Trabalhando com Poesia

“… Talvez um dia possa rolar, nós dois juntos no mesmo lugar, beber no raro cálice o amor, ferver o ápice em calma paixão… Porque não há tempo que volte, amor, como diz a linda canção… E não há tempo que falte o amor, pode ver na escuridão… Se alguém sabe como evitar, sofrer por querer desejar alguém que pode, sim, dizer não, sem ter, realizar ilusão…Porque não há tempo que volte, amor, como diz a linda canção… E não há tempo que falte o amor, pode ver na escuridão, o que eu só vejo em você… Porque não pode ser assim, não pode ser assim, por que você não chega perto de mim?… Não há tempo que volte, amor, como diz Lulu na canção… Não há tempo que falte o amor, pode ver na escuridão… Não há tempo que volte, amor, como diz a linda canção… E não há tempo que falte o amor, pode ver, pode ver, o que eu só vejo em você…” (Nando Reis – O que eu só vejo em você – Comp.: Nando Reis)

“… Triste é não chorar, sim, eu também chorei. E não, não há nenhum remédio, pra curar essa dor, que ainda não passou, mas, vai passar!… A dor que nos machucou e não, não há nenhum relógio, pra fazer voltar… O tempo voa!… Triste é não chorar, sim, eu também chorei. E não, não há nenhum remédio, pra curar essa dor, que ainda não passou, mas, vai passar!… A dor que nos machucou e não, não há nenhum relógio, pra fazer voltar… O tempo voa!… Eu não suporto ver você sofrer, não gosto de fazer ninguém querer riscar o seu passado, e o que passou, passou… E o que marcou, ficou… Se diferente eu fosse, será que eu teria sido amado? Por você… Por você… Por você… Por você…” (Nando Reis – Ainda não passou – Comp.: Nando Reis)

“… Quando aconteceu? Não sei, quando foi que eu deixei de te amar? Quando a luz do poste não acendeu, quando a sorte não mais soube ganhar… Não foi ontem que eu disse não, mas quem vai dizer tchau?… Onde aconteceu? Não sei, onde foi que eu deixei de te amar? Dentro do quarto só estava eu, dormindo antes de você chegar… Mas não foi ontem que eu disse não, mas quem vai dizer tchau?… A gente não percebe o amor, que se perde aos poucos sem virar carinho, guardar lá dentro amor não impede, que ele empedre mesmo crendo-se infinito… Tornar o amor real é expulsá-lo de você, pra que ele possa ser de alguém… Somos se pudermos ser ainda, fomos donos do que hoje não há mais, houve o que houve é o que escondem em vão, os pensamentos que preferem calar, se não, irá nos ferir um não, mas que não quer dizer tchau… Não quer dizer tchau, não, não, não não… A gente não percebe o amor, que se perde aos poucos sem virar carinho, guardar lá dentro amor não impede, que ele empedre mesmo crendo-se infinito… Tornar o amor real é expulsá-lo de você, pra que ele possa ser de alguém… Possa ser de alguém… Possa ser de alguém… Ser de alguém!… Oh! Não!…” (Nando Reis – Quem vai dizer tchau – Comp.: Nando Reis)

“Não procure colecionar tesouros apenas nesta terra, porque os ladrões podem roubá-lo e seu tesouro pode envelhecer. Além disso, não se esqueça de que quando partir da terra, aqui deixará tudo, até seu próprio corpo. Então, por que ser avarento? Colecione os tesouros das boas obras, do bem que pratica em benefício do próximo, por que essas riquezas o acompanharão além-túmulo.” (Minutos de Sabedoria Pg. 141)

Bom dia pessoal,

E hoje é o dia dela, minha filha Bianca, a médica da família, completa mais um ano de vida. Parabéns filhota. Que Deus continue abençoando a sua vida e que você continue sendo essa pessoa comprometida com o que se dedica. Beijos, te amo.

Todos os caminhos hoje levam à cidade baixa. Saindo da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, acontece esta manhã o mais famoso e simbólico cortejo das festas populares e integrantes do sincretismo religioso da Bahia, a Lavagem do Bonfim. Milhares de baianos e turistas vão fazer o trajeto de cerca de 8 quilômetros, para pedir as bençãos ao Senhor da Colina Sagrada.

Em Lauro de Freitas, é dia de celebrar o seu Padroeiro, Santo Amaro de Ipitanga, com missa solene, que contará com a participação do Arcebispo Primaz do Brasil, Dom Murilo, carreata e procissão no final do dia. A lavagem do padroeiro ocorreu no sábado último (10), percorrendo as ruas do centro da cidade até as escadarias da Igreja Matriz.

Em nossa sugestão de leitura para o “Trabalhando com Poesia” de hoje textos do site Carta Capital. Vale a pena conferir:

MPL incorpora a periferia nos protestos – Enquanto o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), deposita suas fichas no passe livre estudantil para minimizar as manifestações contra o aumento da tarifa, o Movimento Passe Livre tem feito atividades públicas diárias nas principais regiões periféricas da cidade. Mais do que organizar passeatas no centro de São Paulo a cada sexta-feira, o grupo aposta neste ano em assembleias, oficina de materiais, discussões, aulas públicas e reuniões com moradores e movimentos de bairros para fortalecer o debate sobre transporte público e organizar pequenos atos simultâneos em regiões afastadas dos grandes centros.

http://www.cartacapital.com.br/sociedade/mpl-incorpora-a-periferia-nos-protestos-3294.html

Direitos LGBT: do que os militares têm medo? Por Marcelo Pellegrini – Exército se manifesta contra projeto que torna crime preconceito contra gays, alegando que traria “efeitos negativos” para a instituição – A cada mês, de quatro a cinco militares denunciam abusos homofóbicos ao Instituto Ser de Direitos Humanos e da Natureza, cuja função é combater a homofobia nas Forças Armadas. A informação é do fundador do instituto, o ex-sargento do Exército Fernando Alcantara Figueiredo, que já sentiu na pele o preconceito da instituição.

http://www.cartacapital.com.br/sociedade/direitos-lgbt-do-que-os-militares-tem-medo-8168.html

“A Petrobras não é uma bodega”. Por Mino Carta e Alberto Lirio – José Sergio Gabrielli, ex-presidente da estatal, fala de Pasadena, denúncias de corrupção, Abreu e Lima etc. – À espera de uma análise definitiva do Tribunal de Contas da União sobre a compra da refinaria em Pasadena, nos Estados Unidos, e afetado pela histeria em torno das denúncias de corrupção na Petrobras,  o ex-presidente da estatal José Sergio Gabrielli enxerga uma ação política do recém-aposentado ministro do TCU José Jorge, que presidiu o DEM e ocupou cargos no governo Fernando Henrique Cardoso. “É um desrespeito à realidade”, define o parecer de Jorge sobre a aquisição da famosa refinaria de Pasadena. A seguir, Gabrielli fala do escândalo na estatal e de como ele tem o poder de afetar a empresa e o Brasil.

http://www.cartacapital.com.br/revista/832/a-petrobras-nao-e-uma-bodega-4082.html

Maconha também é remédio – Canabidiol é liberado, mas sua produção é proibida e os custos de importação, altíssimos. Por Mauricio Moraes – O Brasil deu o primeiro passo, ainda tímido, no processo de regulamentação da maconha medicinal. Depois de muita pressão, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou para fins terapêuticos o canabidiol, um dos mais de 60 princípios ativos da maconha. Mas é preciso avançar, e muito. Por meio de uma resolução, a Anvisa disse apenas que o canabidiol agora é remédio e pode ser consumido.

http://www.cartacapital.com.br/sociedade/maconha-tambem-e-remedio-5837.html

Charlie Hebdo: não cabem limites na defesa da livre expressão. Por Roberto Amaral – A tragédia de 7 de janeiro serve apenas aos conservadores franceses, interessados em reduzi-la a um conflito religioso, afastando a discussão sobre as políticas dos EUA e da Europa em relação ao Oriente Médio e ao norte da África.

http://www.cartacapital.com.br/internacional/charlie-hebdo-nao-cabem-limites-na-defesa-da-liberdade-de-expressao-2759.html

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com/2015/01/15/trabalhando-com-poesia-677

Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma quinta feira abençoada por Deus, coberta de paz e protegida pelo Caçador de uma flecha só. Okearô Odé!!

Apio Vinagre Nascimento
e-mail 1: apiovinagre.adv@gmail.com
e-mail 2: apioptlf@yahoo.com.br
e-mail 3: oipa2@hotmail.com
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr: http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Skype: a_vinagre1
Youtube: http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio
Fones: (71) 8814-5332 / 9154-0168 / 9982-7223 / 8214-0894

No corpo – Ferreira Gullar
De que vale tentar reconstruir com palavras
O que o verão levou
Entre nuvens e risos
Junto com o jornal velho pelos ares
O sonho na boca, o incêndio na cama,
o apelo da noite
Agora são apenas esta
contração (este clarão)
do maxilar dentro do rosto.
A poesia é o presente.

Madrugada – Ferreira Gullar
Do fundo de meu quarto, do fundo
de meu corpo
clandestino
ouço (não vejo) ouço
crescer no osso e no músculo da noite
a noite
a noite ocidental obscenamente acesa
sobre meu país dividido em classes

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s