Trabalhando com Poesia

“… Quinze minutos de fama, mais um pros comerciais, quinze minutos de fama, depois descanse em paz… O gênio da última hora, é o idiota do ano seguinte, o último novo rico, é o mais novo pedinte… A melhor banda de todos os tempos, da última semana, o melhor disco brasileiro de música americana… O melhor disco dos últimos anos, de sucessos do passado, o maior sucesso de todos os tempos entre os dez maiores fracassos… Não importa contradição, o que importa é televisão… Dizem que não há nada que você não se acostume, cala a boca e aumenta o volume, então… As músicas mais pedidas, os discos que vendem mais, as novidades antigas, nas páginas do jornais… Um idiota em inglês, se é idiota, é bem menos que nós… Um idiota em inglês, é bem melhor do que eu e vocês… A melhor banda de todos os tempos, da última semana, o melhor disco brasileiro de música americana… O melhor disco dos últimos anos, de sucessos do passado, o maior sucesso de todos os tempos entre os dez maiores fracassos… Não importa contradição, o que importa é televisão… Dizem que não há nada que você não se acostume, cala a boca e aumenta o volume, então… Os bons meninos de hoje, eram os rebeldes da outra estação… O ilustre desconhecido, é o novo ídolo do próximo verão… A melhor banda de todos os tempos, da última semana, o melhor disco brasileiro de música americana… O melhor disco dos últimos anos, de sucessos do passado, o maior sucesso de todos os tempos entre os dez maiores fracassos…” (Titãs – A melhor banda de todos os tempos da última semana – Comp.: Branco Mello / Sérgio Britto)

“… O pulso ainda pulsa… O pulso ainda pulsa… Peste bubônica, câncer, pneumonia… Raiva, rubéola, tuberculose e anemia… Rancor, cisticercose, caxumba, difteria… Encefalite, faringite, gripe e leucemia… E o pulso ainda pulsa… E o pulso ainda pulsa… Hepatite, escarlatina, estupidez, paralisia… Toxoplasmose, sarampo, esquizofrenia… Úlcera, trombose, coqueluche, hipocondria… Sífilis, ciúmes, asma, cleptomania… E o corpo ainda é pouco… E o corpo ainda é pouco… Assim… Reumatismo, raquitismo, cistite, disritmia… Hérnia, pediculose, tétano, hipocrisia… Brucelose, febre tifoide, arteriosclerose, miopia… Catapora, culpa, cárie, cãibra, lepra, afasia… O pulso ainda pulsa… E o corpo ainda é pouco… Ainda pulsa… Ainda é pouco… Pulso… Pulso… Pulso… Pulso… Assim…” (Titãs – O Pulso – Comp.: Arnaldo Antunes)

“… Você apareceu do nada, e você mexeu demais comigo, não quero ser só mais um amigo… Você nunca me viu sozinho, e você nunca me ouviu chorar… Não dá pra imaginar quando é cedo ou tarde demais, pra dizer adeus, pra dizer jamais… Às vezes fico assim pensando: Essa distância é tão ruim. Por que você não vem pra mim?… Eu já fiquei tão mal sozinho, eu já tentei, eu quis chamar… Não dá pra imaginar quando é cedo ou tarde demais, pra dizer adeus, pra dizer jamais… Eu já fiquei tão mal sozinho, eu já tentei, eu quis… Não dá pra imaginar quando é cedo ou tarde demais, pra dizer adeus, pra dizer jamais… É cedo ou tarde demais…” (Titãs – Pra dizer adeus – Comp.: Tony Bellotto/Nando Reis)

“O céu está dentro de você! Aprenda a viver no paraíso. Não é preciso morrer para ir para o céu, não! Não criamos em nós os infernos de tristeza e angústia. Então aprenda a criar o paraíso da alegria. Perdoe sempre e siga adiante, evitando aborrecer-se. Não dê importância ao que dizem de você. Deixe que sua alegria brote do íntimo de seu coração bom e generoso.” (Minutos de Sabedoria Pg. 137)

Boa noite pessoal,

Mais um final de semana chega e com ele a nossa expectativa de bons momentos entre as pessoas que nos são caras. Acontece amanhã mais uma edição da lavagem de Santo Amara de Ipitanga, padroeiro da nossa cidade. O Cortejo acontece a partir das 9 horas, saindo da frente do Estádio Municipal do centro.

Em nossa sugestão de leitura para o “Trabalhando com Poesia” de hoje, alguns textos do site Brasil 247. Vale a pena conferir:

Há limites para o humor? – “Vamos imaginar que essa chacina em Paris não ocorreu. Por um minuto vamos imaginar que os jornalistas continuam vivos. Então, sem o trauma dessas mortes, que tal refletir sobre os limites do humor?”, questiona o jornalista Gustavo Gindre; “Qual o limite que não inviabiliza a crítica, mas não permite o crime de ódio?”; alvo do terror, o Charlie Hebdo também promovia a islamofobia, fenômeno que crescia na França e ganhará novo impulso após a tragédia; responsa com sinceridade: você é ou não Charlie?…

http://www.brasil247.com/pt/247/cultura/166142/H%C3%A1-limites-para-o-humor.htm

PM barbariza, joga bomba de gás e detém 32 em SP – O primeiro protesto do ano, organizado pelo Movimento Passe Livre, contra o aumento dos ônibus em São Paulo, de R$ 3 para R$ 3,50, pode terminar mal; até agora, a Polícia Militar já deteve 32 manifestantes, além de ter jogado bombas de gás lacrimogêno; cerca de 5 mil pessoas protestam em São Paulo; Rio de Janeiro também teve manifestações…

http://www.brasil247.com/pt/247/sp247/166133/PM-barbariza-joga-bomba-de-g%C3%A1s-e-det%C3%A9m-32-em-SP.htm

Venderam o caos e quem paga são os jornalistas – No Rio, o jornal O Globo, dos irmãos Marinho, demite 100 profissionais; em São Paulo, a Abril, da família Civita, fecha revistas e entrega metade dos andares que ocupa; em Minas, o Estado de Minas, onde o diretor Zeca Teixeira da Costa fez campanha explícita por Aécio Neves, corta cabeças e coloca a própria sede à venda; meios de comunicação tanto fizeram para contaminar as expectativas empresariais, com o discurso de que o Brasil rumava para o abismo, que foram os primeiros a cortar na carne; venderam o fim do Brasil e estão morrendo antes dele…

http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/166050/Venderam-o-caos-e-quem-paga-s%C3%A3o-os-jornalistas.htm

STF suspende quebra de sigilo de jornal e repórter – Presidente do STF, Ricardo Lewandowski, suspendeu decisão judicial que determinou a quebra do sigilo telefônico do jornal Diário da Região, de São José do Rio Preto (SP), e de um repórter do veículo para investigar o vazamento de uma investigação policial; quebra foi requerida pelo MPF, após a publicação de reportagens sobre ação da PF que investigou atos de corrupção na cidade…

http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/166121/STF-suspende-quebra-de-sigilo-de-jornal-e-rep%C3%B3rter.htm

Tijolaço: estourar meta de inflação é especialidade tucana – “Nos quatro anos em que governou sob o regime de metas inflacionárias, Fernando Henrique o rompeu em nada menos que a metade”, escreve o blogueiro Fernando Brito; sobre o resultado da inflação acumulada de 2014, que ficou dentro da meta, ele diz que foi mais uma “bola fora” dos urubólogos…

http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/166123/Tijola%C3%A7o-estourar-meta-de-infla%C3%A7%C3%A3o-%C3%A9-especialidade-tucana.htm

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com/2015/01/09/trabalhando-com-poesia-673

Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma sexta-feira abençoada por Deus e coberta pela paz do Alá de Oxalá! Bom final de semana e até segunda feira.

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 1: oipa@uol.com.br
e-mail 2: apioptlf@yahoo.com.br
e-mail 3: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Orkut: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9196573284471271823
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8214-0894

Clara – Casimiro de Abreu

Não sabes, Clara, que pena
eu teria se — morena
tu fosses em vez de clara!
Talvez… quem sabe… não digo…
mas refletindo comigo
talvez nem tanto te amara!

A tua cor é mimosa,
brilha mais da face a rosa
tem mais graça a boca breve.
O teu sorriso é delírio…
És alva da cor do lírio,
és clara da cor da neve!

A morena é predileta,
mas a clara é do poeta:
assim se pintam arcanjos.
Qualquer, encantos encerra,
mas a morena é da terra
enquanto a clara é dos anjos!

Mulher morena é ardente:
prende o amante demente
nos fios do seu cabelo;
— A clara é sempre mais fria,
mas dá-me licença um dia
que eu vou arder no teu gelo!

A cor morena é bonita,
mas nada, nada te imita
nem mesmo sequer de leve.
— O teu sorriso é delírio…
És alva da cor do lírio,
és clara da cor da neve!

Eu nasci além dos mares – Casimiro de Abreu

Eu nasci além dos mares:
Os meus lares,
Meus amores ficam lá!
— Onde canta nos retiros
Seus suspiros,
Suspiros o sabiá!

Oh que céu, que terra aquela,
Rica e bela
Como o céu de claro anil!
Que seiva, que luz, que galas,
Não exalas
Não exalas, meu Brasil!

Oh! que saudades tamanhas
Das montanhas,
Daqueles campos natais!
Daquele céu de safira
Que se mira,
Que se mira nos cristais!

Não amo a terra do exílio,
Sou bom filho,
Quero a pátria, o meu país,
Quero a terra das mangueiras
E as palmeiras,
E as palmeiras tão gentis!

Como a ave dos palmares
Pelos ares
Fugindo do caçador;
Eu vivo longe do ninho,
Sem carinho;
Sem carinho e sem amor!

Debalde eu olho e procuro…
Tudo escuro
Só vejo em roda de mim!
Falta a luz do lar paterno
Doce e terno,
Doce e terno para mim.

Distante do solo amado
— Desterrado —
A vida não é feliz.
Nessa eterna primavera
Quem me dera,
Quem me dera o meu país!

O QUE É – SIMPATIA – Casimiro de Abreu

(A uma menina)

Simpatia – é o sentimento
Que nasce num só momento,
Sincero, no coração;
São dois olhares acesos
Bem juntos, unidos, presos
Numa mágica atração.

Simpatia – são dois galhos
Banhados de bons orvalhos
Nas mangueiras do jardim;
Bem longe às vezes nascidos,
Mas que se juntam crescidos
E que se abraçam por fim.

São duas almas bem gêmeas
Que riem no mesmo riso,
Que choram nos mesmos ais;
São vozes de dois amantes,
Duas liras semelhantes,
Ou dois poemas iguais.

Simpatia – meu anjinho,
É o canto do passarinho,
É o doce aroma da flor;
São nuvens dum céu d’Agôsto,
É o que m’inspira teu rosto…
– Simpatia – é – quase amor!

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s