Trabalhando com Poesia

“… No serviço de auto-falante do morro do Pau da Bandeira, quem avisa é o Zé do Caroço, amanhã vai fazer alvoroço, alertando a favela inteira… Aí como eu queria que fosse em mangueira, que existisse outro Zé do Caroço, pra falar de uma vez pra esse moço, carnaval não é esse colosso, nossa escola é raiz, é madeira… Mas é o Morro do Pau da Bandeira, de uma Vila Isabel verdadeira… E o Zé do Caroço trabalha e, o Zé do Caroço batalha e, que malha o preço da feira… E na hora que a televisão brasileira, destrói toda gente com a sua novela, é que o Zé bota a boca no mundo, ele faz um discurso profundo, ele quer ver o bem da favela… Está nascendo um novo líder, no morro do Pau da Bandeira… Está nascendo um novo líder, no morro do Pau da Bandeira, no morro do Pau da Bandeira, no morro do Pau da Bandeira… Lelelelê Lelelelelelelelelê, Lelelelê Lelelelelelelelelê… No serviço de auto-falante do morro do Pau da Bandeira, quem avisa é o Zé do Caroço, amanhã vai fazer alvoroço, alertando a favela inteira… Aí como eu queria que fosse em mangueira, que existisse outro Zé do Caroço, pra falar de uma vez pra esse moço, carnaval não é esse colosso, nossa escola é raiz, é madeira… Mas é o Morro do Pau da Bandeira, de uma Vila Isabel verdadeira… E o Zé do Caroço trabalha e, o Zé do Caroço batalha e, que malha o preço da feira… E na hora que a televisão brasileira, destrói toda gente com a sua novela, é que o Zé bota a boca no mundo, ele faz um discurso profundo, ele quer ver o bem da favela… Está nascendo um novo líder, no morro do Pau da Bandeira… Está nascendo um novo líder, no morro do Pau da Bandeira, no morro do Pau da Bandeira, no morro do Pau da Bandeira… Lelelelê Lelelelelelelelelê, Lelelelê Lelelelelelelelelê…” (Seu Jorge – Zé do caroço – Comp.: Leci Brandão)

“…Ela é amiga da minha mulher, pois é, pois é, mas vive dando em cima de mim, enfim, enfim… Ainda por cima é uma tremenda gata, pra piorar minha situação, se fosse mulher feia tava tudo certo, mulher bonita mexe com meu coração, se fosse mulher feia tava tudo certo, mulher bonita mexe com meu coração… Não pego, eu pego, não pego, eu pego, eu não pego não… Não pego, eu pego, não pego, eu pego, eu não pego não… Minha mulher me perguntou até: qual é, qual é? Eu respondi que não tô nem aí, menti, menti… De vez em quando eu fico admirando, é muita areia pro meu caminhão , se fosse mulher feia tava tudo certo, mulher bonita mexe com meu coração, se fosse mulher feia tava tudo certo, mulher bonita mexe com meu coração… Não pego, eu pego, não pego, eu pego, eu não pego não… Não pego, eu pego, não pego, eu pego, eu não pego não… O meu cunhado já me avisou, que se eu der mole ele vai me entregar, a minha sogra me orientou, isso não tá certo é melhor parar… Falei, ela não quis ouvir, pedi, ela não respeitou, eu juro! a carne é fraca mas nunca rolou… Falei, ela não quis ouvir, pedi, ela não respeitou, eu juro! a carne é fraca mas nunca rolou… Não pego, eu pego, não pego, eu pego, eu não pego não.. Não pego, eu pego, não pego, eu pego, eu não pego não… Não pego, eu pego, não pego, eu pego, eu não pego não.. Não pego, eu pego, não pego, eu pego, eu não pego não… Não pego, eu pego, não pego, eu pego, eu não pego não.. Não pego, eu pego, não pego, eu pego, eu não pego não… Não pego, eu pego, não pego, eu pego, eu não pego não.. Não pego, eu pego, não pego, eu pego, eu não pego não…” (Seu Jorge – Amiga da minha mulher – Comp.: Gabriel Moura e Seu Jorge)

“… Carolina é uma menina bem difícil de esquecer, andar bonito e um brilho no olhar, tem um jeito adolescente que me faz enlouquecer e um molejo que não vou te enganar… Maravilha feminina, meu docinho de pavê, inteligente, ela é muito sensual, te confesso que estou apaixonado por você… Ô Carolina isso é muito natural! Ô Carolina eu preciso de você! Ô Carolina eu não vou suportar não te ver! Carolina eu preciso te falar! Ô Carolina eu vou amar você!… De segunda a segunda eu fico louco pra te ver, quanto eu te ligo você quase nunca está… Isso era outra coisa que eu queria te dizer, não temos tempo então melhor deixar pra lá… A princípio no Domingo o que você quer fazer? faça um pedido que eu irei realizar, olha aí amigo eu digo que ela só me dá prazer, essa mina Carolina é de abalar, ô… Ô Carolina eu preciso de você! Ô Carolina não vou suportar não te ver! Carolina eu preciso te falar! Ô Carolina eu vou amar você! Carolina, Carolina… Carolina, preciso te encontrar! Carolina, me sinto muito só1 Carolina, preciso te dizer! Ô Carolina eu só quero amar você! Carolina, Carolina… Carolina, preciso te encontrar! Carolina, me sinto muito só1 Carolina, preciso te dizer! Ô Carolina eu só quero amar você!… Carolina é uma menina bem difícil de esquecer, andar bonito e um brilho no olhar… Tem um jeito adolescente que me faz enlouquecer e um molejo que não vou te enganar… Maravilha feminina, meu docinho de pavê, inteligente, ela é muito sensual, te confesso que estou apaixonado por você… Ô Carolina eu preciso de você! Ô Carolina não vou suportar não te ver! Carolina eu preciso te falar! Ô Carolina eu vou amar você… Eu vou amar você, pois eu vou te dar muito carinho; Vou te dar beijinho no cangote., oi Carolina, menina bela, menina bela… Carolina, preciso te encontrar! Carolina, me sinto muito só! Carolina, preciso te dizer! Ô Carolina eu só quero amar você… Ô Carolina eu preciso de você! Ô Carolina não vou suportar não te ver! Carolina eu preciso te falar! Ô Carolina eu vou amar você… Eu vou amar você, pois eu vou te dar muito carinho; Vou te dar beijinho no cangote., oi Carolina, menina bela, menina bela… Carolina, preciso te encontrar! Carolina, me sinto muito só! Carolina, preciso te dizer! Ô Carolina eu só quero amar você… Ô Carolina eu preciso de você! Ô Carolina não vou suportar não te ver! Carolina eu preciso te falar! Ô Carolina eu vou amar você… Eu vou amar você, pois eu vou te dar muito carinho; Vou te dar beijinho no cangote., oi Carolina, menina bela, menina bela… Carolina, preciso te encontrar! Carolina, me sinto muito só! Carolina, preciso te dizer! Ô Carolina eu só quero amar você… Carolina, Carolina… Carol, Carol, Carol” (Seu Jorge – Carolina – Comp.: Seu Jorge)

“A vida é alegria, quando espalhamos apenas otimismo e amor em redor de nós. Busque sempre ajudar e ser vir, derramando felicidade em torno de você, e a alegria voltará para você mesmo. Procure viver integrado na Energia Cósmica, que se dá igualmente a todos, e você verá que sua vida se transformará num ato de puro amor e num paraíso de felicidades sem limites.” (Minutos de Sabedoria Pg. 277)

Bom dia pessoal,
Dia de tensão e emoção para a torcida do Bahia, que enfrenta hoje o Flamengo no Rio de Janeiro, pelo brasileirão da série A. o time baiano encontra-se na 12ª posição, necessitando de um triunfo para escapar do Z4.

A presidenta Dilma Rousseff, em anúncio de investimentos para mobilidade urbana em Salvador, nesta terça-feira (15), destacou a importância de se oferecer qualidade, preço de tarifas adequado e integração entre os diferentes modais disponíveis. Dilma reforçou a necessidade de se investir na construção de linhas de metrô em grandes cidades, como a capital baiana, que receberá do governo federal R$ 2,3 bilhões para construção do sistema metroviário.
“Essa obra mostra um novo momento no tratamento da mobilidade urbana do país. (…) Olharemos também as condições em que as pessoas são transportadas, se tem segurança rapidez e conforto. Temos de olhar a modicidade tarifária, se as pessoas estão pagando adequadamente. (…) O que vem acontecendo no Brasil é que temos que ter a concepção de que o metro, em grandes cidades é fundamental”, afirma.
A presidenta defendeu a integração do transporte para melhorar a acessibilidade e para diminuir a tarifa cobrada do usuário, com soluções como o bilhete único. Dilma lembrou que, além de pesar menos no orçamento das famílias, medidas como essa ainda devolvem tempo para as pessoas, que podem ter acesso a mais lazer, mais tempo em casa e para estudar.
“Os corredores de ônibus, o monotrilho, a barca, todas essas modalidades têm de ser integradas. Achei muito bom que apresentação aqui mostra a integração dos diferentes tipos de transporte. Uma cidade sempre é um campo em que as desigualdades sociais aparecem. (…) Fazer transporte transversal, que permita que todos os bairros sejam acessíveis, é fundamental para o transporte urbano”, completa.

(Fonte: http://blog.planalto.gov.br/dilma-metro-de-salvador-mostra-novo-momento-no-trato-da-mobilidade-urbana-do-pais/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=dilma-metro-de-salvador-mostra-novo-momento-no-trato-da-mobilidade-urbana-do-pais)

Confira o vídeo com o discurso da Presidenta Dilma:

Em nossa sugestão de leitura para o “Trabalhando com Poesia” de hoje textos de alguns importantes blogs. Vale a pena conferir:

Vox: Dilma vence em todos os cenários no 1º turno – Na simulação em que a presidente vence de maneira mais apertada, o resultado é de 41% para ela contra 40% da soma entre as intenções para a ex-ministra Marina Silva (21%) e o ex-governador José Serra (19%); Instituto Vox Populi realizou pesquisa nacional que aponta vitória da presidente Dilma Rousseff no primeiro turno das eleições de 2014 contra todos os seus adversários; todas as simulações foram testadas; Dilma versus o tucano Aécio Neves e o socialista Eduardo Campos; a presidente contra a ex-ministra Marina Silva e o ex-governador José Serra; ou enfrentando Aécio e Marina ou Campos e Serra; também foram testados todos os cenários possíveis de segundo turno; confira os índices (…)

http://www.brasil247.com/pt/247/poder/117914/Vox-Dilma-vence-em-todos-os-cen%C3%A1rios-no-1%C2%BA-turno.htm

Campos deu carona ao escorpião?, Por Fernando Brito, no blog Tijolaço: – Mesmo na política brasileira, onde o interesse pessoal, com tanta frequência, é o centro das razões políticas, é difícil entender porque Eduardo Campos entregou sua candidatura, de maneira tão evidente, às mãos de harpia de Marina Silva. Porque parece evidente que não havia entre ambos, até a semana passada, sequer uma relação de proximidade, quanto mais uma identidade política, passo inicial de qualquer lealdade política.

http://altamiroborges.blogspot.com.br/2013/10/campos-deu-carona-ao-escorpiao.html#more

O FANTASMA DA PROLETARIZAÇÃO ATEMORIZA OS MÉDICOS – Mercado e saúde não têm se revelado uma boa combinação: custos elevados, mau atendimento, negativas de exames e de cirurgias. O setor público não se sai melhor. O corporativismo e uma política deliberada de privatização contribuem para isso. É nesse contexto que as reações ao Mais Médicos precisam ser analisadas, por Paulo de Tarso Soares, Ana Paula Paulino da Costa, José Paulo Guedes Pinto, para Le Monde Diplomatique – O que ocorre na medicina não é diferente do que ocorre no resto da economia capitalista. A luta entre patrão e empregado, a tal luta de classes, faz que o trabalho direto seja substituído pelas máquinas. E esse processo não é indolor.

http://www.patrialatina.com.br/editorias.php?idprog=ff47afc1bc40f685b0982f6b0e40248b&cod=12592

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com/2013/10/16/trabalhando-com-poesia-528

Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma quarta-feira abençoada por Deus e repleta da força da rainha dos ventos e trovões. Eparrey Oyá.

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 1: apio.nascimento@sedesba.ba.gov.br
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

Disparada – Geraldo Vandré

Prepare o seu coração
Prás coisas
Que eu vou contar
Eu venho lá do sertão
Eu venho lá do sertão
Eu venho lá do sertão
E posso não lhe agradar…

Aprendi a dizer não
Ver a morte sem chorar
E a morte, o destino, tudo
A morte e o destino, tudo
Estava fora do lugar
Eu vivo prá consertar…

Na boiada já fui boi
Mas um dia me montei
Não por um motivo meu
Ou de quem comigo houvesse
Que qualquer querer tivesse
Porém por necessidade
Do dono de uma boiada
Cujo vaqueiro morreu…

Boiadeiro muito tempo
Laço firme e braço forte
Muito gado, muita gente
Pela vida segurei
Seguia como num sonho
E boiadeiro era um rei…

Mas o mundo foi rodando
Nas patas do meu cavalo
E nos sonhos
Que fui sonhando
As visões se clareando
As visões se clareando
Até que um dia acordei…

Então não pude seguir
Valente em lugar tenente
E dono de gado e gente
Porque gado a gente marca
Tange, ferra, engorda e mata
Mas com gente é diferente…

Se você não concordar
Não posso me desculpar
Não canto prá enganar
Vou pegar minha viola
Vou deixar você de lado
Vou cantar noutro lugar

Na boiada já fui boi
Boiadeiro já fui rei
Não por mim nem por ninguém
Que junto comigo houvesse
Que quisesse ou que pudesse
Por qualquer coisa de seu
Por qualquer coisa de seu
Querer ir mais longe
Do que eu…

Mas o mundo foi rodando
Nas patas do meu cavalo
E já que um dia montei
Agora sou cavaleiro
Laço firme e braço forte
Num reino que não tem rei

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s