Trabalhando com Poesia

“… Ninguém ouviu um soluçar de dor, no canto do Brasil… Um lamento triste sempre ecoou, desde que o índio, guerreiro, foi pro cativeiro e de lá cantou… Negro entoou um canto de revolta pelos ares, no Quilombo dos Palmares, onde se refugiou… Fora a luta dos Inconfidentes pela quebra das correntes, nada adiantou… E de guerra em paz, de paz em guerra, todo o povo dessa terra, quando pode cantar, canta de dor… ô, ô, ô, ô, ô, ô… ô, ô, ô, ô, ô, ô… ô, ô, ô, ô, ô, ô… ô, ô, ô, ô, ô, ô… E ecoa noite e dia, é ensurdecedor… Ai, mas que agonia, o canto do trabalhador… Esse canto que devia ser um canto de alegria, soa apenas como um soluçar de dor… ô, ô, ô, ô, ô, ô… ô, ô, ô, ô, ô, ô… ô, ô, ô, ô, ô, ô… ô, ô, ô, ô, ô, ô… Ninguém ouviu um soluçar de dor, no canto do Brasil… Um lamento triste sempre ecoou, desde que o índio, guerreiro, foi pro cativeiro e de lá cantou… Negro entoou um canto de revolta pelos ares, no Quilombo dos Palmares, onde se refugiou… Fora a luta dos Inconfidentes pela quebra das correntes, nada adiantou… E de guerra em paz, de paz em guerra, todo o povo dessa terra, quando pode cantar, canta de dor… ô, ô, ô, ô, ô, ô… ô, ô, ô, ô, ô, ô… ô, ô, ô, ô, ô, ô… ô, ô, ô, ô, ô, ô… E ecoa noite e dia, é ensurdecedor… Ai, mas que agonia, o canto do trabalhador… Esse canto que devia ser um canto de alegria, soa apenas como um soluçar de dor… ô, ô, ô, ô, ô, ô… ô, ô, ô, ô, ô, ô… ô, ô, ô, ô, ô, ô… ô, ô, ô, ô, ô, ô…” (Clara Nunes – Canto das três raças – Comp.: Mauro Duarte e Paulo César Pinheiro)

“… Se vocês querem saber quem eu sou, eu sou a tal mineira, filha de Angola, de Ketu e Nagô, não sou de brincadeira… Canto pelos sete cantos, não temo quebrantos, porque eu sou guerreira… Dentro do samba eu nasci, me criei, me converti e ninguém vai tombar a minha bandeira… Dentro do samba eu nasci, me criei, me converti e ninguém vai tombar a minha bandeira… Bole com samba, que eu caio e balanço o balaio, no som dos tantãs… Rebolo, que deito e que rolo, me embalo e me embolo nos balangandãs… Bambeia de lá que eu bambeio nesse bamboleio, que eu sou bam bam bam e o samba não tem cambalacho, vai de cima embaixo, pra quem é seu fã… Eu sambo pela noite inteira, até amanhã de manhã, sou a mineira guerreira, filha de Ogum com Iansã… Salve o Nosso Senhor Jesus Cristo, Epa Babá, Oxalá! Salve São Jorge Guerreiro, Ogum, Ogum Iê, meu Pai! Salve Santa Bárbara, Eparrei, minha mãe Iansã! Salve São Pedro, Kawô Cabecilê, Xangô! Salve São Sebastião, Okê Arô, Oxóssi! Salve Nossa Senhora da Conceição, Odofiaba, Yemanjá! Salve Nossa Senhora da Glória, oraieiêio, Oxum! Salve Nossa Senhora de Santana, Nanã Burukê, Saluba, vovó! Salve São Lázaro, Atotô, Obaluaiê! Salve São Bartolomeu, Arrobobóy, Oxumaré! Salve o povo da rua, salve as crianças, salve os preto velho; Pai Antônio, Pai Joaquim de Angola, vovó Maria Conga, saravá! E salve o rei Nagô!… Bole com samba, que eu caio e balanço o balaio, no som dos tantãs… Rebolo, que deito e que rolo, me embalo e me embolo nos balangandãs… Bambeia de lá que eu bambeio nesse bamboleio, que eu sou bam bam bam e o samba não tem cambalacho, vai de cima embaixo, pra quem é seu fã… Eu sambo pela noite inteira, até amanhã de manhã, sou a mineira guerreira, filha de Ogum com Iansã… Eparrei Oyá…” (Clara Nunes – Guerreira – Comp.: João Nogueira / Paulo Cesar Pinheiro)

“… Portela, eu nunca vi coisa mais bela, quando ela pisa a passarela e vai entrando na avenida… Parece a maravilha de aquarela que surgiu, o manto azul da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida… Que vai se arrastando e, o povo na rua cantando, é feito uma reza, um ritual… É a procissão do samba abençoando a festa do divino carnaval… Portela, é a deusa do samba, o passado revela e tem a velha guarda como sentinela… E é por isso que eu ouço essa voz que me chama. Portela, sobre a tua bandeira, esse divino manto. Tua águia altaneira é o espírito santo no templo do samba… As pastoras e os pastores vêm chegando da cidade, da favela, para defender as tuas cores, como fiéis na santa missa da capela… Salve o samba, salve a santa, salve ela salve o manto azul e branco da portela, desfilando triunfal sobre o altar do carnaval… Portela, eu nunca vi coisa mais bela, quando ela pisa a passarela e vai entrando na avenida… Parece a maravilha de aquarela que surgiu, o manto azul da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida… Que vai se arrastando e, o povo na rua cantando, é feito uma reza, um ritual… É a procissão do samba abençoando a festa do divino carnaval… Portela, é a deusa do samba, o passado revela e tem a velha guarda como sentinela… E é por isso que eu ouço essa voz que me chama. Portela, sobre a tua bandeira, esse divino manto. Tua águia altaneira é o espírito santo no templo do samba… As pastoras e os pastores vêm chegando da cidade, da favela, para defender as tuas cores, como fiéis na santa missa da capela… Salve o samba, salve a santa, salve ela salve o manto azul e branco da portela, desfilando triunfal sobre o altar do carnaval…” (Clara Nunes – Portela na avenida – Comp.: Mauro Duarte e Paulo César Pinheiro)

“Tudo tem sua hora própria. “O próprio céu tem horário para as trevas e para a luz”. Aprenda com a natureza! Se em certas horas precisamos receber, não se esqueça de que, noutras horas, temos obrigação de dar. Ajude, pois, mas sem querer substituir-se a quem você ajuda. Cada um precisa caminhar com seus próprios pés, para aprender a viver. Saiba distinguir o momento oportuno de dar e de receber.” (Minutos de Sabedoria Pg. 079)

Bom dia pessoal,

No dia de ontem, uma postagem de um comentarista esportivo, me chamou a atenção. A postagem apontava uma publicação da principal torcida do time rival, deixando no ar ameaças para torcedores tricolores que eventualmente adentrem o estádio Roberto Santos (Pituaço). Segundo o comentarista, a publicação seria resposta a uma postagem de tricolores incentivando a compra de ingressos destinados para venda pelo time de Canabrava.

Mais tarde, o mesmo comentarista posta uma suposta publicação no Twitter de um torcedor tricolor, onde é mostrado um ingresso já adquirido para a partida. Escreve ele “O RECADO ESTÁ DADO! Torcedor do Bahia mostrou atitude, arrojo, coragem para apoiar o time do coração, no meio da torcida do Vitória.” (Sic).

É preciso que quem está a coordenar a segurança do jogo do próximo domingo esteja atento a estas ameaças, pois certamente os que sempre praticam as barbaridades nestes momentos estarão a postos para tentar. Defendo desde um tempo atrás, que 10 % não representa nenhuma das duas torcidas e que se deveria buscar uma solução que tivesse bom senso e que permitisse não apenas uma representação mais fidedigna com a realidade, mas, acima de tudo, que privilegiasse o espetáculo que é o duelo entre as duas torcidas.

Que venha o domingo, que vença o melhor e que na segunda feira possamos estar tratando apenas da festa do futebol, com seu novo campeão de futebol.

Compartilhar frases que achamos instigantes e que nos leve a refletir é sempre uma boa prática. Aqui uma retirada do site baú das frases e postada por uma pessoa amiga:

“…Aprendi que Amores eternos podem acabar em uma noite. Que grandes amigos podem se tornar grandes inimigos. Que o amor sozinho não tem a força que imaginei. Que ouvir os outros é o melhor remédio e o pior veneno. Que a gente nunca conhece uma pessoa de verdade, afinal, gastamos uma vida inteira para conhecer a nós mesmos. Que os poucos amigos que te apoiam na queda, são muito mais fortes do que os muitos que te empurram. Que o “nunca mais” nunca se cumpre, que o “para sempre” sempre acaba. Que minha família com suas mil diferenças, está sempre aqui quando eu preciso. Que ainda não inventaram nada melhor do que colo de Mãe desde que o mundo é mundo. Que vou sempre me surpreender, seja com os outros ou comigo. Que vou cair e levantar milhões de vezes, e ainda não vou ter aprendido TUDO. Estamos aqui de passagem…”

O Ex-Presidente Lula deu ontem entrevista a diversos blogueiros. Na oportunidade, Lula abordou diversos temas relacionados à política brasileira e as relações do Brasil com outros países. Demonstrando a sua habitual capacidade de síntese da conjuntura política nacional e Internacional, Lula dialogou por mais de 3 horas e meia. Confira a íntegra da entrevista do companheiro Lula:

Em nossa sugestão de leitura para o “Trabalhando com Poesia” de hoje textos de alguns sites e blogs. Vale a pena conferir:

Lula: “Internet nos dá alternativa de informação” – Em entrevista a blogueiros, ex-presidente reafirmou apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff; “Ela é a melhor pessoa para vencer as eleições e conduzir o governo”, disse; “Eu já cumpri minha tarefa”; Lula criticou a mídia familiar e tradicional, que promoveu um “massacre apoteótico” em torno da AP 470; “Os mesmos que defenderam a forca para José Dirceu defendem agora um julgamento tranquilo e civilizado para os outros”, disse; sobre a indicação de Joaquim Barbosa para o STF, justificou: “Eu queria um advogado negro na Suprema Corte”; petista citou interesses políticos sobre Petrobras, “de gente que nunca quis CPI para nada”; questionado sobre ligações de Andre Vargas com doleiro, disse que parlamentar “tem de se explicar”; Lula quer o PT e o governo na defesa de Dilma: “falta o Brasil ir para a ofensiva”.

http://www.brasil247.com/pt/247/poder/136055/Lula-Internet-nos-d%C3%A1-alternativa-de-informa%C3%A7%C3%A3o.htm

Gleisi ao 247: “Que medidas impopulares eles propõem?” – Óbvia e dura, a pergunta da senadora Gleisi Hoffmann, feita hoje em entrevista ao 247, cobra dos presidenciáveis Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) mais transparência sobre o que ambos vêm dizendo a empresários; “Em reuniões fechadas, eles estão prometendo tomar medidas impopulares, mas quais são essas medidas?”, questionou ela; “Esfriar a economia? Aumentar a gasolina e a conta de luz? Ou seria produzir desemprego? Dar mais juros aos banqueiros e mais inflação aos especuladores? O que, afinal, eles farão se forem eleitos?”, insistiu; “Os candidatos da oposição têm de vir a público e assumir isso”; ex-ministra e pré-candidata ao governo do Paraná, Gleisi lembrou o baixo índice de transferência de votos registrado, em pesquisa Datafolha, pelo ex-presidente FHC; “O último presidente que governou para o mercado está nessa situação”, assinalou, lembrando os 12% dele.

http://www.brasil247.com/pt/247/poder/136121/Gleisi-ao-247-%E2%80%9CQue–medidas-impopulares-eles-prop%C3%B5em%E2%80%9D.htm

Lula abre o verbo e chama esquerda para a luta política – Estou em falta com os amigos leitores porque problemas de conexão me impediram de colocar, ao vivo, a entrevista do ex-presidente Lula ao blogueiros, da qual participei, em São Paulo. E, aqui, estou meio sem condições de escrever. Lula falou durante três horas e, assim que puder, destaco os pontos mais significativos, na minha opinião, do que disse.

http://tijolaco.com.br/blog/?p=16481

“Dilma é a melhor pessoa para vencer as eleições”, diz Lula em entrevista a blogueiros – “Eu não sou candidato. Minha candidata é a Dilma Rousseff. E eu conto com vocês para divulgar isso e acabar com essa boataria”, assim o ex-presidente Luiz Inácio da Silva abriu a entrevista coletiva para blogueiros que aconteceu nesta terça-feira (8) no Instituto Lula em São Paulo. Lula desmentiu que será candidato este ano e brincou, “Isso eu não posso registrar em cartório, mas não sou candidato”. A coletiva foi transmitida ao vivo pela internet e assistida por mais de dez mil conexões. O ex-presidente, que foi o primeiro mandatário a realizar uma entrevista coletiva com blogueiros no Brasil, em 2010, voltou hoje a falar para os profissionais da internet sobre diversos assuntos. Lula falou sobre eleição, manifestações, democracia, PT, Petrobras, economia, saúde, Copa do Mundo, mensalão, reforma política e outros assuntos. As fotos são de Ricardo Stuckert/Instituto Lula.

http://www.institutolula.org/lula-concede-entrevista-de-tres-horas-e-meia-a-imprensa-alternativa/#.U0SwO1etDIU

Fotos: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Fotos: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Lula e blogueiros 2

Lula e blogueiros 3

Lula e blogueiros 4

Lula e blogueiros 5

Lula e blogueiros 6

Lula e blogueiros 8

Lula e blogueiros 9

Lula e blogueiros 10

Lula e blogueiros 11

Lula e blogueiros 13

Lula e blogueiros 14

Lula e blogueiros 15

Lula e blogueiros 16

Lula e blogueiros 17

Lula e blogueiros 18

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com/2014/04/09/trabalhando-com-poesia-615

Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma quarta-feira abençoada por Deus e repleta da força da rainha dos ventos e trovões. Eparrey Oyá.

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 1: apio.nascimento@sedesba.ba.gov.br
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

Canta América – Solano Trindade

Não o canto de mentira e falsidade
que a ilusão ariana
cantou para o mundo
na conquista do ouro
nem o canto da supremacia dos derramadores de sangue
das utópicas novas ordens
de napoleônicas conquistas
mas o canto da liberdade dos povos
e do direito do trabalhador…

Negra bonita – Solano Trindade

Negra bonita de vestido azul e branco
Sentada num banco de segunda de trem
Negra bonita o que é que você tem?
Com a cara tão triste não sorri pra ninguém?
Negra bonita
É seu amor que não veio
Quem sabe se ainda vem
Quem sabe perdeu o trem
Negra bonita não fique triste não
Se seu amor não vier
Quem sabe se outro vem
Quando se perde um amor
Logo se encontra cem
Você uma negra bonita
Logo encontra outro bem.
Quem sabe se eu sirvo
Para ser o seu amor
Salvo se você não gosta
De gente da sua cor
Mas se gosta eu sou o tal
Que não perde pra ninguém
Sou o tipo ideal
Pra quem ficou sem o bem…

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s