Trabalhando com Poesia

“… Bichos! Saiam dos lixos. Baratas! Me deixem ver suas patas. Ratos! Entrem nos sapatos, do cidadão civilizado… Pulgas! Que habitam minhas rugas. Oncinha pintada, zebrinha listrada, coelhinho peludo, vão se fuder… Porque aqui, na face da terra, só bicho escroto, é que vai ter… Bichos escrotos, saiam dos esgotos, bichos escrotos, venham enfeitar meu lar, meu jantar, meu nobre paladar… Bichos! Saiam dos lixos. Baratas! Me deixem ver suas patas. Ratos! Entrem nos sapatos, do cidadão civilizado… Pulgas! Que habitam minhas rugas. Oncinha pintada, zebrinha listrada, coelhinho peludo, vão se fuder… Porque aqui, na face da terra, só bicho escroto, é que vai ter… Bichos! Baratas! Ratos! Cidadão civilizado! Pulgas! Oncinha pintada, zebrinha listrada, coelhinho peludo, vão se fuder! Porque aqui, na face da terra, só bicho escroto, é que vai ter… Bichos escrotos, saiam dos esgotos, bichos escrotos, venham enfeitar meu lar, meu jantar, meu nobre paladar…” (Titãs – Bichos escrotos – Comp.: Nando Reis / Arnaldo Antunes / Sérgio Britto)

https://www.youtube.com/watch?v=ykb7s9Xgjp0

“… Homem Primata, capitalismo Selvagem… Ô!Ô!Ô!… Homem Primata, capitalismo Selvagem… Ô!Ô!Ô!… Eu me perdi, na selva de pedra… Eu me perdi… Eu me perdi… Todos nós… Desde os primórdios, até hoje em dia, o homem ainda faz, o que o macaco fazia… Eu não trabalhava, eu não sabia, que o homem criava e também destruía… Homem Primata, capitalismo Selvagem… Ô!Ô!Ô!… Homem Primata, capitalismo Selvagem… Ô!Ô!Ô!… Eu me perdi, na selva de pedra… Eu me perdi… Eu me perdi na selva de pedra… Eu aprendi, a vida é um jogo, cada um por si e Deus contra todos… Você vai morrer e não vai pro céu. É bom aprender, a vida é cruel… Homem Primata, capitalismo Selvagem… Ô!Ô!Ô!… Homem Primata, capitalismo Selvagem… Ô!Ô!Ô!… Eu me perdi, na selva de pedra… Eu me perdi… Eu me perdi…”I’m a cave man, a young man… I fight with my hands (With my hands)… I am a jungle man. A monkey man. Concrete jungle! Concrete jungle!”… Desde os primórdios, até hoje em dia, o homem ainda faz, o que o macaco fazia… Eu não trabalhava, eu não sabia, que o homem criava e também destruía… Homem Primata, capitalismo Selvagem… Ô!Ô!Ô!… Homem Primata, capitalismo Selvagem… Ô!Ô!Ô!… Eu aprendi, a vida é um jogo, cada um por si e Deus contra todos… Você vai morrer e não vai pro céu. É bom aprender, a vida é cruel… Homem Primata, capitalismo Selvagem… Ô!Ô!Ô!… Homem Primata, capitalismo Selvagem… Ô!Ô!Ô!… Eu me perdi, na selva de pedra… Eu me perdi… Eu me perdi…” (Titãs – Homem primata – Comp.: Sérgio Britto / Marcelo Fromer / Nando Reis / Ciro Pessoa)

https://www.youtube.com/watch?v=LW-a-0eBfFQ

“… A televisão me deixou burro, muito burro demais. Agora todas coisas que eu penso me parecem iguais… O sorvete me deixou gripado pelo resto da vida. E agora toda noite, quando deito, é boa noite, querida… Oh! Cride, fala pra mãe, que eu nunca li num livro, que o espirro fosse um vírus sem cura… Vê se me entende pelo menos uma vez, criatura!… Oh! Cride, fala pra mãe!… A mãe diz pra eu fazer alguma coisa, mas eu não faço nada… A luz do sol me incomoda, então deixa a cortina fechada… É que a televisão me deixou burro, muito burro demais… E agora eu vivo dentro dessa jaula, junto dos animais… Oh! Cride, fala pra mãe, que tudo que a antena captar, meu coração captura… Vê se me entende, pelo menos uma vez, criatura!… Oh! Cride, fala pra mãe!… A mãe diz pra eu fazer alguma coisa, mas eu não faço nada… A luz do sol me incomoda, então deixa a cortina fechada… É que a televisão me deixou burro, muito burro demais… E agora eu vivo dentro dessa jaula, junto dos animais… E eu digo: . Oh! Cride, fala pra mãe, que tudo que a antena captar, meu coração captura… Vê se me entende, pelo menos uma vez, criatura!… Oh! Cride, fala pra mãe!…” (Titãs – Televisão – Comp.: Marcelo Fromes / Tony Belotto / Arnaldo Antunes)

https://www.youtube.com/watch?v=ZywBCfVylOA

“Viva com simplicidade. Porque complicar as coisas? Você acabará atrapalhando sua própria vida, porque as complicações nos atrasam. Seja simples e eficaz. A simplicidade olha a natureza sem colocar óculos. Quando puder resolver as coisas sem complicá-las, faça-o em seu próprio benefício. Busque na simplicidade a solução de todos os seus problemas.” (Minutos de Sabedoria Pg. 162)

Boa tarde pessoal,

Neste feriado definem-se os finalistas do Campeonato baiano de futebol. Ontem a noite em jogo sofrível, o Esquadrão de aço venceu o Fluminense de Feira por 2×1 e conquistou a primeira vaga. No momento em que escrevo o “Trabalhando com Poesia o time de Canabrava vai vencendo o Juazeirense, pelo placar de 3×0, resultado que vai o levando à final contra o Bahia. Por solicitação da PM, as duas partidas finais do campeonato ocorrem dia 01 e 08 de maio de 2016, sendo a partida final realizada na Arena Fonte Nova.

E a tarde de quinta-feira chegou com uma triste notícia. A morte do cantor pop Prince, sucesso absoluto no final da década de 80 e inicio da de 90. Controverso, Excêntrico, ao extremo, Apesar de desaparecido do cenário pop ultimamente, ainda mantinha um grande número de fãs pelo mundo, nós incluídos. #RipPrince!!

Prince no Rock In Rio 1991 Parte I

https://www.youtube.com/watch?v=vM9FMD3HPN8

Prince no Rock In Rio 1991 Parte II

https://www.youtube.com/watch?v=GpcNa_sRpkk

A Presidenta Dilma Rousseff viajou nesta manhã aos Estados Unidos da América, onde participa de atividade realizada pela Organização das Nações Unidas. A possibilidade da denúncia formal aos organismos internacionais do Golpe em curso no Brasil, deixou a Oposição em polvorosa. O que será que eles estão a “Temer”? A seguir um clipping, feito pela Ag~encia Carta Maior, com as manchetes sobre o fatídico domingo. Será que a imprensa internacional está enganada?

“CNN, EUA

Poderosa, dura, longa e arrasadora matéria (quase dez minutos) sobre a patifaria do impeachment da presidente Dilma. Vista por todo o mundo a CNN expôs o que nossa imprensa não faz: acusa que corruptos querem o impeachment de uma pessoa honesta que além do mais não tem base jurídica. E que se trata de um golpe. Pergunta Cristina Ananpour, a mais importante âncora da emissora norte-americana: “O que está acontecendo?”

http://edition.cnn.com/videos/tv/2016/04/18/intv-amanpour-glenn-greenwald-dilma-rousseff-impeachment.cnn/video/playlists/amanpour/

The Guardian, Reino Unido

Sobre a decisão de Dilma Roussef de continuar lutando apesar de sua derrota na Câmara dos Deputados. A matéria conclui que após uma poderosa derrota, isso [continuar lutando] pode parecer apenas uma vontade. Mas os espíritos podem mudar rapidamente, como a própria Roussef aprendeu às suas próprias custas. A Opinião pública e as lealdades políticas são tão sólidas quanto areia movediça

http://www.theguardian.com/world/2016/apr/18/brazil-workers-party-vows-remain-in-power-despite-impeachment-vote

Editorial do jornal sobre o impeachment diz que é uma tragédia e um escândalo e que nãda está claro na crise política brasileira, exceto que o país sofrerá as consequências por muito tempo ainda.

http://www.theguardian.com/commentisfree/2016/apr/18/the-guardian-view-on-dilma-rousseffs-impeachment-a-tragedy-and-a-scandal

Artigo de Eliane Brum em que diz que Brazil’s crisis is not only political and economic, it is also one of identity.

http://www.theguardian.com/commentisfree/2016/apr/18/brazil-impeachment-identity-crisis-dilma-rouseff-workers-party

The Independent, Reino Unido

Escreve sobre a entrevista de Dilma e sua intenção de lutar com todas as forças para impedir o golpe à democracia

http://www.independent.co.uk/news/world/president-dilma-rousseff-of-brazil-fights-to-stay-in-power-as-impeachment-threat-grows-a6990076.html

New York Times, EUA

Aponta para as dificuldades que o país está vivendo e que em qualquer solução, com Dilma ou com Temer, os problemas estarão lá. Como se tornou usual em certo momento ridiculariza a sessão da Câmara, mais para jogo de futebol que para uma decisão fundamental para os destinos do país.

http://www.nytimes.com/2016/04/19/world/americas/vote-to-impeach-rousseff-prompted-cheers-but-wont-end-turmoil-in-brazil.html?ref=world

El Pais, Espanha

Em irônica manchete o jornal destaca a decisão da Câmara de abrir processo de impeachment de Dilma. Vítima da hora da imprensa internacional, uma vez mais os deputados da Câmara são ridicularizados. A manchete é esta: “Deus derruba a presidente do Brasil”.

http://internacional.elpais.com/internacional/2016/04/18/actualidad/1460935957_433496.html

Página 12, Argentina

O correspondente do jornal escreve sobre a decisão de Dilma de resistir ao golpe

http://www.pagina12.com.ar/diario/elmundo/4-297271-2016-04-19.html

The Intercept, EUA   18.04.2016

https://theintercept.com/2016/04/18/porque-o-sen-aloysio-nunes-foi-a-washington-um-dia-depois-da-votacao-do-impeachment/

Público, Portugal

Repercute a entrevista de Dilma Rousseff e sua disposição de ir à luta, denomina golpe à ação da Câmara dos Deputados e lutará contra o golpe

https://www.publico.pt/mundo/noticia/dilma-me-considero-injusticada-1729458

Sobre o movimento contra o golpe da população moradora das favelas do Rio de Janeiro e sua descida à praia de Copacabana para fazer sua manifestação contra o impeachment

https://www.publico.pt/mundo/noticia/funk-em-copacabana-e-o-protesto-da-favela-contra-o-impeachment-1729348

The Washington Post, EUA

Sobre as dificuldades na resistência ao impeachment.

https://www.washingtonpost.com/world/?hpid=hp_hp-cards_hp-card-world%3Ahomepage%2Fcard

Le Monde, França

Mesmo com a destituição do cargo à vista, Dilma anuncia luta e não se pronuncia sobre eleições antecipadas

http://www.lemonde.fr/ameriques/article/2016/04/19/le-combat-ne-fait-que-commencer-previent-dilma-rousseff_4904490_3222.html

L’Humanité, França

Sob o título de “esta burguesia revanchista quer a pele da esquerda” o jornal analisa os dias que correm no Brasil

http://www.humanite.fr/bresil-cette-bourgeoisie-revancharde-qui-veut-la-peau-de-la-gauche-605029

La Jornada, Mexico

Reportagem sobre a entrevista da presidente Dilma

http://www.jornada.unam.mx/ultimas/2016/04/18/rousseff-201cindignada201d-por-juicio-en-su-contra

Esquerda.net, Portugal

Artigo de Francisco Louçã para falar do Brasil lembra de uma frase de Saint Just em plena Revolução Francesa: “desgraçados dos revolucionários que fazem a revolução a metade, cavam a sua própria sepultura.” E completa dizendo que “o Brasil faz sua democracia pela metade e cava sua própria sepultura!”

http://www.esquerda.net/opiniao/brasil-faz-democracia-metade-e-cavas-tua-sepultura/42358

RFI, França

Depoimentos sobre a situação brasileira

http://m.br.rfi.fr/brasil/20160415-como-analistas-estrangeiros-veem-o-brasil-daqui-para-frente

The Economist, Reino Unido

A revista inglesa faz escárnio do Parlamento brasileiro a partir dos votos pronunciados pelos deputados na Câmara dos Deputados a favor do impeachment. Nem dá para se indignar porque foi um autêntico Febeapá.

http://www.economist.com/news/americas/21697095-hardly-any-federal-deputies-favour-impeachment-gave-stated-charges-their?zid=305&ah=417bd5664dc76da5d98af4f7a640fd8a

Em nossa sugestão de leitura para o “Trabalhando com Poesia” de hoje textos dos sites Socialista Morena e Blog da Cidadania. Vale a pena conferir:

A ditadura já começou: Câmara censura matéria por ordem de Eduardo CunhaEu já tinha denunciado aqui o PIG de Eduardo Cunha: a mão-de-ferro com que o presidente da Câmara passou a gerir os órgãos de comunicação da Casa, sobretudo a TV Câmara, sem nenhum republicanismo, favorecendo a si mesmo. Esta semana, após o impeachment da presidenta Dilma passar no plenário, uma matéria de 2014 da agência Câmara começou a circular nas redes sociais, mostrando que apenas 36 dos 513 deputados se elegeram de fato com votos próprios, uma demonstração de que precisamos urgente fazer uma reforma política

http://www.socialistamorena.com.br/camara-censura-materia-por-ordem-de-cunha/

A mídia aparentemente despreza Cunha, mas o utiliza para imolar uma presidente inocente – O absoluto maucaratismo, a covardia, a falta de apreço aos fatos e o profundo desamor pelo Brasil da velha mídia ficam mais do que evidentes neste novo golpe que perpetram contra a democracia. Nada mais importa a não ser arrancar o PT do poder. Dane-se que Dilma Rousseff não tenha cometido ilícito; dane-se o dantesco julgamento de domingo, quando o mundo inteiro pôde ver a classe de políticos que votou contra ela; dane-se que se está cometendo uma injustiça...

http://www.socialistamorena.com.br/a-midia-aparentemente-despreza-cunha/

Feministas contra o cavalheirismo: é machismo benevolente. Ou não? – Simpático à causa feminista, aparente modelo de pai e marido, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, viveu seu dia de “brucutu” há algumas semanas ao, por incrível que pareça, elogiar uma mulher. Na posse da nova procuradora-geral Kamala Harris, Obama não resistiu e soltou o galanteio: “É, de longe, a mais bela procuradora-geral”, disse. Harris sorriu lisonjeada, mas o presidente foi pego no laço pelas feministas, que o acusaram de prejudicar a almejada igualdade dos gêneros no trabalho quando destacou um atributo físico da procuradora. Pasmem, senhores, mas o cavalheirismo está deixando de ser unanimidade

http://www.socialistamorena.com.br/feministas-contra-o-cavalheirismo-e-machismo-benevolente-ou-nao/#at_pco=smlwn-1.0&at_si=571930e69a08a489&at_ab=per-2&at_pos=0&at_tot=1

São 367 picaretas com anel de doutorO Brasil e o mundo inteiro viram, transmitido ao vivo, o show de horrores que foi a aprovação do impeachment da presidenta Dilma Rousseff pelo plenário da Câmara. Parlamentares votando em nome das próprias famílias, parlamentares falando em nome de Deus, parlamentares assumindo que o real interesse é o estatuto do desarmamento, parlamentares falando em democracia enquanto passavam por cima da Constituição e aplicavam um golpe “constitucional” numa presidente democraticamente eleita. Teve até parlamentar saudando torturador da ditadura militar. A “razão jurídica” para o impeachment da presidenta Dilma foi absolutamente esquecida, desnudando que ela pouco importa, nunca importou. O julgamento foi político

http://www.socialistamorena.com.br/367-picaretas-com-anel-de-doutor/

Dilma fala ao Blog: “Cidadãos, lutem contra o golpe” – “Vou lutar em cada trincheira contra o golpe”, disse Dilma ao responder a excelente questão formulada pela jornalista Laura Capriglione (do grupo Jornalistas Livres) durante entrevista que a presidente da República concedeu nesta quarta-feira (20) a 9 blogueiros (eu entre eles) no 3º andar do Palácio do Planalto. Laura disse a Dilma que a união das esquerdas contra o golpe alenta porque permite prever que, se esse atentado à democracia se consumar, a resistência já tem seu exército. E perguntou se a presidente estará presente aos protestos que eclodirão após sua eventual deposição

http://www.blogdacidadania.com.br/2016/04/dilma-fala-ao-blog-cidadaos-lutem-contra-o-golpe/

Se violam até seus direitos, presidente Dilma, o que farão com os nossos? – Não há mais dúvida de que há um golpe em curso no Brasil. Claro que os golpistas não reconhecerão isso e se valerão da falta de cultura democrática dos brasileiros para enganá-los com essa história de que mesmo sem ter cometido crime Dilma pode ser derrubada por ter perdido apoio político. Porém, é balela. O Brasil é uma república pre-si-den-ci-a-lis-ta. No presidencialismo, para tirar um presidente do cargo por falta de apoio político só instituindo lei como a do “recall”, que existe em alguns estados norte-americanos, ou como a do “referendo revogatório” da Venezuela. Em ambos os casos, porém, é preciso submeter a revogação do mandato do presidente ao voto popular…

http://www.blogdacidadania.com.br/2016/04/se-violam-ate-seus-direitos-presidente-dilma-o-que-farao-com-os-nossos/

Jean Wyllys cuspiu no golpe, no preconceito, na corrupção e na ditadura – “Je suis Jean Wyllys” e não abro. Muitos foram os votos emocionados e indignados contra a farsa encenada no último domingo na Casa dos Representantes do povo, mas o dele foi o que mais me representou. Houve, por exemplo, o voto da deputada federal Professora Marcivânia, do PCdoB do Amapá: “Eu acho que nunca vi tanta hipocrisia junta por metro quadrado. Dizer que vai votar contra a corrupção colocando Michel Temer e Eduardo Cunha como presidente e vice, é de uma hipocrisia que não tem tamanho, e o povo sabe e vai enxergar isso. Então, pela democracia, contra o golpe de Estado e Institucional que está sendo feito por esta Casa, eu voto tranquilamente e com a minha consciência: não!!”…

http://www.blogdacidadania.com.br/2016/04/jean-wyllys-cuspiu-no-golpe-no-preconceito-na-corrupcao-e-na-ditadura/

Golpistas vão perder seja qual for o resultado dessa votação infame – A única coisa que podemos fazer neste domingo da infâmia, em que os votos da maioria dos brasileiros foram desrespeitados pelos desatinos de umas poucas centenas de deputados, é lamentar o ponto a que chegamos. Todos sabemos exatamente o que está sendo decidido hoje. Os argumentos contra a derrubada do governo constitucional e legítimo de Dilma Rousseff foram expostos na internet, nas ruas, nos debates, nos fóruns mais elitizados ou no boteco da esquina. As esquerdas fizeram um excelente trabalho ao longo das últimas semanas. Partidos de oposição de esquerda ao governo Dilma uniram-se aos grupos governistas para lutar contra o golpe. Está sendo tudo feito como deveria. Só que com um ano de atraso, no mínimo.

http://www.blogdacidadania.com.br/2016/04/golpistas-vao-perder-seja-qual-for-o-resultado-dessa-votacao-infame/

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com/2016/04/21/trabalhando-com-poesia-701
Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina.  Uma quinta feira abençoada por Deus, coberta de paz e protegida pelo Caçador de uma flecha só. Okearô Odé!

Apio Vinagre Nascimento

e-mail: apiovinagre.adv@gmail.com

e-mail 1: apio.vinagre @pedraevinagre.adv.br

e-mail 2: oipa2@hotmail.com

e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br

site: http://www.pedraevinagre.adv.br
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr:
http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Skype: a_vinagre1
Youtube:
http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio 
Fones: (71) 98814-5332 / 99154-0168 / 99982-7223 / 98214-0894

A Praça – Álvaro de Campos, in “Poemas”

A praça da Figueira de manhã,
Quando o dia é de sol (como acontece
Sempre em Lisboa), nunca em mim esquece,
Embora seja uma memória vã.

Há tanta coisa mais interessante
Que aquele lugar lógico e plebeu,
Mas amo aquilo, mesmo aqui … Sei eu
Por que o amo? Não importa. Adiante …

Isto de sensações só vale a pena
Se a gente se não põe a olhar para elas.
Nenhuma delas em mim serena…

De resto, nada em mim é certo e está
De acordo comigo próprio. As horas belas
São as dos outros ou as que não há.

Existir é Ser Possível Haver Ser – Álvaro de Campos, in “Poemas”

Ah, perante esta única realidade, que é o mistério,
Perante esta única realidade terrível — a de haver uma realidade,
Perante este horrível ser que é haver ser,
Perante este abismo de existir um abismo,
Este abismo de a existência de tudo ser um abismo,
Ser um abismo por simplesmente ser,
Por poder ser,
Por haver ser!
— Perante isto tudo como tudo o que os homens fazem,
Tudo o que os homens dizem,
Tudo quanto constroem, desfazem ou se constrói ou desfaz através deles,
Se empequena!
Não, não se empequena… se transforma em outra coisa —
Numa só coisa tremenda e negra e impossível,
Urna coisa que está para além dos deuses, de Deus, do Destino
—Aquilo que faz que haja deuses e Deus e Destino,
Aquilo que faz que haja ser para que possa haver seres,
Aquilo que subsiste através de todas as formas,
De todas as vidas, abstratas ou concretas,
Eternas ou contingentes,
Verdadeiras ou falsas!
Aquilo que, quando se abrangeu tudo, ainda ficou fora,
Porque quando se abrangeu tudo não se abrangeu explicar por que é um tudo,
Por que há qualquer coisa, por que há qualquer coisa, por que há qualquer coisa!

Minha inteligência tornou-se um coração cheio de pavor,
E é com minhas idéias que tremo, com a minha consciência de mim,
Com a substância essencial do meu ser abstrato
Que sufoco de incompreensível,
Que me esmago de ultratranscendente,
E deste medo, desta angústia, deste perigo do ultra-ser,
Não se pode fugir, não se pode fugir, não se pode fugir!

Cárcere do Ser, não há libertação de ti?
Cárcere de pensar, não há libertação de ti?

Ah, não, nenhuma — nem morte, nem vida, nem Deus!
Nós, irmãos gêmeos do Destino em ambos existirmos,
Nós, irmãos gêmeos dos Deuses todos, de toda a espécie,
Em sermos o mesmo abismo, em sermos a mesma sombra,
Sombra sejamos, ou sejamos luz, sempre a mesma noite.
Ah, se afronto confiado a vida, a incerteza da sorte,
Sorridente, impensando, a possibilidade quotidiana de todos os males,
Inconsciente o mistério de todas as coisas e de todos os gestos,
Por que não afrontarei sorridente, inconsciente, a Morte?
Ignoro-a? Mas que é que eu não ignoro?
A pena em que pego, a letra que escrevo, o papel em que escrevo,
São mistérios menores que a Morte? Como se tudo é o mesmo mistério?
E eu escrevo, estou escrevendo, por uma necessidade sem nada.
Ah, afronte eu como um bicho a morte que ele não sabe que existe!
Tenho eu a inconsciência profunda de todas as coisas naturais,
Pois, por mais consciência que tenha, tudo é inconsciência,
Salvo o ter criado tudo, e o ter criado tudo ainda é inconsciência,
Porque é preciso existir para se criar tudo,
E existir é ser inconsciente, porque existir é ser possível haver ser,
E ser possível haver ser é maior que todos os Deuses.

Ah, um Soneto… – Álvaro de Campos, in “Poemas”

Meu coração é um almirante louco
que abandonou a profissão do mar
e que a vai relembrando pouco a pouco
em casa a passear, a passear…

No movimento (eu mesmo me desloco
nesta cadeira, só de o imaginar)
o mar abandonado fica em foco
nos músculos cansados de parar.

Há saudades nas pernas e nos braços.
Há saudades no cérebro por fora.
Há grandes raivas feitas de cansaços.

Mas — esta é boa! — era do coração
que eu falava… e onde diabo estou eu agora
com almirante em vez de sensação? …

https://www.youtube.com/watch?v=qcZcFN3umA0

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros, Notícias e política e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s