Trabalhando com Poesia

“… É comum a gente sonhar, eu sei, quando vem o entardecer, pois eu também dei de sonhar um sonho lindo de morrer. Vejo um berço e nele eu me debruçar, com o pranto a me correr e assim, chorando, acalentar o filho que eu quero ter… Dorme, meu pequenininho, dorme que a noite já vem, teu pai está muito sozinho, de tanto amor que ele tem. De repente o vejo se transformar num menino igual a mim, que vem correndo me beijar, quando eu chegar lá de onde vim. Um menino sempre a me perguntar, um porquê que não tem fim, um filho a quem só queira bem e a quem só diga que sim… Dorme, menino levado, dorme que a vida já vem, teu pai está muito cansado, de tanta dor que ele tem. Quando a vida enfim me quiser levar, pelo tanto que me deu, sentir-lhe a barba me roçar, no derradeiro beijo seu. E ao sentir também sua mão vedar meu olhar dos olhos seus, ouvir-lhe a voz a me embalar, num acalanto de adeus… Dorme, meu pai, sem cuidado, dorme que ao entardecer, teu filho sonha acordado, com o filho que ele quer ter…” (Paulinho da Viola – O Filho Que Eu Quero Ter – Comp.: Vinicius de Moraes / Toquinho)

“… Eu sem você não tenho porque, porque sem você não sei nem chorar, sou chama sem luz, jardim sem luar, luar sem amor, amor sem se dar. E eu sem você sou só desamor, um barco sem mar, um campo sem flor, tristeza que vai, tristeza que vem, sem você meu amor eu não sou ninguém… Ah que saudade, que vontade de ver renascer nossa vida, volta querida, os meus braços precisam dos teus, teus abraços precisam dos meus, estou tão sozinho tenho os olhos cansados de olhar para o além, vem ver a vida, sem você meu amor eu não sou ninguém, sem você meu amor eu não sou ninguém…” (Vinicius de Moraes & Maria Creuza – Samba em Prelúdio – Comp.: Baden Powell e Vinícius de Moraes)

“… Mulher mais adorada! Agora que não estás, deixa que rompa o meu peito em soluços, te enrustiste em minha vida, e cada hora que passa é mais por que te amar a hora derrama o seu óleo de amor em mim, amada. E sabes de uma coisa? Cada vez que o sofrimento vem, essa vontade de estar perto, se longe ou estar mais perto se perto, que é que eu sei? Este sentir-se fraco, o peito extravasado, o mel correndo, essa incapacidade de me sentir mais eu, Orfeu; tudo isso que é bem capaz de confundir o espírito de um homem. Nada disso tem importância quando tu chegas com essa charla antiga, esse contentamento, esse corpo e me dizes essas coisas que me dão essa força, esse orgulho de rei. Ah, minha Eurídice, meu verso, meu silêncio, minha música. Nunca fujas de mim. Sem ti, sou nada. Sou coisa sem razão, jogada, sou pedra rolada. Orfeu menos Eurídice: coisa incompreensível! A existência sem ti é como olhar para um relógio só com o ponteiro dos minutos. Tu és a hora, és o que dá sentido e direção ao tempo, minha amiga mais querida! Qual mãe, qual pai, qual nada! A beleza da vida és tu, amada. Milhões amada! Ah! Criatura! Quem poderia pensar que Orfeu, Orfeu cujo violão é a vida da cidade e cuja fala, como o vento à flor despetala as mulheres – que ele, Orfeu, Ficasse assim rendido aos teus encantos? Mulata, pele escura, dente branco, vai teu caminho que eu vou te seguindo no pensamento e aqui me deixo rente quando voltares, pela lua cheia, para os braços sem fim do teu amigo. Vai tua vida, pássaro contente, vai tua vida que estarei contigo…” (Vinicius de Moraes – Monólogo de Orfeu – Composição: Vinicius de Moraes / Antonio Carlos Jobim)

“Por que tem medo de que a riqueza não chegue para você? A riqueza pertence a todos, no universo. Se existem pessoas mais prósperas que outras, não pense que se trata de injustiça ou desequilíbrio da Lei. Se eles conseguiram essa abundância, você também poderá obtê-la. Não procure enriquecer tirando dos outros: busque-a na Energia Cósmica, no universo, que dá a todos oportunidades de acordo com as capacidades de cada um.” (Minutos de Sabedoria Pg. 281)

Bom dia pessoal,

Muitas vezes me pego pensando no motivo de viver de certas pessoas. Comentava com um colega que deu uma demonstração super nobre na noite de sábado, que lamentavelmente neste nosso mundo de hoje, atitudes belas como as dele lamentavelmente são anormais. Confesso ainda me surpreender negativamente com as atitudes de irmãos, filhos, etc que, deveriam ser amorosos com os seus, mas, que lamentavelmente se entregam de corpo e alma à cultura do ter em detrimento do ser. Não sei quem falou certa feita, que quanto mais convivia com os homens, mas, se apaixonava por seus cachorros. Me perdoem o desabafo, mas, certas coisas que nos angustiam e que em respeito a pedidos de pessoas amadas, não podemos dar o tratamento que a situação merece e, sendo assim, para desopilar o coração e a alma, me ao poeta, ou ao mero escritor de ocasião como é o caso deste sobrevivente, só restam as letras e o desktop do computador.

Não pestaneje em dedicar amor aos seus amigos, irmãos, pais, avós, parentes enfim. A vida é curta e nenhum de nós sabe ao certo o que ela nos reserva na próxima esquina, que demora frações de segundos para nos alcançar. Amar não custa nada, muito menos ainda custa ser feliz. É minha dica de hoje. Abraços a todos (as).

Nas nossas sugestões de leitura de hoje, alguns textos do blog Brasil 247. Vale a pena conferir:

“Libra cria novo eixo de forças no petróleo” – Associada a duas gigantes privadas e duas estatais, Petrobras cria oportunidade para intensa troca de tecnologias em torno da exploração do campo de Libra; vitória do consórcio formado pela estatal brasileira (40%), a holandesa Shell (20%), a francesa Total (20%) e as chinesas CNOOC (10%) e CNC (10%) derrota arautos da fracassomania; especulações contra o modelo de exploração da maior jazida de petróleo do País gastaram muita tinta e papel da mídia tradicional, mas eis que, na batida do martelo, a verdade apareceu; exploração do pré-sal, agora, passa a mudar o mapa de poder entre as gigantes desse setor cercado por intrigas e interesses
http://www.brasil247.com/pt/247/economia/118416/Libra-cria-novo-eixo-de-for%C3%A7as-no-petr%C3%B3leo.htm

“Tijolaço: FHC leiloou Libra por apenas R$ 250 mil” – Área onde está o poço de Libra já havia sido leiloada no passado, quando a Agência Nacional do Petróleo era comandada por David Zylbertajn, genro do ex-presidente FHC; bônus de assinatura foi irrisório; “era tão barato que, mesmo com esse preço, a Agip arrematou a área por R$ 134 milhões, ágio de 53.564%”, diz o texto de Fernando Brito
http://www.brasil247.com/pt/247/economia/118459/Tijola%C3%A7o-FHC-leiloou-Libra-por-apenas-R$-250-mil.htm

“Nova vitória: Dilma sanciona hoje Mais Médicos” – Um dia depois do leilão de Libra, a presidente tem mais um motivo para sorrir; ela sanciona a lei, já aprovada na Câmara e no Senado, que beneficia um total de 577 municípios e 3,5 milhões de pessoas; a cerimônia ocorre no Palácio do Planalto e deve contar com a presença do presidente do Senado, Renan Calheiros, e do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que vai apresentar um balanço do programa
http://www.brasil247.com/pt/247/saudeebemestar/118451/Nova-vit%C3%B3ria-Dilma-sanciona-hoje-Mais-M%C3%A9dicos.htm
“Dilma rumo à reeleição” – por JOSÉ GUIMARÃES – A presidente Dilma Rousseff não precisará de nenhum truque, factoide, aliança milagrosa, bandeira mágica ou manobra esperta para pleitear sua reeleição na disputa do próximo ano
A presidente Dilma Rousseff não precisará de nenhum truque, factoide, aliança milagrosa, bandeira mágica ou manobra esperta para pleitear sua reeleição na disputa do próximo ano. Sua candidatura decorre de uma trajetória de vida dedicada à luta ininterrupta pela democracia, materializada na resistência inarredável à ditadura e na dedicação integral à execução do projeto democrático e popular que chegou ao governo em 1º de janeiro de 2003, que cumpriu oito anos com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e prossegue com o governo Dilma, já prestes a concluir seu terceiro ano. Sua candidatura à reeleição surge, portanto, absolutamente natural.
http://www.brasil247.com/pt/247/artigos/118380/Dilma-rumo-%C3%A0-reelei%C3%A7%C3%A3o.htm
Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:
https://oipa2.wordpress.com/2013/10/22/trabalhando-com-poesia-532

Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma Terça-feira abençoada por Deus.
Apio Vinagre Nascimento
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

O CÂNTICO DA TERRA – Cora Coralina

Eu sou a terra, eu sou a vida.
Do meu barro primeiro veio o homem.
De mim veio a mulher e veio o amor.
Veio a árvore, veio a fonte.
Vem o fruto e vem a flor.

Eu sou a fonte original de toda vida.
Sou o chão que se prende à tua casa.
Sou a telha da coberta de teu lar.
A mina constante de teu poço.
Sou a espiga generosa de teu gado
e certeza tranqüila ao teu esforço.
Sou a razão de tua vida.
De mim vieste pela mão do Criador,
e a mim tu voltarás no fim da lida.
Só em mim acharás descanso e Paz.

Eu sou a grande Mãe Universal.
Tua filha, tua noiva e desposada.
A mulher e o ventre que fecundas.
Sou a gleba, a gestação, eu sou o amor.

A ti, ó lavrador, tudo quanto é meu.
Teu arado, tua foice, teu machado.
O berço pequenino de teu filho.
O algodão de tua veste
e o pão de tua casa.

E um dia bem distante
a mim tu voltarás.
E no canteiro materno de meu seio
tranqüilo dormirás.

Plantemos a roça.
Lavremos a gleba.
Cuidemos do ninho,
do gado e da tulha.
Fartura teremos
e donos de sítio
felizes seremos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s