Trabalhando com Poesia

“… Para quem quer se soltar, invento cais, Invento mais, que a solidão me dá, invento lua nova, a clarear, invento amor e sei a dor de encontrar… Eu queria ser feliz, invento o mar, invento em mim, o sonhador… Para quem quer me seguir, eu quero mais, tenho um caminho, do que sempre quis, e um saveiro pronto pra partir… Invento o cais, e sei a vez de me lançar…” (Elis Regina – Cais – Comp.: Milton Nascimento / Ronaldo Bastos)

https://www.youtube.com/watch?v=aHoBvW16q78

 

“… No sertão da minha terra, fazenda é o camarada que ao chão se deu. Fez a obrigação com força, parece até que tudo aquilo ali é seu… Só poder sentar no morro, e ver tudo verdinho, lindo a crescer. Orgulhoso camarada de viola em vez de enxada… Filho de branco e do preto, correndo pela estrada, atrás de passarinho, pela plantação adentro, crescendo os dois meninos, sempre pequeninos… Peixe bom dá no riacho, de água tão limpinha, dá pro fundo ver, orgulhoso camarada, conta histórias pra moçada… Filho do sinhô vai embora, é tempo e estudo na cidade grande. Parte, tem olhos tristes, deixando o companheiro, na estação distante… “Não me esqueça amigo, eu vou voltar!”… Some longe o trenzinho ao deus-dará… Quando volta já é outro, trouxe até sinhá-mocinha, para apresentar. Linda como a luz da lua, que em lugar nenhum rebrilha como lá… Já tem nome de doutor, e agora na fazenda, é quem vai mandar… E seu velho camarada já não brinca, mas trabalha…” (Elis Regina – Morro Velho – Comp.: Milton Nascimento)

https://www.youtube.com/watch?v=rq5jIb96Q-8

 

“… Mas é preciso ter força, é preciso ter raça, é preciso ter gana, sempre. Quem traz no corpo a marca, Maria, Maria, mistura a dor e a alegria… Mas é preciso ter manha, é preciso ter graça, é preciso ter sonho, sempre… Quem traz na pele essa marca, possui a estranha mania de ter fé na vida…Maria, Maria, é um dom, uma certa magia, uma força que nos alerta… Uma mulher que merece viver e amar, como outra qualquer do planeta… Maria, Maria é o som, é a cor, é o suor, é uma dose mais forte e lenta, de uma gente que ri quando deve chorar, e não vive, apenas aguenta… De uma gente que ri quando deve chorar, e não vive, apenas aguenta… De uma gente que ri quando deve chorar, e não vive, apenas aguenta… Mas é preciso ter força, é preciso ter raça, é preciso ter gana, sempre. Quem traz no corpo a marca, Maria, Maria, mistura a dor e a alegria… Mas é preciso ter manha, é preciso ter graça, é preciso ter sonho, sempre… Quem traz na pele essa marca, possui a estranha mania de ter fé na vida…” (Elis Regina – Maria Maria – Comp.: Milton Nascimento / Fernando Brant)

https://www.youtube.com/watch?v=r97zR_X86LM
“Você, que é pai, é a criatura mais feliz sobre a face da terra. Levante os braços aos céus e agradeça a Deus a misericórdia que lhe concedeu. Mas lembre-se de que não basta dar aos filhos o sustento e a instrução. Algo existe mais importante que tudo isso: é o exemplo. Dê a seus filhos o exemplo do trabalho, da honestidade, da dignidade em toda a sua vida.” (Minutos de Sabedoria Pg. 172)

Bom dia pessoal,

O Brasil reduziu a pobreza e a extrema pobreza porque nos últimos anos foram construídas políticas públicas direcionadas à população de baixa renda. A avaliação foi feita pela ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, em evento de balanço dos programas sociais, no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (4).

“O Brasil é referência no mundo em redução da pobreza. Saímos do patamar de 10% no governo Lula para menos de 3% da população em situação de extrema pobreza.”

Manifestando preocupação com a possibilidade de corte nos programas sociais, Tereza Campello disse ser necessário que a população fique vigilante para evitar retrocesso na redução das desigualdades.

“Não é verdade que aproveitamos para reduzir a extrema pobreza e a pobreza em bom momento da economia mundial. Conseguimos porque construímos políticas voltadas para a população de baixa renda”, disse a ministra.

Ela frisou que a diminuição da pobreza e da extrema pobreza não ocorreu pela ação de um único programa, mas por um conjunto de ações. “Não é só o Bolsa Família. É um conjunto de políticas que permite esse resultado mesmo com a economia mundial não esteja indo bem.”

Em avaliação feita a representantes de vários segmentos da população e de movimentos sociais diversos, a ministra do Desenvolvimento Social afirmou que os programas sociais estão sob ataque, principalmente o Bolsa Família, Pronatec, Brasil Carinhoso e o programa de inclusão rural e convivência no semiárido.

Citando exemplos e números sobre o avanço na redução da desigualdade, ela disse que algumas regiões vem atravessando uma das piores secas dos últimos 50 anos sem que houvesse saques e abandono de cidades no semiárido nordestino. E isso ocorreu devido ao Bolsa Família e a ações como a de construção de cisternas, programa Luz para Todos e programas de convivência com o semiárido.

Sobre o Bolsa Família, ela disse que há informações de que em eventual mudança de governo o programa deve ser reduzido.

“O debate não é quanto custa o Bolsa Família (que custa 0,47% do PIB). O debate que temos que fazer é quanto custa não dar o Bolsa Família e ter as crianças fora da escola.”

Fonte: http://blog.planalto.gov.br/

Em nossa sugestão de leitura para o “Trabalhando com Poesia” de hoje textos dos sites Socialista Morena e Blog o Miro. Vale a pena conferir:

Por que todo mundo ataca Eduardo Cunha e não as empresas que doaram milhões a ele? – Estamos todos de mal com algum político atualmente, ou com vários. A direita (e parte da esquerda) ataca Lula e Dilma. A esquerda (e parte da direita) ataca os tucanos e Michel Temer. A maior parte de nós, creio, atacamos Eduardo Cunha, e queremos ele fora da presidência da Câmara – embora tenha gente por aí se aproveitando do poder de Cunha para executar o golpe em Dilma, enquanto aparentemente o ataca. Mas por que miramos apenas Cunha e não as empresas que deram dinheiro, muito dinheiro, para que ele estivesse lá? Sem elas, quem seria Cunha? Não espere que a mídia hegemônica vá fazer isso por você, ser crítico com os doadores de Eduardo Cunha…

http://www.socialistamorena.com.br/por-que-todo-mundo-ataca-cunha/

 

O golpe BBB – Uma das características dos golpes é, claro, prescindir do voto popular em favor de um colégio eleitoral, onde poucos escolhem em nome da maioria. As eleições são deslegitimadas e os votos que milhões de pessoas deram são jogados na lata do lixo. Nem mesmo o mais aloprado dos direitistas pode negar que é o que está acontecendo agora no Brasil: os 54,5 milhões de votos que Dilma Rousseff recebeu de nada valem diante dos 367 que foram dados pela sua derrubada do cargo na Câmara ou os que seguramente virão no Senado. Era assim que acontecia na época da ditadura: deputados e senadores votavam para “eleger” ditadores em nome da população. Foi a maneira que os militares, com o apoio explícito da rede Globo, encontraram para dar uma cara de “democracia” ao regime autoritário em que generais se sucediam no comando do país…

http://www.socialistamorena.com.br/o-golpe-bbb/

 

Senadores da oposição CENSURAM discurso de Nobel da Paz que denunciou golpe no Brasil – Prêmio Nobel da Paz de 1980, o argentino Adolfo Pérez Esquivel, de 84 anos, teve sua fala no Senado censurada a pedido de senadores da oposição, após denunciar que há uma tentativa de golpe no Brasil. “Venho ao Brasil trazendo a solidariedade e o apoio de muita gente na América Latina para que se respeite a continuidade da Constituição e do direito do povo de viver em democracia. Há grandes dificuldades de um golpe de Estado, que já  aconteceu em outros países do continente, como Honduras e Paraguai. Espero que saia o melhor deste recinto para o bem da democracia e da vida do povo do Brasil”, disse Esquivel, da tribuna da Casa…

http://www.socialistamorena.com.br/senadores-da-oposicao-censuram-discurso/

 

O reggae socialista de Max Romeo – Pouco conhecido no Brasil, o jamaicano Max Romeo, hoje com 71 anos, é uma das lendas do reggae mundial. Engajado, Romeo escreveu uma série de canções políticas nos anos 1970, sob a influência de Michael Manley (1924-1997), ex-primeiro-ministro do país, um líder sindical carismático, considerado “herói nacional” e mentor do que se chamou “socialismo democrático” na Jamaica…

http://www.socialistamorena.com.br/o-reggae-socialista-de-max-romeo/

 

Um golpe dos donos de escravos no Brasil? Por Greg Grandin – Entre os opositores da combatida – e ameaçada de perder o cargo – presidente do Brasil, Dilma Rousseff, existe um grupo com interesses comuns que se pensava haver perdido seu poder político há cerca de um século: os donos de escravos. Há alguns dias um artigo no The New York Times, que documentou os muitos crimes dos políticos envolvidos no processo de impeachment, disse o seguinte acerca de Beto Mansur, um ardoroso deputado em sua oposição ao Partido dos Trabalhadores : “Ele é acusado de manter 46 trabalhadores em suas fazendas de soja no Estado de Goiás em condições tão deploráveis que os investigadores disseram serem eles tratados como escravos modernos.”…

http://altamiroborges.blogspot.com.br/2016/05/um-golpe-dos-donos-de-escravos-no-brasil.html

 

Plano Temer é a volta da privataria. Por Tadeu Porto: Uma das grandes características de uma ruptura institucional é tentar impor uma agenda impopular, daqueles que não conseguem passar pelo crivo democrático (muito comumente exercido pelo voto), justamente por adotar uma política onerosa para a maior parcela do povo, beneficiando, na esmagadora maioria das vezes, uma pequena parcela da população. Não é diferente com o golpe que estamos vivendo no Brasil, uma ação rasteira e baixa da plutocracia nacional que não aceitou perder, pela quarta vez seguida, as rédeas da política nacional e encontrou na manipulação de massa, aliada a insatisfação e alienação popular, uma saída para colocar de volta a política “bem sucedida” (pra elite) no liberalismo do PSDB, concentrando renda nas mãos de poucos e voltando a dar privilégios para a classe mais abastada do país…

http://altamiroborges.blogspot.com.br/2016/05/plano-temer-e-volta-da-privataria.html

 

Frente ao golpe, a mobilização popular! Por João Pedro Stedile – Nos dias 10 ou 11 de maio, o Senado vai afastar a presidenta Dilma temporariamente do seu mandato. E, na sequência, em 48 horas ela deve se refugiar no Palácio da Alvorada ou na Granja do Torto. Assim como na Câmara dos Deputados, ninguém conseguiu apresentar provas concretas de que a presidenta tenha cometido algum crime. A acusação de pedaladas fiscais – feitas no processo por uma advogada transloucada – é tão absurda que na Câmara a maioria de seus apoiadores respondem por processos de corrupção e podem ser cassados pelo Supremo Tribunal Federal. Ou seja, os votantes, sim, eram os criminosos…

http://altamiroborges.blogspot.com.br/2016/05/frente-ao-golpe-mobilizacao-popular.html#more

 

“Monopólio da mídia é golpe!” – Está mais do que evidente a participação dos meios de comunicação do Brasil na construção e defesa do processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff. Com um sistema de mídia concentrado em poucos grupos econômicos, a cobertura da crise política e dos casos de corrupção tem sido seletiva e desequilibrada. De um lado, o foco quase exclusivo na desmoralização do PT e do governo; de outro, os casos de corrupção envolvendo os adversários políticos do governo são praticamente ignorados ou, quando muito, tratados com superficialidade…

http://altamiroborges.blogspot.com.br/2016/05/monopolio-da-midia-e-golpe.html

 

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com/2016/05/05/trabalhando-com-poesia-711

Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina.  Uma quinta feira abençoada por Deus, coberta de paz e protegida pelo Caçador de uma flecha só. Okearô Odé!

 

Apio Vinagre Nascimento

e-mail: apiovinagre.adv@gmail.com

e-mail 1: apio.vinagre @pedraevinagre.adv.br

e-mail 2: oipa2@hotmail.com

e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br

site: http://www.pedraevinagre.adv.br
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr:
http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Skype: a_vinagre1
Youtube:
http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio 
Fones: (71) 98814-5332 / 99154-0168 / 99982-7223 / 98214-0894

 

A morte chega cedo – Fernando Pessoa

A morte chega cedo,
Pois breve é toda vida
O instante é o arremedo
De uma coisa perdida.
O amor foi começado,
O ideal não acabou,
E quem tenha alcançado
Não sabe o que alcançou.

E tudo isto a morte
Risca por não estar certo
No caderno da sorte
Que Deus deixou aberto.

 https://www.youtube.com/watch?v=cQEDm4C8C_8

 

Ao longe, ao luar – Fernando Pessoa


Ao longe, ao luar,
No rio uma vela,
Serena a passar,
Que é que me revela ?
Não sei, mas meu ser
Tornou-se-me estranho,
E eu sonho sem ver
Os sonhos que tenho.

Que angústia me enlaça ?
Que amor não se explica ?
É a vela que passa
Na noite que fica.

https://www.youtube.com/watch?v=NhSjl1nV6nE

 

Põe-me as mãos nos ombros – Fernando Pessoa

Põe-me as mãos nos ombros…
Beija-me na fronte…
Minha vida é escombros,
A minha alma insonte.

Eu não sei por quê,
Meu desde onde venho,
Sou o ser que vê,
E vê tudo estranho.

Põe a tua mão
Sobre o meu cabelo…
Tudo é ilusão.
Sonhar é sabê-lo.

https://www.youtube.com/watch?v=hzxVSKstt0A

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros, Notícias e política e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s