Trabalhando com Poesia

“… ‘Iracema, eu nunca mais te vi. Iracema meu grande amor foi embora. Chorei, eu chorei de dor porque, Iracema meu grande amor foi você… Iracema, eu sempre dizia, cuidado ao atravessar essas ruas, eu falava, mas você não escutava não… Iracema você atravessou na contra mão. E hoje ela vive lá no céu, E ela vive juntinho de nosso senhor… De lembrança guardo somente, suas meias e seu sapato, Iracema eu perdi o seu retrato...’ ‘… Domingo nós fumo num samba no bexiga, na rua major, na casa do nicola… A mesa não deu conta, saiu uma baita duma briga, era só pizza que avuava junto com as braxola… Nóis era estranho no lugar, e não quisemo se meter, não fumos lá pra briga, nós fumo lá pra come, na hora “h” se enfiemo de baixo da mesa… Fiquemo ali, que beleza vendo a nicola briga, dali a pouco escutemo a patrulha chega, e o sargento oliveira fala: Num tem importância, foi chamada as ambulância. Carma pessoal, a situação aqui está muito cínica, os mais pior vai pras clínica…’ ‘…Se o sinhö não tá lembrado, dá licença de contar. Ali, onde agora está, este ardifício arto, era uma casa véia e um palacete assobradado… Foi ali, seu moço, que eu, Mato Grosso e o Joca, construímo nossa maloca… Mas, um dia, nóis nem pode se alembrá, veio os home co as ferramenta, o dono mandô dirrubá… Peguemo todas nossas coisa, e fomo pro meio da rua apreciá, demolição… Que tristeza que nóis sintia, cada tauba que caía, duía no coração… Mato Grosso quis gritá, mas em cima eu falei: Os home tá coa razão, nóis arranja outro lugá… Só se conformemo, quando o Joca falou: “Deus dá o frio, conforme o cobertô”… E hoje nóis pega as páia, nas grama do jardim, e prá esquecer, nóis cantemo assim:… Saudosa maloca, maloca querida, que dim donde nóis passemo, dias filiz da nossa vida… Saudosa maloca, maloca querida, que dim donde nóis passemo, dias filiz da nossa vida…” (Elis Regina & Adoniram Barbosa – Iracema, Samba do Bexiga e Saudosa Maloca – Comp.: Adonira Barbosa)

https://www.youtube.com/watch?v=Ea5nMXIRxQM  

 

“… De tanto levar “frechada” do teu olhar… De tanto levar “frechada” do teu olhar, meu peito até parece, sabe o quê? “Táubua” de tiro ao Álvaro, não tem mais onde furar… Não tem mais… De tanto levar “frechada” do teu olhar… De tanto levar “frechada” do teu olhar, meu peito até parece, sabe o quê? “Táubua” de tiro ao Álvaro, não tem mais onde furar… Teu olhar mata mais do que bala de carabina, que veneno estriquinina, que peixeira de baiano… Teu olhar mata mais que atropelamento de “automóver”, mata mais, que bala de “revórver”… De tanto levar “frechada” do teu olhar, meu peito até parece, sabe o quê? “Táubua” de tiro ao Álvaro, não tem mais onde furar… Não tem mais… De tanto levar “frechada” do teu olhar… De tanto levar “frechada” do teu olhar, meu peito até parece, sabe o quê? “Táubua” de tiro ao Álvaro, não tem mais onde furar… Teu olhar mata mais do que bala de carabina, que veneno estriquinina, que peixeira de baiano… Teu olhar mata mais que atropelamento de “automóver”, mata mais, que bala de “revórver”…(Elis Regina & Adoniram Barbosa – Tiro ao álvaro – Comp.: Adonira Barbosa)

https://www.youtube.com/watch?v=lpEAQg6LEtg 

 

“… Meu coração, não sei por que, bate feliz quando te vê. E os meus olhos, ficam sorrindo, e pelas ruas vão te seguindo, mas mesmo assim, foges de mim… Meu coração, não sei por que, bate feliz quando te vê. E os meus olhos, ficam sorrindo, e pelas ruas vão te seguindo, mas mesmo assim, foges de mim… Ah se tu soubesses como sou tão carinhoso e o muito, muito que te quero… E como é sincero o meu amor, eu sei que tu não fugirias mais de mim… Vem, vem, vem, vem… Vem sentir o calor, dos lábios meus, a procura dos teus… E vem matar essa paixão, que me devora o coração, e só assim então serei feliz, bem feliz… Ah se tu soubesses como sou tão carinhoso e o muito, muito que te quero… E como é sincero o meu amor, eu sei que tu não fugirias mais de mim… Vem, vem, vem, vem… Vem sentir o calor, dos lábios meus, a procura dos teus… E vem matar essa paixão, que me devora o coração, e só assim então serei feliz, bem feliz…(Elis Regina – Carinhoso – Comp.: Pixinguinha “Alfredo Vianna”)

https://www.youtube.com/watch?v=UnL9fqCbgAg        

 

Não repita apressadamente aquilo que ouve. Informe-se primeiro da verdade. Se for mentira, procure desmentir. Se for verdade, mesmo assim não o repita. Se não puder chegar à evidência, cale. A caridade consiste em saber calar os defeitos alheios, como você gosta que façam com os seus. Seja prudente: o silêncio é de ouro, quando se cala o erro do próximo.” (Minutos de Sabedoria Pg. 170)

 

Bom dia pessoal,

E vai o ano caminhando. Entramos ontem no segundo quadrimestre de 2016, mês do (a) trabalhador (a), das noivas, das mães, enfim, como diz o poeta pantaneiro Almir Sater: “… Quem não se enamorou, no mês de maio, bem que tentou… E quem não tiver ainda amor, dos solitários, o mês de maio é o protetor… Boa terra, velha esfera, que nos leva aonde for, pro futuro, quem nos dera, que te dessem mais valor…” Que tenhamos um mês de maio de notícias melhores que as tidas no primeiro quadrimestre do ano. Que tenhamos a sabedoria e a garra para construí-las.

https://www.youtube.com/watch?v=ZPuVsvhLeVw

Continuidade no ciclo de aperfeiçoamento e valorização do Bolsa Família desde a sua criação. Assim pode ser definida a medida anunciada na tarde deste domingo pela presidenta Dilma Rousseff durante ato pelo Dia do Trabalhador, no Vale do Anhangabaú, São Paulo. Com a correção, o benefício médio pago a 13,8 milhões de famílias poderá alcançar R$ 176 mensais, 9% a mais que o recebido em abril.

A medida passa por um decreto da presidenta autorizando reajuste de 6,5% na linha de extrema pobreza do país, hoje fixada em R$ 77 mensais. Este aumento na linha, instituída pelo plano Brasil sem Miséria, garante a complementação.

O mesmo percentual será aplicado à linha da pobreza, que estabelece o limite de renda de acesso ao benefício do Bolsa Família. Com isso, poderão ter acesso ao benefício famílias com renda de até R$ 164 mensais por pessoa.

Com o reajuste, de janeiro de 2011 a junho de 2016, o benefício médio do Bolsa Família acumulará aumento de 29% acima da inflação.

A dotação do Bolsa Família para este ano é de R$ 28,1 bilhões, integralmente preservada na programação financeira do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

O decreto presidencial também alcançará os benefícios variáveis pagos pelo Bolsa Família por criança até 15 anos, gestante ou nutriz. Neste caso, o valor autorizado passa de R$ 35 para R$ 38. São pagos até 5 benefícios desse tipo por família. Já o benefício pago a jovens entre 15 e 17 anos passará de R$ 42 para R$ 45 mensais, até o limite de dois benefícios por família.

Fonte: http://blog.planalto.gov.br/bolsa-familia-vai-a-r-176-com-reajuste-anunciado-por-dilma/

Em nossa sugestão de leitura para o “Trabalhando com Poesia” de hoje textos dos blogs de Marcelo Auler e Leonardo Sakamoto. Vale a pena conferir:

Quem com ferro fere… Força Tarefa da Lava Jato pode tornar-se alvo de delação premiada. Por Marcelo Auler – Parece algo surreal, mas é possível que ocorra. Na Operação Lava Jato, que ao longo dos últimos 25 meses apoiou grande parte do seu trabalho em 49 delações premiadas, conquistadas, segundo denúncias, com a pressão das prisões preventivas e de outras ameaças, o feitiço poderá virar contra o feiticeiro. Amedrontada, Meire Bonfim da Silva Poza, a ex-contadora de Alberto Youssef que praticamente trabalhou como “infiltrada” para a Polícia Federal, como descreveu a revista CartaCapital, pensa em pedir segurança ao governo, para ela e a filha…

http://www.marceloauler.com.br/quem-com-ferro-fere-forca-tarefa-da-lava-jato-pode-tornar-se-alvo-de-delacao-premiada/

 

Do iluminado Veríssimo: A Segunda vítima. Por Marcelo Auler – Sei que muitos já devem ter compartilhado o artigo de hoje do mestre e incomparável Luís Fernando Veríssimo. Mas não resisto à tentação de republicá-lo, pois acredito que muita gente que deixou de ler jornais não o acompanhe e esta crônica merece ser repercutida. É clara, límpida e direta. Na veia de um Congresso Nacional que deve envergonhar a todos. Não preciso falar mais nada. “A segunda vítima” (*) Luís Fernando Veríssimo – Não se sabe exatamente o que os dois deputados enviados a Nova York fariam, se Dilma dissesse a palavra ‘golpe’. Pulariam das suas cadeiras e gritariam ‘mentira!’?…

http://www.marceloauler.com.br/do-iluminado-verissimo-a-segunda-vitima/

 

O supremo confirma: a Lava Jato o afrontou no inquérito contra Lula. Por Marcelo Auler – Na reportagem em que aparecem laudos que estão no inquérito a Força Tarefa acabou se denunciando: continuaram a investigação que o Supremo mandou parar. Através de uma reportagem de Patrícia Faermann, do JornalGGN – Lava Jato afrontou STF adiantando inquérito contra Lula – fontes que a jornalista ouviu junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) confirmaram o que dissemos aqui, na segunda-feira (25/04): Além de afrontar o STF, Lava Jato antecipa nova condenação de Dirceu. Ou seja, a divulgação de detalhes do Inquérito contra o ex-presidente Lula foi um desrespeito a decisão do plenário do STF que avocou os inquéritos contra o ex-presidente…

http://www.marceloauler.com.br/o-supremo-confirma-a-lava-jato-o-afrontou-no-inquerito-contra-lula/

 

Estelionato político. Por Arnaldo César (*) – A chamada grande imprensa já começa a admitir que o impeachment da Dilma foi um estelionato político de Cunha, mas não dá o braço a torcer. Continua apoiando o golpe. Dois dos mais aguerridos veículos empenhados na campanha pelo impeachment (Veja e Folha de S.Paulo) já destacaram em seus editoriais que o processo de destituição da presidente Dilma é fruto de um ato de vingança. Furioso com o fato do PT na ter votado com ele na Conselho de Ética da Câmara Federal, presidente da Casa, Eduardo Cunha, resolveu detonar o governo. No esforço para salvar sua pele a qualquer custo, o ardiloso Cunha convocou o seu exército de 250 pigmeus (composto por parlamentares evangélicos, ruralistas, oposicionistas espertalhões e toda a sorte de proxenetas da coisa pública) e foi para a guerra…

http://www.marceloauler.com.br/estelionato-politico/

 

Impeachment: manifesto nega o crime; populares questionam Lewandowski. Por Marcelo Auler – Em uma iniciativa popular, um abaixo assinado dirigido ao ministro Ricardo pede que o Supremo deixe claro à nação se houve ou não crime de responsabilidade da presidente Dilma. Será que os ministros sairão do silêncio a que se impuseram? Enquanto o Supremo Tribunal Federal (STF) se omite diante do golpe que está sendo armado para destituir a presidente Dilma Rousseff e seus 54,5 milhões de votos, juristas e operadores do Direito das mais variadas estirpes manifestam-se contrariamente ao impeachment, por considerá-lo ilegal…

http://www.marceloauler.com.br/impeachment-manifesto-nega-o-crime-populares-questionam-lewandowski/

 

Como o samba salvou minha vida de “esquerdopata imundo”. Leonardo Sakamoto – Ao receber um insulto na rua, ler um impropério, encarar um comportamento pouco fraterno ou se deparar com a ausência plena de solidariedade, a tendência é perder um pouco mais a fé no ser humano. Para evitar torcer sempre pelo meteoro redentor, preencho, não raro, o vazio decorrente de uma sessão de intolerância explícita lembrando alguns versos de samba…

http://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2016/05/02/como-o-samba-salvou-minha-vida-de-esquerdopata-imundo/

 

Dia do Trabalhador: O desafio de poder reivindicar sem apanhar da polícia. Leonardo Sakamoto – Devido às peculiaridades da nossa profissão, nós, jornalistas, desenvolvemos laços com o poder e convivemos em seus espaços sociais e culturais, seduzidos por ele ou enganados por nós mesmos. Só percebemos que essa situação não é real e que também somos operários, transformando fato em notícia, quando nossos serviços não são mais passíveis de serem remunerados em determinado lugar. E isso atinge a todos: novos e experientes, especialistas e generalistas, casados e solteiros, os que recebem altos salários e os que ganham abaixo do piso, conservadores e progressistas, “governistas chapa-branca” e “oposição golpista”…

http://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2016/05/01/dia-do-trabalhador-o-desafio-de-poder-reivindicar-sem-apanhar-da-policia/

 

O PT e a causa de todas as desgraças. Leonardo Sakamoto – Agora que o impeachment de Dilma Rousseff é favas contadas e apenas os que acreditam na força dos gnomos da floresta acham que o Senado Federal não vai ratificar o seu afastamento, uma pergunta pertinente surge: quem as pessoas vão culpar pelos seus próprios problemas? É claro que a grave crise econômica é lastreada nas péssimas decisões tomadas pelo governo Dilma e uma gestão do tipo Titanic em direção ao iceberg, então é lógico supor que, durante muito tempo, as pessoas vão ranger os dentes ao lembrar dela. E considerando que a taxa de desemprego atingiu 10,9% no primeiro trimestre deste ano, segundo o IBGE, e sem perspectivas de melhora, põe muito tempo nisso…

http://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2016/04/30/o-pt-e-a-causa-de-todos-as-desgracas/

 

Dilma e Temer poderiam contratar um amigo para ouvir um papo reto. Leonardo Sakamoto – Usamos a expressão “bobo da corte” pelo seu significado do palhaço que serve para entreter os poderosos. Mas esquecemos que muitos dos bobos que serviam a reis e rainhas na Idade Média europeia eram os únicos funcionários da monarquia com liberdade para criticá-la publicamente e saírem ilesos. A acidez da sinceridade e a loucura da escárnio, que andavam de mãos dadas sob a tutela de um bobo, transformavam-no em um lampejo de racionalidade que podia ser útil ao governante – mesmo que ele não se desse conta disso…

http://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2016/04/29/dilma-e-temer-poderiam-contratar-um-amigo-para-ouvir-um-papo-reto/

 

ONU alerta Brasil para impunidade caso país mude lei sobre trabalho escravo. Leonardo Sakamoto – A Organização das Nações Unidas defendeu, nesta sexta (29), a manutenção do atual conceito de trabalho escravo no vigente no Brasil e a reativação do cadastro de empregadores flagrados com mão de obra escrava, conhecido como a “lista suja”, suspensa pelo Supremo Tribunal Federal desde o final de 2014. O posicionamento é importante uma vez que há uma disputa no Congresso Nacional em torno da definição do que é trabalho escravo contemporâneo. Pelo menos três projetos tramitam na Câmara dos Deputados e no Senado Federal a fim de reduzir os elementos que caracterizam escravidão e, portanto, a sua punição. Contam com o apoio da bancada ruralista, entre outros setores econômicos, e de nomes próximos a Michel Temer, como o senador Romero Jucá (PMDB-RR) – responsável por um deles…

http://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2016/04/29/onu-alerta-brasil-para-impunidade-caso-mude-lei-sobre-trabalho-escravo/

 

Veja a versão de hoje e as anteriores do “Trabalhando com Poesia”, no nosso blog “Espaço de Sobrevivência”. Nele você pode acessar links dos principais sites institucionais e de informações para seu uso. Visite, comente, indique:

https://oipa2.wordpress.com/2016/05/03/trabalhando-com-poesia-709
Abraços nos amigos beijos nas amigas e nos filhos, com os desejos de muito axé, energias positivas e que a vida e a paz possam sempre reinar em nossos corações e na nossa rotina. Uma Terça-feira abençoada por Deus e protegida pela força guerreira de Ogum. Ogunhê!!!

Apio Vinagre Nascimento

e-mail: apiovinagre.adv@gmail.com

e-mail 1: apio.vinagre @pedraevinagre.adv.br

e-mail 2: oipa2@hotmail.com

e-mail 3: apioptlf@yahoo.com.br

site: http://www.pedraevinagre.adv.br
Blog: https://oipa2.wordpress.com
Twitter: http://www.twitter.com/a_vinagre
Facebook: http://www.facebook.com/apio.vinagre
Flickr:
http://www.flickr.com/photos/a_vinagre
Skype: a_vinagre1
Youtube:
http://www.youtube.com/user/sobreviventeapio 
Fones: (71) 98814-5332 / 99154-0168 / 99982-7223 / 98214-0894

Tenho tanto sentimento – Fernando Pessoa

Tenho tanto sentimento
Que é freqüente persuadir-me
De que sou sentimental,
Mas reconheço, ao medir-me,
Que tudo isso é pensamento,
Que não senti afinal.

Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.

Qual porém é a verdadeira
E qual errada, ninguém
Nos saberá explicar;
E vivemos de maneira
Que a vida que a gente tem
É a que tem que pensar.

https://www.youtube.com/watch?v=RtGn2c9hBws

Não Sei Quantas Almas Tenho – Fernando Pessoa

Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem acabei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não atem calma.
Quem vê é só o que vê,
Quem sente não é quem é,
Atento ao que sou e vejo,
Torno-me eles e não eu.
Cada meu sonho ou desejo
É do que nasce e não meu.
Sou minha própria paisagem;
Assisto à minha passagem,
Diverso, móbil e só,
Não sei sentir-me onde estou.
Por isso, alheio, vou lendo
Como páginas, meu ser.
O que segue não prevendo,
O que passou a esquecer.
Noto à margem do que li
O que julguei que senti.
Releio e digo: “Fui eu?”
Deus sabe, porque o escreveu.

https://www.youtube.com/watch?v=A8sTGqsGf3E

Basta Pensar em Sentir – Fernando Pessoa

Basta pensar em sentir
Para sentir em pensar.
Meu coração faz sorrir
Meu coração a chorar.
Depois de  parar de andar,
Depois de ficar e ir,
Hei de ser quem vai chegar
Para ser quem quer partir.

Viver é não conseguir.

https://www.youtube.com/watch?v=dbXMzg1nnag

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros, Notícias e política e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s