Trabalhando com Poesia

“…Quero aprender a amar, para fazer as pazes até a noite chegar… Quero aprender a amar, em todos os detalhes, para te decifrar… Quero aprender a amar, pra cometer pecados, e depois me perdoar… Quero aprender a amar, em todas as palavras, para te sussurrar… Só quero o amor das grandes paixões, ser como crianças no parque de diversões, aquele amor que em menos de um instante, faz a vida girar numa roda gigante… Quero aprender a amar, para fazer as pazes, até a noite chegar… Quero aprender a amar, em todas as palavras, para te sussurrar… Só quero o amor das grandes paixões, ser como crianças no parque de diversões, aquele amor que em menos de um instante, faz a vida girar… Só quero o amor das grandes paixões, ser como crianças no parque de diversões, aquele amor que em menos de um instante, faz a vida girar numa roda gigante… Numa roda gigante… Numa roda gigante…” (Biquini Cavadão – Roda Gigante – Comp.: Álvaro, Bruno, Sheik, Miguel, Coelho)

“… Há tanto tempo venho procurando, venho te chamando, você existe, eu sei… Em algum lugar do mundo você vive, vive como eu, onde eu ainda não fui… Como é o seu rosto? Qual é o gosto que eu nunca senti? Qual é o seu telefone? Qual é o nome que eu nunca chamei?… Se eu esbarrei na rua com você e não te vi, meu amor, como poderia saber?… Tanta gente que eu conheci, não me encontrei só me perdi, amo o que eu não sei de você… Como é o seu rosto? Qual é o gosto que eu nunca senti? Qual é o seu telefone? Qual é o nome que eu nunca chamei?… Sei que você pode estar me ouvindo, ou pode até estar dormindo, do acaso eu não sei… Talvez veja o futuro em seus olhos, pelo seu jeito de me olhar, como reconhecerei voce?… Há tanto tempo venho procurando, venho te chamando, você existe, eu sei… Em algum lugar do mundo você vive, vive como eu, onde eu ainda não fui… Como é o seu rosto? Qual é o gosto que eu nunca senti? Qual é o seu telefone? Qual é o nome que eu nunca chamei?… Se eu esbarrei na rua com você e não te vi, meu amor, como poderia saber?… Tanta gente que eu conheci, não me encontrei só me perdi, amo o que eu não sei de você… Como é o seu rosto? Qual é o gosto que eu nunca senti? Qual é o seu telefone? Qual é o nome que eu nunca chamei?… Sei que você pode estar me ouvindo, ou pode até estar dormindo, do acaso eu não sei… Talvez veja o futuro em seus olhos, pelo seu jeito de me olhar, como reconhecerei voce?…” (Biquini Cavadão – Você existe, eu sei – Comp.: Álvaro, Bruno, Sheik, Miguel, Coelho)

“… Mesmo que nunca se perceba a nossa coragem, vai brotar de todos os lugares, como plantas num jardim… Vai enfeitar a nossa mente, de razões e ideais e ninguém mais além de nós, nos poderá deter… O vento quando sopra contra alguém, é mais fácil se deixar levar, e não remar a favor do que se tem, e de onde se possa chegar… Toda derrota é iminente, se o medo está presente, assim como o frio é o sabor do sol, quando não é quente… Toda derrota é iminente, se o medo está presente, assim como o frio é o sabor do sol, quando não é quente… Mesmo que nunca se perceba a nossa coragem, vai brotar de todos os lugares, como plantas num jardim… Vai enfeitar a nossa mente, de razões e ideais e ninguém mais além de nós, nos poderá deter… O vento quando sopra contra alguém, é mais fácil se deixar levar, e não remar a favor do que se tem, e de onde se possa chegar… Toda derrota é iminente, se o medo está presente, assim como o frio é o sabor do sol, quando não é quente… Toda derrota é iminente, se o medo está presente, assim como o frio é o sabor do sol, quando não é quente… Toda derrota é iminente, se o medo está presente, assim como o frio é o sabor do sol, quando não é quente… Toda derrota é iminente, se o medo está presente, assim como o frio é o sabor do sol, quando não é quente… E ninguém mais além de nós, e ninguém mais além de nós, nos poderá deter… E ninguém mais além de nós, e ninguém mais além de nós, nos poderá deter…” (Biquini Cavadão – Sabor do sol – Comp.: Álvaro, Bruno, Sheik, Miguel, Coelho)

“… Andando entre cacos me sinto em pedaços e, até hoje não sei dizer se está tudo acabado… Mas não troquei minha boca fechada, pelas suas palavras vazias, você me fez envelhecer, um ano a cada dia… Você me fez cair outra vez, na minha armadilha… Chego em casa tarde e ninguém me vê, não há nada errado em não saber o que fazer… Mas não troquei minha boca fechada pelas suas palavras vazias, você me fez envelhecer, um ano a cada dia… Você me fez cair outra vez, na minha armadilha… Na minha armadilha… Andando entre cacos me sinto em pedaços e, até hoje não sei dizer se está tudo acabado… Mas não troquei minha boca fechada, pelas suas palavras vazias, você me fez envelhecer, um ano a cada dia… Você me fez cair outra vez, na minha armadilha… Chego em casa tarde e ninguém me vê, não há nada errado em não saber o que fazer… Mas não troquei minha boca fechada pelas suas palavras vazias, você me fez envelhecer, um ano a cada dia… Você me fez cair outra vez, na minha armadilha… Na minha armadilha…” (Biquini Cavadão – Armadilha – Comp.: Eduardo – José Flores – Neto – Ronaldo)

Confira outros sucessos do Biquini Cavadão:

“Não maltrate os animais! São também filhos de Deus e irmãos nossos menores, que não adquiriram a faculdade do raciocínio abstrato. Mas são amigos que precisam de nossa ajuda e carinho. Não lhes imponha trabalhos demais. Alimente-os bem. Trate-os em suas enfermidades. Faça com essas criaturas de Deus, que dependem de você, o mesmo que você gosta de receber dos Anjos do Bem.” (Minutos de Sabedoria Pg. 036)

Bom dia pessoal,

Mais um final de semana chega e com ela a nossa sempre presente expectativa de momentos de lazer e de diversão junto aos nossos familiares.

O fim de semana terá como pontos altos a comemoração dos 65 anos do Afoxé Filhos de Gandhi, nesse sábado (01) no Museu do Ritmo. O tapete branco da paz começa a acelerar o ritmo em direção a mais um ano de paz na avenida.
No domingo (02) todos os caminhas nos levam ao mar para saudar a rainha Kayala. O Presente em Buraquinho tem previsão de saída as 9 horas. Atividade constante do Calendário Municipal de festejos tradicionais de Lauro de Freitas, a cada ano tem atraído mais pessoas do município e de outras localidades, da Bahia e de todo o Brasil.

O final de semana pode também ser marcado pela classificação antecipada da dupla BA x Vi na Copa do Nordeste, que pode ocorrer com um triunfo. O Bahia foi favorecido pelo empate entre Santa Cruz e CSA na noite de ontem. O time de Canabrava enfrenta o Confiança / SE em pituaço. Já o esquadrão enfrenta em Caruaru o Santa Cruz. Aliás, os campos que temos visto ser destinados aos clubes deveriam ser proibidos de abrigar jogos de campeonatos sérios. Segunda feira traremos os resultados.

Nas nossas sugestões de leitura de hoje, alguns textos do site Correio do Brasil. Vale a pena conferir:

Desemprego no Brasil é o menor da série histórica iniciada em 2003 – A taxa de desemprego no Brasil recuou a 4,3% em dezembro, fechando 2013 com taxa média de 5,4%, menores níveis históricos. A renda da população, por sua vez, apresentou um leve recuo no mês passado. Segundo a Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada nesta quinta-feira, em novembro, o desemprego já havia recuado a 4,6%, quando igualou a mínima histórica até então registrada em dezembro de 2012.

http://correiodobrasil.com.br/ultimas/desemprego-no-brasil-e-o-menor-da-serie-historica-iniciada-em-2003/680983/?utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_campaign=b20140131

Petrobras bate recorde de entrega de gás nacional em 2013 – A Petrobras informou, por meio de nota, que bateu novo recorde de entrega de gás natural nacional ao mercado em 2013, com a média anual de 44 milhões e 500 mil m³/d, 3,2% acima do resultado alcançado no ano anterior, que foi de 43 milhões e 100 m³/d. O recorde mensal, segundo a estatal, também foi batido, com a média de 47 milhões e 900 mil m³/d, em março de 2013.

http://correiodobrasil.com.br/meio-ambiente/energia/petrobras-bate-recorde-de-entrega-de-gas-nacional-em-2013/681098/?utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_campaign=b20140131

Mercadante vai para Casa Civil e Chioro assume ministério de Padilha – A reforma ministerial anunciada, oficialmente, nesta quinta-feira, começou com a troca de Aloizio Mercadante, na Casa Civil, para o lugar de Gleisi Hoffmann, pré-candidata ao governo do Paraná; e a condução de Arthur Chioro, na Saúde, no lugar de Alexandre Padilha, candidato do PT ao governo de São Paulo. A decisão anunciar as mudanças nesta tarde partiu do Palácio do Planalto, depois que Padilha falou ao público em cadeia nacional de rádio e televisão, na noite passada, para informar o início da vacinação contra HPV.

http://correiodobrasil.com.br/noticias/politica/mercadante-vai-para-casa-civil-e-chioro-assume-ministerio-de-padilha/681087/?utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_campaign=b20140131

MEC destina R$ 899 milhões ao Sistema S para oferecer cursos do Pronatec – A Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, do Ministério da Educação (MEC), vai repassar cerca de R$ 899 milhões a entidades do Sistema S para a oferta de cursos por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). De acordo com portariapublicada na edição desta quinta-feira do Diário Oficial da União, os recursos serão destinados ao custeio da ação Bolsa-Formação do Pronatec que oferece cursos de educação profissional técnica de nível médio e cursos de formação inicial e continuada ou qualificação profissional.

http://correiodobrasil.com.br/educacao/mec-destina-r-899-milhoes-ao-sistema-s-para-oferecer-cursos-do-pronatec/681055/?utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_campaign=b20140131

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com/2014/01/31/trabalhando-com-poesia-573

Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma sexta-feira abençoada por Deus e coberta pela paz do Alá de Oxalá! Bom final de semana e até segunda feira.

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

Tudo que faço ou medito – Fernando Pessoa

Tudo que faço ou medito
Fica sempre na metade
Querendo, quero o infinito.
Fazendo, nada é verdade.

Que nojo de mim me fica
Ao olhar para o que faço!
Minha alma é lúdica e rica,
E eu sou um mar de sargaço —

Um mar onde bóiam lentos
Fragmentos de um mar de além…
Vontades ou pensamentos?
Não o sei e sei-o bem.

A pálida luz da manhã de inverno – Fernando Pessoa

A pálida luz da manhã de inverno,
O cais e a razão
Não dão mais ‘sperança, nem menos ‘sperança sequer,
Ao meu coração.
O que tem que ser
Será, quer eu queira que seja ou que não.

No rumor do cais, no bulício do rio
Na rua a acordar
Não há mais sossego, nem menos sossego sequer,
Para o meu ‘sperar.
O que tem que não ser
Algures será, se o pensei; tudo mais é sonhar.

As lentas nuvens fazem sono – Fernando Pessoa

As lentas nuvens fazem sono,
O céu azul faz bom dormir.
Bóio, num íntimo abandono,
À tona de me não sentir.

E é suave, como um correr de água,
O sentir que não sou alguém,
Não sou capaz de peso ou mágoa.
Minha alma é aquilo que não tem.

Que bom, à margem do ribeiro
Saber que é ele que vai indo…
E só em sono eu vou primeiro.
E só em sonho eu vou seguindo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s