Trabalhando com Poesia

“… Tudo o que move é sagrado e remove as montanhas, com todo o cuidado, meu amor… Enquanto a chama arder, todo dia te ver passar, tudo viver ao seu lado, com o arco da promessa, do azul pintado pra durar… Abelha fazendo mel, vale o tempo que não voou, a estrela caiu do céu, o pedido que se pensou, o destino que se cumpriu, de sentir seu calor e ser todo, todo dia é de viver, para ser o que for e ser tudo… Sim, todo amor é sagrado e o fruto do trabalho, é mais que sagrado, meu amor… A massa que faz o pão, vale a luz do teu suor, lembra que o sono é sagrado e alimenta de horizontes, o tempo acordado de viver… No inverno te proteger, no verão sair pra pescar, no outono te conhecer, primavera poder gostar… No estio me derreter, pra na chuva dançar e andar junto, o destino que se cumpriu, de sentir seu calor e ser tudo… Sim, todo amor é sagrado e o fruto do trabalho, é mais que sagrado, meu amor… A massa que faz o pão, vale a luz do teu suor, lembra que o sono é sagrado e alimenta de horizontes, o tempo acordado de viver… No inverno te proteger, no verão sair pra pescar, no outono te conhecer, primavera poder gostar… No estio me derreter, pra na chuva dançar e andar junto, o destino que se cumpriu, de sentir seu calor e ser tudo…” (Maria Gadu – Amor de Indio – Comp.: Beto Guedes)

“… O mundo me condena e ninguém tem pena, falando sempre mal do meu nome, deixando de saber se eu vou morrer de sede, ou se eu vou morrer de fome… Mas a filosofia, hoje me auxilia a viver indiferente assim, nessa prontidão sem fim, vou fingindo que sou rico, pra ninguém zombar de mim… Não me incomodo que você me diga, que a sociedade é minha inimiga, pois, vivendo nesse mundo, vivo escravo do meu samba, muito embora vagabundo… Quanto a você da aristocracia, que tem dinheiro, mas não compra alegria, há de viver eternamente, sendo escravo dessa gente, que cultiva hipocrisia. ‘I told you I was trouble, You know that I’m no good’…” (Maria Gadu – Filosofia – Comp.: Noel Rosa)

“… Meu bem que hoje me pede pra apagar a luz, e pôs meu frágil coração na cruz, no teu penoso altar particular… Sei lá, a tua ausência me causou o caos, no breu de hoje eu sinto que, o tempo da cura tornou a tristeza normal… E então, tu tome tento com meu coração, não deixe ele vir na solidão, encabulado por voltar a sós… Depois, que o que é confuso te deixar sorrir, tu me devolva o que tirou daqui, que o meu peito se abre e desata os nós… Se enfim, você um dia resolver mudar, tirar meu pobre coração do altar, me devolver, como se deve ser… Ou então, dizer que dele resolveu cuidar, tirar da cruz e o canonizar, digo faço melhor do que lhe parecer… Teu cais deve ficar em algum lugar assim, tão longe quanto eu possa ver de mim, onde ancoraste teu veleiro em flor… Sem mais, a vida vai passando no vazio, estou com tudo a flutuar no rio, esperando a resposta ao que chamo de amor… Estou com tudo a flutuar no rio, esperando a resposta ao que chamo de amor… Estou com tudo a flutuar no rio, esperando a resposta ao que chamo de amor…” (Maria Gadu – Altar particular – Comp.: Maria Gadu)

“… Ouvi dizer que você tá bem, que já tem um outro alguém, encontrei moedas pelo chão, mas não vi ninguém, pra me abraçar, me dar a mão… Eu chorei sem disfarçar, quando vi seu carro passar, vi todo o amor que em mim ainda não passou, eu já não sei bem aonde vou, mas agora eu vou… Tentei falar, mas, você não soube ouvir, tente admitir!… Tentei voltar e pude ver o quanto errei, te amei mais que a mim, bem mais que a mim… Ouvi dizer que você tá bem, que já tem um outro alguém, encontrei moedas pelo chão, mas não vi ninguém, pra me abraçar, me dar a mão… Eu chorei sem disfarçar, quando vi seu carro passar, vi todo o amor que em mim ainda não passou, eu já não sei bem aonde vou, mas agora eu vou… Tentei falar, mas, você não soube ouvir, tente admitir!… Tentei voltar e pude ver o quanto errei, te amei mais que a mim, bem mais que a mim… É, mais que a mim…” (Maria Gadu e Ana Carolina – Mais que a mim – Comp.: Ana Carolina e Chiara Civelo)

Confira outros sucessos de Maria Gadu:

“Você, que é mãe, que recebeu uma linda flor do céu para cultivar no jardim da Terra, mantenha sua mente ligada ao Pai celeste, que ele a sustentará sempre em suas lutas. Olhe para seu filho com carinho. Pense nas criaturas que não conseguiram gerar um filho em suas entranhas! e pense nos milhares de pequeninos que não encontraram ninguém que com eles tivesse o carinho de mãe! Seja paciente com seu filho!” (Minutos de Sabedoria Pg. 121)

Boa noite pessoal,

Final de semana chegando e com ele a nossa expectativa de sempre, em poder vivenciar momentos de paz e de tranquilidade junto das nossas famílias. Desejo que você tenha um final de semana repleto de muita paz e alegria.

Em 22 de agosto de 1976 morria num controverso acidente de veículo o Ex-Presidente Jucelino Kubtschek.

Em 22 de agosto de 1979 o Led Zepelin lançava “in trough the out door”.

Em 22 de agosto de 1967 nascia Layne Staley, vocalista da banda grunge Alice in Chains.

Nas nossas sugestões de leitura de hoje, alguns textos do site Brasil 247. Vale a pena conferir:

Época: avião fantasma pode até impugnar Marina – Reportagem da revista Época deste fim de semana sugere que o PSB cometeu crime eleitoral ao usar a aeronave PR-AFA, que caiu em Santos (SP), matando Eduardo Campos e outras seis pessoas; legalmente, o avião, que serviu a Eduardo e também a Marina Silva, não poderia ter sido usado pela campanha e, além disso, as horas de voo não constam da prestação de contas do partido; “Em último estágio, pode haver até mesmo a impugnação da candidatura”, disse à revista o advogado Bruno Martins, especialista em direito eleitoral…

http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/151043/%C3%89poca-avi%C3%A3o-fantasma-pode-at%C3%A9-impugnar-Marina.htm

Chega de intermediárias: Neca para presidente! – No dia em que Maria Alice “Neca” Setúbal, herdeira do Itaú e financiadora de Marina Silva, decidiu falar em nome da candidata do Partido Socialista Brasileiro, o PSB, Paulo Moreira Leite, diretor do 247 em Brasília, foi direto ao ponto: “Maria Alice fala do ponto mais importante: autonomia do Banco Central, medida que, nós sabemos, concentra o ponto fundamental da campanha de 2014 — permitir ao sistema financeiro recuperar o controle absoluto da política econômica, definindo a taxa de juros conforme análises e projeções de instituições privadas que atuam no mercado”; se é assim, por que não entregar a faixa presidencial à banqueira que coordena o programa de Marina?; será subir os juros?…

https://www.brasil247.com/pt/247/poder/150945/Chega-de-intermedi%C3%A1rias-Neca-para-presidente!.htm

“Jamais intermediei compra ou venda de avião” – Propriedade do jato Cessna Citation 560X, que vitimou Eduardo Campos, continua envolvida em uma névoa espessa. A aeronave estava tendo compra negociada por empresários pernambucanos, amigos do ex-governador; a única empresa do grupo a se manifestar foi a Bandeirantes Companhia de Pneus S.A, que assumiu interesse no negócio, mas nega ter pago alguma parcela do leasing da aeronave em função de o cadastro ainda estar sendo avaliada pela Cessna; agora, o presidente da Copergás e sócio de Campos em uma fazenda no Agreste pernambucano, Aldo Guedes Alvaro, que havia sido citado pela imprensa como um dos intermediadores para a compra, emitiu nota afirmando “jamais ter intermediado compra ou venda de qualquer avião”…

https://www.brasil247.com/pt/247/pernambuco247/151017/Jamais-intermediei-compra-ou-venda-de-avi%C3%A3o.htm

Erundina viu em Marina “negação da política” – Agora chefe de campanha do PSB, Luiza Erundina sempre considerou Marina Silva “uma pessoa maravilhosa”, mas igualmente dirigiu a ela uma crítica política de fundo; “Marina não escapa ao senso comum de negar a política, negar o partido”, demarcou em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar, em outubro passado; Erundina disse à época que Marina “desorganiza e deseduca a sociedade”; sobre suas próprias escolhas, afirmou: “minha opção é pelo socialismo”; agora, em campanha, novas contradições rondam as duas aliadas; PSB tem candidata que ainda planeja sair da agremiação em 2015, coordenadora eleitoral nitidamente de esquerda e time econômico ortodoxo com Eduardo Giannetti e poder de mando para herdeira do Itaú Neca Setúbal; engrenagem vai funcionar?…

https://www.brasil247.com/pt/247/poder/150992/Erundina-viu-em-Marina-%E2%80%9Cnega%C3%A7%C3%A3o-da-pol%C3%ADtica%E2%80%9D.htm

Vítima de Abdelmassih decide processar Gilmar – Vanuzia Leite Lopes, de 54 anos, conta ter piorado da síndrome do pânico que desenvolveu, após ser violentada por Roger Abdelmassih, quando o ministro do STF Gilmar Mendes o tirou da cadeia, em 2009; “Decidi que vou entrar com uma representação contra Mendes, por sofrimento desnecessário”, anuncia a vítima, que disse ter começado a estudar direito para entender “como podem ter soltado um homem que foi condenado com a maior pena por estupro”; à época presidente do Supremo, ministro soltou Abdelmassih sob o entendimento de que, como ele estava impedido de exercer a profissão, não fazia mais sentido mantê-lo preso…

https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/151007/V%C3%ADtima-de-Abdelmassih-decide-processar-Gilmar.htm

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com/2014/08/22/trabalhando-com-poesia-657

Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma sexta-feira abençoada por Deus e coberta pela paz do Alá de Oxalá! Bom final de semana e até segunda feira.

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 2: oipa@uol.com.br
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
msn: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8251-9282

LEILÃO DE JARDIM – Cecília Meireles

Quem me compra um jardim com flores?
Borboletas de muitas cores,
lavadeiras e passarinhos,
ovos verdes e azuis nos ninhos?

Quem me compra este caracol?
Quem me compra um raio de sol?
Um lagarto entre o muro e a hera,
uma estátua da Primavera?

Quem me compra este formigueiro?
E este sapo, que é jardineiro?
E a cigarra e a sua canção?
E o grilinho dentro do chão?

(Este é o meu leilão.)

Metamorfose – Cecília Meireles

Súbito pássaro
dentro dos muros
caído,

pálido barco
na onda serena
chegado.

Noite sem braços!
Cálido sangue
corrido.

E imensamente
o navegante
mudado.

Seus olhos densos
apenas sabem
ter sido.

Seu lábio leva
um outro nome
mandado.

Súbito pássaro
por altas nuvens
bebido.

Pálido barco
nas flores quietas
quebrado.

Nunca, jamais
e para sempre
perdido

o eco do corpo
no próprio vento
pregado.

Cântico IV – Cecília Meireles

Tu tens um medo:
Acabar.
Não vês que acabas todo dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo dia.
No amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.
E então serás eterno.

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s