Trabalhando com Poesia

“… Vou sorrindo, com o meu interior chorando, amargando o meu viver sofrido, e assistindo o que se vai passando, eu vou resistindo… Resistindo, do meu posto vendaval, da vida, aplaudindo a quem já vai subindo, amparando a quem já vem caindo… Quantos risos de falsa alegria, paraíso sem nenhum valor, luta pelo pão de cada dia, sustentando a morte no amor, mas vou sorrindo… Vou sorrindo, com o meu interior chorando, amargando o meu viver sofrido, e assistindo o que se vai passando, eu vou resistindo… Resistindo, do meu posto vendaval, da vida, aplaudindo a quem já vai subindo, amparando a quem já vem caindo… Quantos risos de falsa alegria, paraíso sem nenhum valor, luta pelo pão de cada dia, sustentando a morte no amor, mas vou sorrindo… Quantos risos de falsa alegria, paraíso sem nenhum valor, luta pelo pão de cada dia, sustentando a morte no amor, mas vou sorrindo… Vou sorrindo, com o meu interior chorando, amargando o meu viver sofrido, e assistindo o que se vai passando, eu vou resistindo… Resistindo, do meu posto vendaval, da vida, aplaudindo a quem já vai subindo, amparando a quem já vem caindo… Amparando a quem já vem caindo… Amparando a quem já vem caindo… Amparando a quem já vem caindo… Amparando a quem já vem caindo…” (Fundo de Quintal – Vendaval da vida – Comp.: Cleber Augusto / Délcio Carvalho / Noca da Portela)


“… É esse brilho em seu olhar, me querendo perguntar, o que vai acontecer. É pois é só você pode explicar, onde anda o meu olhar, é tão fácil perceber, me mande um aviso, me diz com sorriso, se ainda é preciso disfarçar, será? Tanto faz, ou tanto fez, esbarrei na timidez, tropecei na luz do nosso olhar… Me mande um aviso , me diz com sorriso, se eu posso de um sonho despertar… Pois é!… É esse brilho em seu olhar, me querendo perguntar, o que vai acontecer. É pois é só você pode explicar, onde anda o meu olhar, é tão fácil perceber, me mande um aviso, me diz com sorriso, se ainda é preciso disfarçar, será? Tanto faz, ou tanto fez, esbarrei na timidez, tropecei na luz do nosso olhar… Me mande um aviso , me diz com sorriso, se eu posso de um sonho despertar… Será que o amor aconteceu? Ou será que é esse sonho meu? Ou será que o amor se deu? Brilha pra mim…” (Fundo de Quintal – Timidez – Comp.: Cleber Augusto/Djalma Falcão/Bicudo)

“… Vem, se você não vier vou sentir saudade, vou sentir coisa estranha, coisa do amor, toda a minha verdade… Vem, cada espaço que passo pertence a você, com você junto a mim, longínquo é meu fim… Que seja sempre assim. Você é aquela alegria que um dia eu perdi, que vem da primazia do amor, que é seu eternamente meu, me ama sempre assim desse jeitinho assim, seu amor só me deixou assim contaminado, por você que é o meu pecado… Vem, se você não vier vou sentir saudade, vou sentir coisa estranha, coisa do amor, toda a minha verdade… Vem, cada espaço que passo pertence a você, com você junto a mim, longínquo é meu fim… Que seja sempre assim. Você é aquela alegria que um dia eu perdi, que vem da primazia do amor, que é seu eternamente meu, me ama sempre assim desse jeitinho assim, seu amor só me deixou assim contaminado, por você que é o meu pecado… Vem, se você não vier vou sentir saudade, vou sentir coisa estranha, coisa do amor, toda a minha verdade… Vem, cada espaço que passo pertence a você, com você junto a mim, longínquo é meu fim… Que seja sempre assim. Você é aquela alegria que um dia eu perdi, que vem da primazia do amor, que é seu eternamente meu, me ama sempre assim desse jeitinho assim, seu amor só me deixou assim contaminado, por você que é o meu pecado…(Fundo de Quintal – Toda minha verdade – Comp.: Wilson Moreira)

“… Não, negligência não, se for apanhar meu violão, cuide dele com carinho, toque nas cordas macio, e tente cantar samba… Sei que o início até pode ser difícil, mas fazendo um sacrifício, será bem recompensado… Pois o samba marca como um giz, é eterno porque é raiz… Pois o samba marca como um giz, é eterno porque é raiz… Não quero dizer que viver é só sambar, mas sambar é viver, é saber se encontrar… Só o samba faz a tristeza se acabar, só o samba é capaz desse povo alegrar… Ser sambista é ver com olhos do coração, ser sambista é crer que existe uma solução… É a certeza de ter escolhido o que convém… É se engrandecer e sem menosprezar ninguém… Aconselho a você que seja sambista também… Aconselho a você que seja sambista também… Aconselho a você que seja sambista também… Ser sambista é ver com olhos do coração, ser sambista é crer que existe uma solução… É a certeza de ter escolhido o que convém… É se engrandecer e sem menosprezar ninguém… Aconselho a você que seja sambista também… Aconselho a você que seja sambista também… Aconselho a você que seja sambista também…” (Fundo de Quintal – Seja sambista também – Comp.: Arlindo Cruz – Sombrinha)


“Procure anular a parte inferior, para desenvolver a parte superior de seu ser. Os antigos chamavam ‘centauros’ àquele misto de homens na parte superior e cavalos na parte inferior do corpo. Não seja assim. Procure tornar-se totalmente homem, vencendo e dominando a parte inferior e animal de seu ser, para que apareça e sobressaia, apenas, a parte.” (Minutos de Sabedoria Pg. 192)

Bom dia pessoal,

O parecer do relator Marcos Rogério (DEM-RO) que trata do pedido de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi lido, na tarde desta quarta-feira (1). No relatório, que foi finalizado após quase seis meses, desde que as investigações contra o ex-presidente da Câmara foram iniciadas, ele pede a cassação de Cunha.

A cassação de Cunha foi recomendada por ele ter mentido à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, em 12 de março de 2015, quando negou a existência de contas no exterior em seu nome, o que caracteriza quebra de decoro parlamentar. O parecer afirma que as aplicações por Cunha de dinheiro em trusts foram usadas para a prática de “fraudes” no ocultamento de bens que tiveram origem em propina.

Eduardo Cunha está afastado da presidência da Câmara cargo após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e este já é o processo mais longo da história do Conselho de Ética.

Preocupado em evitar riscos de nulidade do processo, o relatório foi entregue lacrado, às 11h34, ao presidente do conselho, deputado José Carlos Araújo (PR-BA), de forma a evitar especulações sobre o seu conteúdo.

Processo limitado

Também com o objetivo de evitar a nulidade do processo, Marcos Rogério tem dito que respeitará a orientação do presidente interino da Câmara dos Deputados, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), no sentido de limitar a investigação à acusação de ter mentido na CPI. Assim sendo, o relatório não terá como alvo de investigação as denúncias de propinas envolvendo Cunha e a Petrobras.

Para o relator, não haverá motivo para questionamentos por parte da defesa de Cunha sobre os prazos do processo. Segundo ele, o que está em julgamento são atos que atentam à dignidade do Parlamento. “Reclamar de defesa, de prazos, em um processo como esse é atentar contra a dignidade do próprio Parlamento”, disse o deputado Marcos Rogério.

Prazos
Diante de todas as medidas adotadas ao longo do processo, classificadas por parlamentares contrários ao peemedebista de manobras protelatórias, a votação do parecer também deve se arrastar por todo o prazo permitido.

Após a leitura do relatório, houve pedido de vista coletivo, e a votação ficou para a próxima terça (9). Só depois de esgotados os debates, que podem se estender por mais de um dia, o parecer será votado e, se aprovado, será encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Fonte: Redação da Agência PT de Notícias, com informações da Agência Brasil

Em nossa sugestão de leitura para o “Trabalhando com Poesia” de hoje textos do site Brasil 247:

PT projeta vitória contra impeachment – Senadores petistas ouvidos pelo jornal Valor Econômico avaliam que o presidente interino Michel Temer não tem mais os 54 votos necessários para aprovar o impeachment no Senado; “O governo anuncia uma medida e volta atrás logo depois. Não teve uma notícia boa até agora e o quadro só está piorando”, disse o senador Paulo Paim (PT-RS); PT mira nos senadores que votaram pela admissibilidade do processo, mas já sinalizaram que poderão mudar o voto, entre eles Acir Gurgacz (PDT-RO), Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), Cristovam Buarque (PPS-DF), Marcelo Crivella (PRB-RJ), Benedito de Lira (PP-AL), Wellington Fagundes (PR-MT), Ivo Cassol (PP-RO), Edison Lobão (PMDB-MA), Raimundo Lira (PMDB-PB) e Hélio José (PMDB-DF); senador Romário (PSB-RJ) já declarou que poderá votar contra o impeachment; “Podemos conquistar entre oito e dez votos”, afirmou Paulo Rocha (PT-PA)…

http://www.brasil247.com/pt/247/poder/235554/PT-projeta-vit%C3%B3ria-contra-impeachment.htm

 

Requião diz que impeachment foi “pro brejo” no Senado – O senador Roberto Requião (PMDB) avaliou, nesta quarta (1º), que o impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff (PT) cairia se fosse votado hoje no Senado; “Se o impeachment fosse votado hoje no plenário do senado certamente cairia. Vaca foi pro brejo e levou a corda”, tuitou o parlamentar peemedebista. Esmael Morais – O senador Roberto Requião (PMDB) avaliou, nesta quarta-feira (1º), que o impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff (PT) cairia se fosse votado hoje no Senado…

http://www.brasil247.com/pt/247/parana247/235723/Requi%C3%A3o-diz-que-impeachment-foi-%E2%80%9Cpro-brejo%E2%80%9D-no-Senado.htm

 

Serra já compra briga com OCDE: especulam bobagem – Alvo de protestos em Paris, o chanceler interino José Serra classificou como “especulação” e “bobagem” o relatório entregue nesta quarta-feira 1º pela OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico), durante fórum em que o tucano participou; nas previsões, a entidade aponta “recessão profunda” no Brasil até 2017 devido à incerteza política; “A OCDE não afirma coisa nenhuma. Eles estão especulando. Isso é bobagem. Eles estão especulando com as poucas informações com que dispõe”, reagiu o tucano; mais cedo, o ministro chamou a polícia francesa para conter um protesto de brasileiros contra sua presença na capital francesa e contra o golpe no Brasil. Em Paris, o chanceler interino José Serra comprou nesta quarta-feira 1º uma briga com a OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico). A entidade divulgou um relatório em que aponta “recessão profunda” na economia brasileira até 2017 devido à instabilidade política, o que o tucano classificou como “bobagem” e “especulação”…

http://www.brasil247.com/pt/247/mundo/235669/Serra-j%C3%A1-compra-briga-com-OCDE-especulam-bobagem.htm

 

Janot pede que STF prossiga com investigações sobre Aécio e critica Mendes – O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu nesta quarta (1º) ao Supremo Tribunal Federal (STF) o prosseguimento da investigação contra o senador Aécio Neves (MG), presidente nacional do PSDB, e da coleta de provas no inquérito sobre o suposto envolvimento do tucano em um esquema de corrupção em Furnas; o procurador destacou que a decisão de investigar é do procurador e o Judiciário não pode usurpar uma competência do Ministério Público; segundo ele, a suspensão das diligências por parte de Gilmar Mendes pode ser considerada uma “incontornável violação ao princípio acusatório”. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu nesta quarta-feira (1º) ao Supremo Tribunal Federal (STF) o prosseguimento da investigação contra o senador Aécio Neves (MG), presidente nacional do PSDB, e da coleta de provas no inquérito sobre o suposto envolvimento do tucano em um esquema de corrupção em Furnas

http://www.brasil247.com/pt/247/poder/235729/Janot-pede-que-STF-prossiga-com-investiga%C3%A7%C3%B5es-sobre-A%C3%A9cio-e-critica-Mendes.htm

 

Mesmo atacado por bombas da PM, MTST permanece em ocupação – Mesmo após as bombas atiradas por policiais militares por volta das 16h30 desta quarta (1º) e a detenção de seis pessoas, membros do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) dizem que vão permanecer ocupando o prédio da Presidência da República na Avenida Paulista, em São Paulo, por tempo indeterminado; o prédio foi ocupado por volta das 14h30 em protesto contra a suspensão de parte do programa Minha Casa, Minha Vida; além de ocupar o interior do prédio, os manifestantes ergueram um acampamento com lona preta em frente à sede da Presidência. Agência Brasil – Mesmo após as bombas atiradas por policiais militares por volta das 16h30 de hoje (1º) e a detenção de seis pessoas, membros do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) dizem que vão permanecer ocupando o prédio da Presidência da República na Avenida Paulista, em São Paulo, por tempo indeterminado. O prédio foi ocupado por volta das 14h30 em protesto contra a suspensão de parte do programa Minha Casa, Minha Vida

http://www.brasil247.com/pt/247/sp247/235704/Mesmo-atacado-por-bombas-da-PM-MTST-permanece-em-ocupa%C3%A7%C3%A3o.htm

 

Insônia em Brasília com rumor de prisões nesta quinta – A jornalista Christina Lemos afirmou, na noite desta quarta (1º), pelo Twitter, que a Polícia Federal cumprirá e amanhã pelo menos seis mandados de prisão, autorizados pelo ministro Teori Zavaski, responsável pelos processos da Operação Lava Jato, no Supremo; “Circula em Brasília q alvo é PMDB”, diz; mais cedo, a também jornalista Sonia Racy informou que Zavascki permaneceu em seu gabinete na manhã de hoje trancado, discutindo alguma medida mais grave; “Ontem, delegados da PF estiveram no gabinete conversando com o ministro”, relatou. “Insônia em Brasília. Polícia Federal cumpre amanhã pelo menos 6 mandados de prisão em esperada nova operação autorizada p min Teori. Nova operação da PF é esperada p amanhã, já tem autorização do min Teori. Seriam 6 os mandados de prisão.Circula em Brasília q alvo é PMDB”

http://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/235721/Ins%C3%B4nia-em-Bras%C3%ADlia-com-rumor-de-pris%C3%B5es-nesta-quinta.htm

 

 

Dilma entrega sua defesa. Leia íntegra – O ex-ministro da Justiça e ex-advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, entregou à Secretaria-Geral da Mesa do Senado a defesa da presidente Dilma Rousseff no processo de impeachment que tramita na Casa e deverá ser apreciado pelo plenário no segundo semestre; o documento tem 372 páginas; a defesa pede que as gravações realizadas pelo ex-presidente da Transpetro, Sergio Machado, sejam incluídas no processo; os áudios mostram o senador Romero Jucá (PMDB) afirmando que o impeachment é para estancar a sangria da Lava Jato; no documento, a defesa de Dilma alega ainda que as pedaladas fiscais não configuram crime de responsabilidade e que o processo de impeachment tem “vícios de origem”, porque teria sido aberto por “vingança” pelo presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB); Cardozo afirmou também que a peça inclui uma “arguição de suspeição” contra o relator do processo de impeachment no Senado, Antonio Anastasia (PSDB-MG). O ex-ministro da Justiça e ex-advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, entregou à Secretaria-Geral da Mesa do Senado a defesa da presidente Dilma Rousseff no processo de impeachment que tramita na Casa e deverá ser apreciado pelo plenário ainda este ano. O documento tem 372 páginas

http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/235706/Dilma-entrega-sua-defesa-Leia-%C3%ADntegra.htm

 

 

Como burgueses em 1789, Temer não entendeu nada – Pode-se aplicar ao presidente interino Michel Temer a célebre crítica do pensador Diderot à elite francesa que combatia as conquistas da Revolução de 1789: — Burgueses, vocês não entenderam nada… Temer foi empossado sob uma revolta do movimento de mulheres, indignadas ao descobrir que no ministério de Temer não havia nenhuma representante do gênero. Menos de um mês depois, Temer indicou a Secretaria de Direitos da Mulher. A indicada é a ex-deputada Fátima Pelaes, cujo currículo chega a ser uma manifestação de falta de respeito pela luta das mulheres brasilieras na última década e um convite a novas passeatas, ainda maiores…

http://www.brasil247.com/pt/blog/paulomoreiraleite/235534/Como-burgueses-em-1789-Temer-n%C3%A3o-entendeu-nada.htm

 

Quem tem medo de Sergio Machado? Por Leonardo Attuch – Os áudios do novo homem-bomba de Brasília, Sergio Machado, ex-presidente da Transpetro, revelam o fator psicológico que hoje move a classe política em Brasília. Há, em praticamente todos os atores relevantes, uma preocupação central, que é preservar o próprio pescoço. Para salvar o seu, Machado tratou de comprometer seus padrinhos no PMDB e também políticos da oposição em suas gravações que começaram a vazar nos últimos dias. De todos os alvos, o mais explícito foi o senador Romero Jucá (PMDB-RR), que falou da necessidade de “estancar a sangria”, referindo-se claramente à Operação Lava Jato. Sua fala fortalece a tese de que a presidente afastada Dilma Rousseff caiu porque não conseguiu oferecer proteção à oligarquia política que manda no País. O ponto é que, depois dos áudios de Machado, o presidente interino Michel Temer, mesmo que queira, terá pouca margem de manobra para “estancar essa sangria”…

http://www.brasil247.com/pt/blog/leonardoattuch/234823/Quem-tem-medo-de-Sergio-Machado.htm

 

 

 

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

 

https://oipa2.wordpress.com/2016/06/02/trabalhando-com-poesia-730
Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina.  Uma quinta feira abençoada por Deus, coberta de paz e protegida pelo Caçador de uma flecha só. Okearô Odé!

Apio Vinagre Nascimento

e-mail: apiovinagre.adv@gmail.com

e-mail 1: apio.vinagre @pedraevinagre.adv.br

e-mail 2: oipa2@hotmail.com

e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br

site: http://www.pedraevinagre.adv.br
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr:
http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Skype: a_vinagre1
Youtube:
http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio 
Fones: (71) 98814-5332 / 99154-0168 / 99982-7223 / 98214-0894

 

Tarde de Maio – Carlos Drummond de Andrade

Como esses primitivos que carregam por toda parte o
maxilar inferior de seus mortos,
assim te levo comigo, tarde de maio,
quando, ao rubor dos incêndios que consumiam a terra,
outra chama, não perceptível, tão mais devastadora,
surdamente lavrava sob meus traços cômicos,
e uma a uma, disjecta membra, deixava ainda palpitantes
e condenadas, no solo ardente, porções de minh’alma
nunca antes nem nunca mais aferidas em sua nobreza
sem fruto.

Mas os primitivos imploram à relíquia saúde e chuva,
colheita, fim do inimigo, não sei que portentos.
Eu nada te peço a ti, tarde de maio,
senão que continues, no tempo e fora dele, irreversível,
sinal de derrota que se vai consumindo a ponto de
converter-se em sinal de beleza no rosto de alguém
que, precisamente, volve o rosto e passa…
Outono é a estação em que ocorrem tais crises,
e em maio, tantas vezes, morremos.

Para renascer, eu sei, numa fictícia primavera,
já então espectrais sob o aveludado da casca,
trazendo na sombra a aderência das resinas fúnebres
com que nos ungiram, e nas vestes a poeira do carro
fúnebre, tarde de maio, em que desaparecemos,
sem que ninguém, o amor inclusive, pusesse reparo.

E os que o vissem não saberiam dizer: se era um préstito
lutuoso, arrastado, poeirento, ou um desfile carnavalesco.
Nem houve testemunha.

Nunca há testemunhas. Há desatentos. Curiosos, muitos.
Quem reconhece o drama, quando se precipita, sem máscara?
Se morro de amor, todos o ignoram
e negam. O próprio amor se desconhece e maltrata.
O próprio amor se esconde, ao jeito dos bichos caçados;
não está certo de ser amor, há tanto lavou a memória
das impurezas de barro e folha em que repousava. E resta,
perdida no ar, por que melhor se conserve,
uma particular tristeza, a imprimir seu selo nas nuvens.

 

Canção Final – Carlos Drummond de Andrade

Oh! se te amei, e quanto!
Mas não foi tanto assim.
Até os deuses claudicam
em nugas de aritmética.
Meço o passado com régua
de exagerar as distâncias.
Tudo tão triste, e o mais triste
é não ter tristeza alguma.
É não venerar os códigos
de acasalar e sofrer.
É viver tempo de sobra
sem que me sobre miragem.
Agora vou-me. Ou me vão?
Ou é vão ir ou não ir?
Oh! se te amei, e quanto,
quer dizer, nem tanto assim.
Ausência – Carlos Drummond de Andrade

Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.

Canção amiga – Carlos Drummond de Andrade

Eu preparo uma canção
em que minha mãe se reconheça,
todas as mães se reconheçam,
e que fale como dois olhos.

Caminho por uma rua
que passa em muitos países.
Se não se vêem, eu vejo
e saúdo velhos amigos.

Eu distribuo um segredo
como quem anda ou sorri.
No jeito mais natural
dois carinhos se procuram.

Minha vida, nossas vidas
formam um só diamante.
Aprendi novas palavras
e tornei outras mais belas.

Eu preparo uma canção
que faça acordar os homens
e adormecer as crianças.

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros, Notícias e política e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s