dizia o rei que ao mundo provou… Que a liberdade e a sapiência, a sapiência… São peças chaves pra maior inteligência… Um grande sonho a se realizar, reggae, Brasil, estou louco pra tocar… Shabba Ranks, Pato Banton, Burning spear, Wailing souls, Big Youth ,Cocotea,… Sinto muito mas eu tenho que partir… Sinto muito mas eu tenho que partir… Na baixada uma hora nos falou, que na Jamaica em Montego Bay, numa favela ele viu nascer um rei… Sua mensagem que muito nos marcou, “Pois o reggae quando bate você nunca sente dor”… Assim dizia o rei que o mundo encantou… Assim dizia o rei que ao mundo provou… Que a liberdade e a sapiência, a sapiência… São peças chaves pra maior inteligência… Um grande sonho a se realizar, reggae, Brasil, estou louco pra tocar… Shabba Ranks, Pato Banton, Burning spear, Wailing souls, Big Youth ,Cocotea,… Sinto muito mas eu tenho que partir… Sinto muito mas eu tenho que partir… “ (Cidade Negra – Downtown – Comp.: Cidade Negra)

“… Oh, isso é que me faz sorrir, oh, isso é que me faz chorar… Oh, isso é que me faz sorrir, oh, isso é que me faz chorar… Isso é que faz a vida. Isso é que faz a vida. Oh, isso deu pra mim no tarô, oh, isso deu pra mim no tarô, oh, isso deu pra mim no tarrô-ô… Isso deu nos búzios, que a minha irmã jogou pra mim. Isso deu nos búzios, que a minha irmã jogou… É o que te faz seguir na vida, é o que te faz meu bem-querer. É o que te faz seguir na vida, é o que te faz meu bem-querer… É a alegria viva, é a visão de benzer… Pra você também. Pra você também. Pra você també-ém… Ah, meu Zumbi! Ah, meu Jacó! Ai, ai, meu Deus! Pense neles só só só… Pense neles só!… Ah, meu Zumbi! Ah, meu Jacó! Ai, ai, meu Deus! Pense neles só só só… Pense neles só!… Oh, isso é que me faz sorrir, oh, isso é que me faz chorar… Oh, isso é que me faz sorrir, oh, isso é que me faz chorar… Isso é que faz a vida. Isso é que faz a vida. Oh, isso deu pra mim no tarô, oh, isso deu pra mim no tarô, oh, isso deu pra mim no tarrô-ô… Isso deu nos búzios, que a minha irmã jogou pra mim. Isso deu nos búzios, que a minha irmã jogou… É o que te faz seguir na vida, é o que te faz meu bem-querer. É o que te faz seguir na vida, é o que te faz meu bem-querer… É a alegria viva, é a visão de benzer… Pra você também. Pra você também. Pra você també-ém… Ah, meu Zumbi! Ah, meu Jacó! Ai, ai, meu Deus! Pense neles só só só… Pense neles só!… Ah, meu Zumbi! Ah, meu Jacó! Ai, ai, meu Deus! Pense neles só só só… Pense neles só!…” (Cidade Negra – Minha irmã – Comp.: Toni Garrido)

Confira outros sucessos de Cidade Negra:

“Evite o álcool. Se pode ser remédio, quando usado em pequenas doses, traz malefícios incalculáveis, se nos leva ao abuso. Pare enquanto é tempo. Construa em sua mente a sua própria imagem livre de beber, e repita muitas vezes ao dia, seguidamente: nada me vencerá! Sou forte e vencerei todos os meus vícios! Não diga: “não quero mais beber”! Diga antes: não gosto mais de bebida!” (Minutos de Sabedoria Pg. 259)

Bom dia pessoal,

Em atividades na quarta (18) no Bairro da Paz e ontem (19) em Cajazeiras V, tivemos a oportunidade de, juntamente com a Secretária Moema e o Secretário Rui Costa, Dar continuidade às ações do Programa Vida Melhor Urbano.

No Bairro da Paz, empreendedores individuais, cooperativas e associações do Bairro da Paz, em Salvador, receberam na manhã desta quarta-feira (18) equipamentos para ampliar a produção e renda, por meio do programa ‘Vida Melhor Urbano’. A entrega incluiu uma cozinha industrial completa, uma linha de costura com 23 máquinas, além de outros 57 equipamentos individuais, como carrinhos de churrasco, pizza e de coleta de recicláveis. O programa é coordenado pela Casa Civil do Estado e executado em parceria com as secretarias de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes) e do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

Já em Cajazeiras V e Castelo Branco, Empreendedores receberam equipamentos individuais que irão possibilitar-lhes melhores condições de prosseguir em seus empreendimentos.

Lidar com a vida exige firmeza de propósitos. O mundo a sua volta sempre te cobrará posições. Algumas delas incoerentes e nem sempre capazes de causar-lhe orgulho de si mesmo. Lembre-se: Independente da expectativa do mundo a sua volta, será sempre uma decisão sua, consigo mesmo. Seu crescimento, sua subida jamais necessitará acontecer pisando ou destruindo a caminhada de outras pessoas. Siga seu caminho, construa seus triunfos, mas, permita-se assistir e seja construtor de outros triunfos a sua volta. É minha dica para esta sexta-feira.

Nas nossas sugestões de leitura de hoje, dois textos do site Correio do Brasil. Vale a pena conferir.

Base aliada vota de acordo com o Planalto e mantém vetos da Presidência – O Congresso manteve, em sessão que chegou à madrugada desta quarta-feira, os vetos presidenciais em sete matérias, incluindo o projeto que pretendia acabar com a cobrança de multa adicional do FGTS em casos de demissão sem justa causa, informou a Coordenação-Geral da Casa, após a votação. Seriam necessários os votos de 257 deputados e 41 senadores para reverter os vetos presidenciais, o que não aconteceu em nenhum dos casos. O Congresso não informou o placar das votações.

http://correiodobrasil.com.br/noticias/politica/base-aliada-vota-de-acordo-com-o-planalto-e-mantem-vetos-da-presidencia/646198/

Governador do PSB cogita sair do partido após fim da aliança com PT – A saída do PSB do governo da presidente Dilma Rousseff (PT), embora o partido não tenha rompido totalmente com a base aliada, tem sido alvo de críticas por parte do governador do Ceará, Cid Gomes. Cid, que sempre defendeu a permanência do PSB junto ao governo e o apoio da legenda à reeleição de Dilma, teria dito, logo após a reunião que definiu os rumos do partido, na véspera, que irá pensar se permanece ou sai da sigla socialista. Segundo fontes que participaram da reunião da cúpula socialista, em Brasília, Cid teria desejado que o partido tomasse esta decisão mais adiante, sendo voto vencido por todos os demais integrantes da Executiva Nacional. Caso venha a sair do PSB e filiar-se a outro partido, Cid poderá ter o apoio do PT para lançar como seu sucessor o senador Eunício Miranda (PMDB), algo que hoje não interessa ao partido.

http://correiodobrasil.com.br/noticias/politica/governador-do-psb-cogita-sair-do-partido-apos-fim-da-alianca-com-pt/646833/

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com/2013/09/20/trabalhando-com-poesia-511/

Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma sexta-feira abençoada por Deus e coberta pela paz do Alá de Oxalá! Bom final de semana e até segunda feira.

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

Clara – Cassemiro de Abreu

Não sabes, Clara, que pena
eu teria se — morena
tu fosses em vez de clara!
Talvez… quem sabe… não digo…
mas refletindo comigo
talvez nem tanto te amara!

A tua cor é mimosa,
brilha mais da face a rosa
tem mais graça a boca breve.
O teu sorriso é delírio…
És alva da cor do lírio,
és clara da cor da neve!

A morena é predileta,
mas a clara é do poeta:
assim se pintam arcanjos.
Qualquer, encantos encerra,
mas a morena é da terra
enquanto a clara é dos anjos!

Mulher morena é ardente:
prende o amante demente
nos fios do seu cabelo;
— A clara é sempre mais fria,
mas dá-me licença um dia
que eu vou arder no teu gelo!

A cor morena é bonita,
mas nada, nada te imita
nem mesmo sequer de leve.
— O teu sorriso é delírio…
És alva da cor do lírio,
és clara da cor da neve!

Eu nasci além dos mares – Cassemiro de Abreu

Eu nasci além dos mares:
Os meus lares,
Meus amores ficam lá!
— Onde canta nos retiros
Seus suspiros,
Suspiros o sabiá!

Oh que céu, que terra aquela,
Rica e bela
Como o céu de claro anil!
Que seiva, que luz, que galas,
Não exalas
Não exalas, meu Brasil!

Oh! que saudades tamanhas
Das montanhas,
Daqueles campos natais!
Daquele céu de safira
Que se mira,
Que se mira nos cristais!

Não amo a terra do exílio,
Sou bom filho,
Quero a pátria, o meu país,
Quero a terra das mangueiras
E as palmeiras,
E as palmeiras tão gentis!

Como a ave dos palmares
Pelos ares
Fugindo do caçador;
Eu vivo longe do ninho,
Sem carinho;
Sem carinho e sem amor!

Debalde eu olho e procuro…
Tudo escuro
Só vejo em roda de mim!
Falta a luz do lar paterno
Doce e terno,
Doce e terno para mim.

Distante do solo amado
— Desterrado —
A vida não é feliz.
Nessa eterna primavera
Quem me dera,
Quem me dera o meu país!

O QUE É – SIMPATIA – Cassemiro de Abreu

(A uma menina)

Simpatia – é o sentimento
Que nasce num só momento,
Sincero, no coração;
São dois olhares acesos
Bem juntos, unidos, presos
Numa mágica atração.

Simpatia – são dois galhos
Banhados de bons orvalhos
Nas mangueiras do jardim;
Bem longe às vezes nascidos,
Mas que se juntam crescidos
E que se abraçam por fim.

São duas almas bem gêmeas
Que riem no mesmo riso,
Que choram nos mesmos ais;
São vozes de dois amantes,
Duas liras semelhantes,
Ou dois poemas iguais.

Simpatia – meu anjinho,
É o canto do passarinho,
É o doce aroma da flor;
São nuvens dum céu d’Agôsto,
É o que m’inspira teu rosto…
– Simpatia – é – quase amor!

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s