Trabalhando com Poesia

“… Estranho seria se eu não me apaixonasse por você, o sal viria doce para os novos lábios. Colombo procurou as índias, mas a terra avistou em você. O som que eu ouço são as gírias do seu vocabulário… Estranho é gostar tanto do seu All Star azul, estranho é pensar que o bairro das Laranjeiras, satisfeito sorri quando chego ali, e entro no elevador, e aperto o 12, que é o seu andar, não vejo a hora de te encontrar, e continuar aquela conversa, que não terminamos ontem, ficou pra hoje… Estranho, mas já me sinto como um velho amigo seu. Seu All Star azul combina com o meu preto, de cano alto… Se o homem já pisou na lua, como eu ainda não tenho seu endereço? O tom que eu canto as minhas músicas, para a tua voz parece exato… Estranho é gostar tanto do seu All Star azul, estranho é pensar que o bairro das Laranjeiras, satisfeito sorri quando chego ali, e entro no elevador, e aperto o 12, que é o seu andar, não vejo a hora de te encontrar, e continuar aquela conversa, que não terminamos ontem, ficou pra Laranjeiras, satisfeito sorri, quando chego ali e entro no elevador, aperto o 12 que é o seu andar, não vejo a hora de te encontrar, e continuar aquela conversa, que não terminamos ontem, ficou pra hoje…” (Nando Reis – All Star – Comp.: Nando Reis)

“… E agora, o que eu vou fazer? Se os seus lábios ainda estão molhando os lábios meus? E as lágrimas não secaram com o sol que fez?… E agora como posso te esquecer? Se o teu cheiro ainda está no travesseiro? E o teu cabelo está enrolado no meu peito?… Espero que o tempo passe, espero que a semana acabe, pra que eu possa te ver de novo… Espero que o tempo voe, para que você retorne, pra que eu possa te abraçar, e te beijar, de novo… E agora, como eu passo sem te ver? Se o seu nome está gravado, no meu braço, como um selo? Nossos nomes que tem o “N”, como um elo?… E agora como posso te perder? Se o teu corpo ainda guarda o meu prazer? E o meu corpo está moldado com o teu? Espero que o tempo passe, espero que a semana acabe, pra que eu possa te ver de novo… Espero que o tempo voe, para que você retorne, pra que eu possa te abraçar… Espero que o tempo passe, espero que a semana acabe, pra que eu possa te ver de novo… Espero que o tempo voe, para que você retorne, pra que eu possa te abraçar, e te beijar, de novo… De novo… De novo… De novo…” (Nando Reis – N – Comp.: Nando Reis)

“… Eu não quero mais mentir, usar espinhos que só causam dor. Eu não enxergo mais o inferno que me atraiu. Dos cegos do castelo me despeço e vou, a pé até encontrar um caminho, um lugar, pro que eu sou… Eu não quero mais dormir, de olhos abertos me esquenta o sol. Eu não espero que um revólver venha explodir, na minha testa se anunciou… A pé, a fé devagar, foge o destino do azar, que restou… E se você puder me olhar, se você quiser me achar, e se você trouxer o seu lar… Eu vou cuidar, eu cuidarei dele, eu vou cuidar, do seu jardim… Eu vou cuidar, eu cuidarei muito bem dele, eu vou cuidar, eu cuidarei do seu jantar, do céu e do mar, e de você e de mim… Eu não quero mais mentir, usar espinhos que só causam dor. Eu não enxergo mais o inferno que me atraiu. Dos cegos do castelo me despeço e vou, a pé até encontrar um caminho, um lugar, pro que eu sou… Eu não quero mais dormir, de olhos abertos me esquenta o sol. Eu não espero que um revólver venha explodir, na minha testa se anunciou… A pé, a fé devagar, foge o destino do azar, que restou… E se você puder me olhar, se você quiser me achar, e se você trouxer o seu lar… Eu vou cuidar, eu cuidarei dele, eu vou cuidar, do seu jardim… Eu vou cuidar, eu cuidarei muito bem dele, Eu vou cuidar, eu cuidarei do seu jantar, do céu e do mar, e de você e de mim… (Nando Reis – Os cegos do castelo – Comp.: Nando Reis)

“Não tenha medo! Medo de quê? Nossa vida é eterna, nosso eu, que é nossa alma, não morre nunca. A vida continua eternamente. Procure sentir Deus palpitando dentro de si, na vida que pulsa em seu coração, nos pensamentos que povoam seu cérebro. Não tenha medo, porque Deus está permanentemente dentro de você. Siga seu caminho confiante e sereno, e descobrirá Deus em tudo.” (Minutos de Sabedoria Pg. 186)

Bom dia pessoal,

Mais um final de semana prolongado chegando e como sempre acontece nestes períodos, aumenta a nossa expectativa em relação à possibilidade de vivenciar momentos tranquilos e de paz, junto a nossas famílias, amigos e pessoas queridas.

Refletir sobre o que exatamente significamos para outro alguém é sempre algo extremamente complexo. E esse é um aspecto que não se resume às relações meramente amorosas. Em todos os momentos da vida nos pegando refletindo sobre essa questão. O conflito ou afinidade entre o seu amor próprio e as relações que você estabelece com outras pessoas, em sua família, namoro, casamento, união estável, trabalho, nas relações sociais, enfim, em todas elas, sempre estarão a permear a sua caminhada. Ontem uma pessoa amiga me mandou um texto bem interessante sobre uma variante desta questão, que a internet atribui a Arnaldo Jabor e que compartilho com vocês: “Sempre acho que namoro, casamento, romance tem começo, meio e fim, como tudo na vida. Detesto quando escuto aquela conversa: – ‘Ah, terminei o namoro…’ – ‘Nossa, quanto tempo?’… – ‘cinco anos, mas não deu certo. Acabou’ – É não deu…? Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou. E o bom da vida é que você pode ter vários amores. Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam. Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro? E não temos esta coisa completa. Às vezes ele é fiel, mas não é bom de cama. Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel. Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador. Às vezes ela é malhada, mas não é sensível. Tudo nós não temos. Perceba qual o aspecto que é mais importante e invista nele. Pele é um bicho traiçoeiro. Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico; que é uma delícia. E as vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona… Acho que o beijo é importante…e se o beijo bate… se joga… se não bate…mais um Martini, por favor… e vá dar uma volta. Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer. Não lute, não ligue, não dê pití. Se a pessoa tá com dúvida, problema dela, cabe a você esperar ou não. Existe gente que precisa da ausência para querer a presença. O ser humano não é absoluto. Ele titubeia, tem dúvidas e medos mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta. Nada de drama. Que graça tem alguém do seu lado sob chantagem, gravidez, dinheiro, recessão de família? O legal é alguém que está com você por você. E vice-versa. Não fique com alguém por dó também. Ou por medo da solidão. Nascemos sós. Morremos sós. Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento. Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia? Gostar dói. Você muitas vezes vai ter raiva, ciúmes, ódio, frustração. Faz parte. Você namora um outro ser, um outro mundo e um outro universo. E nem sempre as coisas saem como você quer… A pior coisa é gente que tem medo de se envolver. Se alguém vier com este papo, corra, afinal, você não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível. Na vida e no amor, não temos garantias. E nem todo sexo bom é para namorar. Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar. Nem todo beijo é para romancear. Nem todo sexo bom é para descartar. Ou se apaixonar. Ou se culpar. Enfim…quem disse que ser adulto é fácil?” É isso por hoje.

Hoje na História, 25 de Maio de 1963, foi estabelecido pela OUA como o Dia da África –Dia da África é a comemoração anual realizada em 25 de maio de 1963 pela fundação da Organização de Unidade Africana (OUA). Neste dia, os líderes de 30 dos 32 Estados africanos independentes assinaram uma carta de fundação, em Addis Abeba, na Etiópia.Em 1991, a OUA estabeleceu a Comunidade Económica Africana, e em 2002, a OUA estabeleceu o seu próprio sucessor, a União Africana .No entanto, o nome e a data do Dia de África foi mantido como uma celebração da unidade Africana tema do Dia de África 2012 é “África e da Diáspora”.A celebração de Nova York foi realizada em Nova York em 31 de maio de 2011. Em Nairobi, foi comemorado no Parque Uhuru Recreational Park.Também deve ser notado que o Dia da África é celebrada como um feriado público em apenas cinco países africanos, Gana, Mali, Namíbia, Zâmbia e Zimbabwe.No entanto, as celebrações são realizadas em alguns países africanos, bem como pelos africanos na diáspora.

 

Em nossa sugestão de leitura para o “Trabalhando com Poesia” de hoje textos dos Blogs Diário do Centro do Mundo, Socialista Morena e Pátria Latina. Vale a pena conferir:

‘Tese do golpe é alucinação e conto da carochinha’: a Globo pode economizar 50 anos e pedir desculpas já. Por Paulo Nogueira – Não é um jornal: é uma vergonha. A Globo não tem que esperar mais 50 anos para se desculpar pelo seu papel no golpe. Pode pedir desculpas agora. Veja o que um editorial seu afirmou pouco antes que Jucá descrevesse involuntariamente, em detalhes, a traa sinistra que derrubou Dilma. O título era: “A farsa do ‘golpe’ construída pelo lulopetismo’. (Lulopetismo é uma típica expressão dos direitistas fanáticos. É o equivalente ao ‘comunismo leninismo’ dos anos 60.) “Acreditar no conto da carochinha do ‘golpe’ é aceitar a participação do STF numa operação para defenestrar Dilma. Só numa alucinação.”…

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/tese-do-golpe-e-alucinacao-e-conto-da-carochinha-a-globo-pode-economizar-50-anos-e-pedir-desculpas-ja-por-paulo-nogueira/

 

Carta aberta a Marcela Temer. Assunto: seu choro. Por Paulo Nogueira – Cara Marcela: Bem-vinda ao mundo como ele é. Soube que você chorou quando ouviu as pessoas protestarem contra seu marido em frente à sua casa em São Paulo. Li que você temeu que a casa fosse invadida. Não foi. Mas isso em certas circunstâncias pode acontecer. Quando o povo está muito revoltado com as trapaças dos ricos para manterem seus privilégios, por exemplo. Na França da Revolução, a multidão invadiu o Palácio de Versalhes, e cabeças de soldados da Guarda Real foram mostradas a Maria Antonieta espetadas em paus…

 

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/carta-aberta-a-marcela-temer-por-paulo-nogueira/

 

 

Faltava um delegado da Lava Jato reclamar do vazamento do áudio de Jucá. Não falta mais. Por Kiko Nogueira – “Leva tudo, mas deixa meu RG, faz favor!!” O coordenador da força tarefa da Lava Jato, Igor Romário de Paula, se queixou do vazamento das conversas entre Romero Jucá e o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado. Foi durante a coletiva da 30ª fase da operação (deve chegar a quê até 2018? 487 fases?), chamada de “Vício”. “O que nos preocupa somente é que isso venha a público dessa forma, sem que uma apuração efetiva tenha sido feita antes”, lamentou. Igor aproveitou para elogiar a escolha de Alexandre de Moraes, o espancador de estudantes de São Paulo e ex-advogado de Eduardo Cunha, para o Ministério da Justiça…

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/faltava-um-delegado-da-lava-jato-reclamar-do-vazamento-do-audio-de-juca-nao-falta-mais-por-kiko-nogueira/

 

 

O responsável pela degradação moral do STF é Gilmar Mendes. Por Paulo Nogueira – O responsável pela degradação do STF é Gilmar Mendes, uma das heranças malditas de FHC. Não que outros ministros não tenham dado sua cota. Mas nenhum juiz fez tanto quanto Gilmar para transformar a maior corte do país num grotesco, despudorado palco político. É por conta sobretudo de Gilmar que é absolutamente crível a afirmação de Jucá sobre a participação do STF no golpe. Num mundo menos imperfeito, Gilmar já teria sido enxotado do STF há muitos anos. Mas o Brasil é o que é….

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-responsavel-pela-degradacao-moral-do-stf-e-gilmar-mendes-por-paulo-nogueira/

 

 

Não há mais qualquer chance do governo Temer dar certo. Por Carlos Fernandes – Se havia alguma chance de o governo interino dar certo, a divulgação do diálogo entre o ministro do Planejamento, Romero Jucá, com o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, jogou por terra qualquer esperança nesse sentido. O estrago causado pela comprovação de que todo o processo de impeachment foi inegavelmente levado a cabo para barrar as investigações da Lava Jato, desnudou todo o caráter conspiratório que culminou no afastamento da presidenta Dilma Roussef. Se já pairavam dúvidas sobre a real capacidade do presidente interino e sua equipe ministerial no que se refere à criação de políticas que tornassem possíveis a retomada do crescimento econômico, a estréia se revelou um fracasso descomunal…

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/nao-ha-mais-qualquer-chance-do-governo-temer-dar-certo-por-carlos-fernandes/

 

 

O absurdo silêncio do STF sobre Jucá explicita ainda mais o papel da corte no golpe. Por Kiko Nogueira – A bomba de Romero Jucá repercute mundialmente, expondo a conspiração que levou ao poder a gangue de Michel Temer e Cunha —  e o STF se junta ao PSDB e a Sergio Moro num silêncio cúmplice e eloquente. Nenhum pio dos onze ministros, nenhuma nota dura ou mole para contar que eles nunca estiveram abertos a pacto para barrar a Lava Jato, como afirmou Jucá. A conclusão, por enquanto, é de que, sim, eles estavam fechados em torno de um acordo político. Na gravação a que a Folha teve acesso, Jucá diz a Sérgio Machado, ex-líder tucano no Senado, que conversou “com alguns ministros do Supremo”…

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-absurdo-silencio-do-stf-sobre-juca-explicita-ainda-mais-o-papel-da-corte-no-golpe-por-kiko-nogueira/

 

Complexo de vira-latas: saiba mais sobre a concepção que norteia Serra no Itamaraty – “Isso não era para a gente, é briga de gente grande”, disse o “novo” ministro das Relações Exteriores do governo ilegítimo, José Serra, sobre a ambição do Brasil de fazer parte do Conselho de Segurança da ONU, em entrevista à jornalista a GloboNews Miriam Leitão. É uma frase que escancara qual a concepção colonialista que norteará Serra à frente do Itamaraty: o famoso “complexo de vira-latas” cunhado por Nelson Rodrigues, o escritor que a direita brasileira adora citar sem ler. O “novo” ministro já estuda o fechamento das embaixadas na África e no Caribe, tão caras à política externa dos anos Lula e Dilma, para se voltar apenas para o “primeiro mundo”–como sabujos, claro…

http://www.socialistamorena.com.br/a-concepcao-que-norteia-serra-no-itamaraty/

 

Um casal de surdos, filmes dublados e o bacana da indignação – Não tive tempo de escrever sobre isto à época, mas adorei esta notícia: “Casal de surdos ganha indenização de cinema que não tinha Shrek legendado em Belo Horizonte”. A decisão saiu no final de outubro do ano passado, mas o caso ocorreu em 2010. Um casalzinho de surdos decidiu comemorar o aniversário de namoro indo ao cinema e escolheram Shrek Para Sempre. Chegando ao Cineart do Shopping Cidade, em Belo Horizonte, não havia nenhuma sessão legendada do filme em cartaz no horário que escolheram, à tarde. Frustrados, eles fizeram boletim de ocorrência e decidiram pedir indenização à Justiça, que, surpreendentemente, concordou com a petição. A empresa foi condenada a pagar 10 mil reais como dano moral e outros 10 mil a título de “parcela pedagógica”, ou seja, para que aprendam –este valor será destinado a uma instituição de caridade. De nada adiantou o Cineart oferecer ingresso em outras sessões como tentativa de conciliação: o casal se manteve irredutível. Detalhe: havia uma sessão legendada na noite do mesmo dia, mas como o casal escolheu ir à tarde, se sentiu alvo de preconceito por só haver sessões dubladas no horário que pretendiam…

http://www.socialistamorena.com.br/um-casal-de-surdos-filmes-dublados-e-o-bacana-da-indignacao/#at_pco=smlwn-1.0&at_si=5744fa265fb080de&at_ab=per-2&at_pos=0&at_tot=1

 

A tortura na poesia de Alex Polari: Inventário de Cicatrizes – Nascido em João Pessoa (PB) em 1951, Alex Polari de Alverga tinha 20 anos de idade e era membro da organização clandestina VPR (Vanguarda Popular Revolucionária), responsável pelo sequestro do embaixador alemão Ehrenfried Von Holleben, quando caiu preso, no Rio. Barbaramente torturado, Alex testemunhou e escreveu da prisão uma carta à estilista Zuzu Angel onde narrava as atrocidades cometidas pelos militares contra seu filho, Stuart, militante do MR-8. Aos 26 anos, em 1971, Stuart foi arrastado por um jeep pelo pátio interno da base aérea do Galeão com a boca no cano de descarga do veículo. Seu corpo nunca foi encontrado. Supõe-se que tenha sido jogado em alto-mar ou enterrado como indigente. Alex Polari passaria seus 20 anos inteiramente na cadeia: condenado a 80 anos de prisão, só foi libertado aos 29, em 1980, após a anistia. Dois anos antes, em 1978, publicou um livro, Inventário de Cicatrizes, com as poesias que escreveu no cárcere. São versos duros, tristes, revoltantes, sobre a tortura nos porões da ditadura militar –um dos poemas é dedicado a Stuart Angel. Hoje, aos 63 anos, Alex se dedica ao Santo Daime e é um dos líderes da Comunidade Céu do Mapiá, no Acre…

http://www.socialistamorena.com.br/a-tortura-na-poesia-de-alex-polari-inventario-de-cicatrizes/#at_pco=smlwn-1.0&at_si=5744fa4483415165&at_ab=per-2&at_pos=0&at_tot=1

 

Biógrafo de Che: “Que herói a direita tem para colocar em camisetas? Pinochet?” – Em 2007, quando o assassinato de Che Guevara completou 40 anos, a revista Veja, cujo modelo de jornalismo já conhecemos (leia aqui sobre minha experiência na semanal da Abril) publicou uma reportagem de capa, ao estilo “guia politicamente incorreto” de seus foquinhas amestrados, para tentar demolir o mito. Dias depois, uma carta pública do biógrafo de Che, o premiado jornalista norte-americano Jon Lee Anderson, desmentia o teor da reportagem praticamente por completo, acusando seu autor de ter sido parcial e desonesto (leia aqui). “O que você fez com Che é o equivalente a escrever sobre George W. Bush utilizando apenas o que lhe disseram Hugo Chávez e Mahmoud Ahmadinejad para sustentar seu ponto de vista”, escreveu Anderson, cujo livro é apontado pela própria Veja como “a mais completa biografia de Che”. Espantosamente, este libelo de mau jornalismo vem sendo utilizado nos últimos anos pela direita indigente intelectual brasileira para tentar reduzir Che a um “assassino”, como se o contexto, uma revolução, não justificasse mortes. Tem colunista de jornal aí que só se refere a ele como “porco fedorento”. Este é o nível deles…

http://www.socialistamorena.com.br/biografo-de-che-que-heroi-a-direita-tem-para-colocar-em-camisetas-pinochet/#at_pco=smlwn-1.0&at_si=5744fb80278ad23a&at_ab=per-2&at_pos=0&at_tot=1

 

Veja a versão desta quarta e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

 

https://oipa2.wordpress.com/2016/05/25/trabalhando-com-poesia-725
Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina.  Uma quarta-feira abençoada por Deus e repleta da força da rainha dos ventos e trovões. Eparrey Oyá. Um excelente Feriado e Final de semana prolongado a cada um (a) de vocês.

 

Apio Vinagre Nascimento

e-mail: apiovinagre.adv@gmail.com

e-mail 1: apio.vinagre @pedraevinagre.adv.br

e-mail 2: oipa2@hotmail.com
e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br
site: http://www.pedraevinagre.adv.br
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr:
http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Skype: a_vinagre1
Youtube:
http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio 
Fones: (71) 98814-5332 / 99154-0168 / 99982-7223 / 98214-0894


Se te amo, não sei!Gonçalves Dias

Amar! se te amo, não sei.
Oiço aí pronunciar
Essa palavra de modo
Que não sei o que é amar.

Se amar é sonhar contigo,
Se é pensar, velando, em ti,
Se é ter-te n’alma presente
Todo esquecido de mim!

Se é cobiçar-te, querer-te
Como uma bênção dos céus
A ti somente na terra
Como lá em cima a Deus;

Se é dar a vida, o futuro,
Para dizer que te amei:
Amo; porém se te amo
Como oiço dizer, — não sei.

Sei que se um gênio bom me aparecesse
E tronos, glórias, ilusões floridas,
E os tesouros da terra me oferecesse
E as riquezas que o mar tem escondidas;

E do outro lado — a ti somente, — e o gozo
Efêmero e precário — e após a morte;
E me dissesse: “Escolhe” — oh! jubiloso,
Exclamara, senhor da minha sorte! —

“Que tesouro na terra há i que a iguale?
Quero-a mil vezes, de joelhos — sim!
Bendita a vida que tal preço vale,
E que merece de acabar assim!”

Como eu te amoGonçalves Dias

Como se ama o silêncio, a luz, o aroma,
O orvalho numa flor, nos céus a estrela,
No largo mar a sombra de uma vela,
Que lá no extremo do horizonte aponta;

Como se ama o clarão da branca lua,
Da noite a mudez os sons da flauta,
As canções saudosíssimas do nauta,
Quando em mole vai e vem a nau flutua;

Como se ama das aves o gemido,
Da noite as sombras e do dia as cores,
Um céu com luzes, um jardim com flores,
Um canto quase em lágrimas sumido;

Como se ama o crepúsculo da aurora,
O manso vento que nos bosques rondeia,
O sussurro da fonte que passeia,
Uma imagem risonha e sedutora;

Como se ama o calor e a luz querida,
A harmonia, o frescor, os sons, os céus,
Silêncios e cores, perfumes e vida,
Os pais e a pátria e a virtude e a Deus.

Assim eu te amo, assim; mais do que podem
Dizer-te os lábio meus, – mais do que vale
Cantar a voz do trovador cansada:
O que é belo, o que é justo, santo e grande
Amo em tí. – Por tudo quanto sofro,
Por quando já sofri, por quanto ainda
Me resta sofrer, por tudo eu te amo!

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros, Notícias e política e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s